A notícia em primeira mão: 01/12/21 - 01/01/22

sexta-feira, 31 de dezembro de 2021

Vítimas fatais que estavam em ônibus que saiu do DF eram da Bahia e de Goiás

 

 (crédito: redes sociais )
As vítimas fatais do acidente entre dois ônibus de viagem que ocorreu na madrugada desta sexta-feira (31/12) e deixou, além de quatro pessoas mortas, sendo três crianças, vários feridos, tiveram suas cidades natais divulgadas. Segundo a empresa Real Sul, que teve um veículo envolvido na colisão, duas das vítimas eram do estado de Goiás e mais duas residiam na Bahia. Ainda de acordo com a empresa, uma equipe de apoio foi mandada ao local do acidente e ainda se encontra na Bahia, prestando assistência às vítimas. A Real Sul também informou que um seguro, que é de direito dos passageiros, foi acionado assim que a empresa foi notificada do acidente.

No momento da batida, segundo a Real Sul, haviam dois motoristas - um da Bahia e outro do DF - no ônibus de viagem, mas que apenas um deles se feriu, tendo que ser levado ao hospital. No entanto, em contato com o Correio Braziliense, a empresa informou que ele já recebeu alta e está em repouso na Bahia. O outro motorista já está retornando para Brasília.

Relembre o acidente

A batida aconteceu na BR-349, na altura do km 1040, em Correntina, na Bahia. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), entre as vítimas fatais, três eram crianças. Equipes de socorro prestaram atendimento no local ao longo do dia.

A PRF atendeu a ocorrência por volta das 7h30 da sexta-feira e, de acordo com o órgão, um dos veículos de viagem quebrou na pista e estava parado no acostamento. O ônibus da Real Sul, que seguia na pista, acabou colidindo na parte de trás do veículo que estava na via.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2021

Acidente na BR-040 mata jovem de 23 anos e deixa três feridos em Minas Gerais

 

De acordo com as testemunhas, a colisão dos dois carros ocorreu quando o jovem que morreu perdeu o controle da direção do veículo em que estava e invadiu a outra pista

Passageiro da caminhonete, de 22 anos, relatou que o condutor do carro perdeu o controle da direção e veículo rodou na pista -  (crédito: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Passageiro da caminhonete, de 22 anos, relatou que o condutor do carro perdeu o controle da direção e veículo rodou na pista - (crédito: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Um rapaz de 23 anos morreu no fim da tarde desta quinta-feira (23/12) após o carro que ele conduzia colidir contra uma caminhonete na BR-040, próximo ao município mineiro de Conselheiro Lafaiete, no Campo das Vertentes. Uma mulher, de 25 anos, que também estava dentro do automóvel, e dois homens, que ocupavam o outro veículo, ficaram feridos. A rodovia ficou interditada nos dois sentidos, das 17h às 18h30, o que gerou uma lentidão de aproximadamente 2 km.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o passageiro da caminhonete, de 22 anos, relatou que o condutor do carro perdeu o controle da direção e, então, o automóvel rodou na pista, invadiu a contramão e bateu com a traseira na frente do outro veículo. Chovia no momento do acidente.

Com o impacto da batida, o motorista do carro morreu na hora. O óbito dele foi atestado por um médico da Concessionária Via 040. A mulher que o acompanhava teve ferimentos leves e foi encaminhada para o Hospital e Maternidade São José, no município, pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O motorista da caminhonete, de 38 anos, e o passageiro tiveram traumas de face e escoriações pelo corpo e foram conduzidos para a mesma instituição hospitalar por uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros.

Peritos da Polícia Civil estiveram no local para as diligências investigativas de praxe.

A operação na rodovia também contou com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que controlou o trânsito durante os trabalhos de regaste.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2021

Prefeitura de Águas Lindas intensifica ações de reforma e revitalização de espaços públicos neste mês de dezembro.

 

As praças e avenidas da cidade estão recebendo uma série de ações de roçagens, pintura, iluminação em LED, iluminação de natal e muito mais. Esta semana um dos setores que receberam as equipes da Secretaria de Meio Ambiente e Secretaria de Infraestrutura e Obras foi o Pérola 2.

A Pracinha do Pérola, situada na entrada do bairro, recebeu serviço de roçagem, limpeza e plantio de mudas de  Ipês que irão embelezar o local muito em breve.

A típica árvore de Ipê é a denominação de uma grande variedade de espécies do gênero Tabebuia e Handroanthus, sinônimos e ambos da família Bignoniaceae. É muito conhecido por sua beleza, exuberância das flores e ampla distribuição em todas as regiões do Brasil. Os ipês são caducifólias, ou seja, perdem todas as folhas que são substituídas por cachos de flores de cores intensas.

O secretário de meio ambiente Mauro Gaúcho, ressaltou que a Secretaria de Meio Ambiente está realizando mais ações como a recuperação de córregos, nascentes e a fiscalização dos recursos naturais.

” Este serviço da praça do Pérola foi integrado entre a pasta de Meio Ambiente e Obras. Fizemos  um requerimento solicitando a roçagem e enviamos uma de nossas equipe para o plantio de Ipês. Estamos atentos às demandas ambientais de nossa cidade. O nosso sentimento é de missão cumprida quando a comunidade pede e o governo municipal atende. O nosso trabalho é servir!” Ponderou Mauro Gaúcho

A Secretaria de Meio Ambiente continua um cronograma de arborização por todo o município. Segundo o Prefeito Lucas Antonietti, a prefeitura fará além das ações do plantio, agendas  educativas que possam implementar a cultura de uma cidade mais ecológica e mais limpa, proporcionando mais qualidade de vida a todos.


Jovem é amarrado pelo pescoço e arrastado pela lama em Goiás; veja vídeo

Jovem é amarrado pelo pescoço e arrastado pela lama em Goiás; veja vídeo


No vídeo, que circulou nas redes sociais, o jovem não conseguia ficar em pé e nem falar entre os solavancos dados pelo agressor -  (crédito: Reprodução/Redes sociais)
No vídeo, que circulou nas redes sociais, o jovem não conseguia ficar em pé e nem falar entre os solavancos dados pelo agressor - (crédito: Reprodução/Redes sociais)

Um jovem de 18 anos passou por momentos de terror e violência na madrugada deste domingo (19/12), após participar de uma cavalgada, em Alto Paraíso de Goiás. Em um vídeo que viralizou na internet, é possível ver o homem amarrado pelo pescoço enquanto é arrastado pela lama da fazenda em que a 2ª edição da Cavalgada das Comitivas ocorreu. Durante a violência assustadora, outras pessoas que assistiam a cena gargalhavam e batiam palmas. Veja o vídeo:De acordo com o pai da vítima, o garoto também foi jogado em uma vala quando a agressão terminou. O pai afirma que o filho não conhece o agressor e também não lembra como a situação se desenvolveu. Desde domingo, o jovem não quer sair de casa e chora muito.

"Ele não era de sair para festa. Sempre foi um menino criado dentro da igreja. Ele me contou que bebeu duas doses nesse dia e depois não se lembra de mais nada. Não tem motivo para fazer o que esse homem fez com ele", contou o pai ao G1.

Após as agressões, ainda no domingo (19/12), a vítima foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi encaminhada ao hospital de Alto Paraíso de Goiás com ferimentos em todo o corpo. No entanto, o jovem deixou o hospital contra a orientação médica, e retornou acompanhado de um familiar, onde foi medicado e recebeu alta na segunda-feira (20/12).

A Polícia Civil de Alto Paraíso de Goiás informou que o jovem esteve na delegacia com o estado emocional abalado. A corporação abriu dois inquéritos para investigar o caso. O primeiro focará no agressor que aparece no vídeo arrastando o homem. Ele já foi identificado e prestará depoimento nos próximos dias. O outro inquérito irá apurar a condutas das pessoas que assistiram a cena e não agiram para socorrer o jovem.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

Prefeitura inaugura oficialmente a sede da Vigilância em Saúde

 

Foi realizada na manhã desta segunda-feira (20), a cerimônia de inauguração da nova sede da Vigilância Epidemiológica localizada no setor 2 às margens da BR-070.

A nova instalação da Vigilância em Saúde  possui Serviços de Atendimento Especializado de Enfermagem (SAE), Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) com atendimento de Infectologista, atendimento psicológico, assistente social e atendimento da enfermagem no combate e controle de doenças transmissíveis e não transmissíveis.

 

A unidade possui ainda uma farmácia que funciona até 22h.

A Prefeitura de Águas Lindas já aplicou mais de 270 mil doses de vacinas no combate ao Corona vírus, sendo uma das cidades que mais aplicaram doses no estado de Goiás.

O diretor da unidade Euder Vieira falou sobre o desafio que foi este ano no combate à COVID-19:

“ Um dia de campanha já é um trabalho enorme, imagine 12 meses de vacinação em todo o município! Então , o trabalho da nossa equipe foi eficiente e extraordinário” ponderou Euder Vieira.

O evento contou com a presença do prefeito Lucas Antonietti, o vice-prefeito Jorge Amaro, o diretor da Vigilância em Saúde , Euder Vieira, secretários de governo e vereadores do município.

O prefeito Lucas Antonietti fez o uso da palavra enaltecendo o trabalho da rede municipal de saúde em todo o ano de 2021.

“Colocamos  de 100 profissionais para poder trabalhar na vacinação, somos a maior estrutura de vacinação do entorno e das cidades acima de 100 habitantes no estado de Goiás” afirmou o prefeito Lucas Antonietti.

O governo municipal irá iniciar o projeto de vacinação volante nos bairros, com equipes de técnicos em VANS indo até as residências, otimizando assim o cronograma de vacinação e dando ao público comodidade e dignidade  em seu direito sagrado ao acesso à saúde.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2021

Congresso derruba veto, e fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões para 2022 será promulgado

 

Valor é quase o triplo do destinado para o fundo nas eleições de 2018 e de 2020. Derrubada teve apoio de parlamentares governistas e de oposição; governo defendia fundo de R$ 2,1 bilhões.


O Congresso Nacional derrubou nesta sexta-feira (18) o veto do presidente Jair Bolsonaro a um trecho da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), mantendo a previsão de R$ 5,7 bilhões em recursos públicos para o fundo eleitoral em 2022.

Com a decisão dos deputados e senadores, o trecho da LDO será promulgado e entrará em vigor. A aprovação do novo valor do fundo eleitoral foi respaldada por parlamentares da base e da oposição.

Na Câmara, foram 317 votos a favor da derrubada e 146 contra. No Senado, foram 53 votos pela derrubada e 21 pela manutenção do veto.

O PL, partido de Jair Bolsonaro, defendeu a derrubada do veto assinado pelo presidente na Câmara e no Senado. Da mesma forma, legendas do chamado “centrão”, como o PP e o Republicanos, orientaram a favor da medida. Deputados do PT também apoiaram o fundo eleitoral de até R$ 5,7 bilhões.Partidos como o PSOL, Novo, Podemos e PSL orientaram que suas bancadas votassem contra o aumento do fundão.

Durante a sessão, parlamentares afirmaram que, apesar da derrubada do veto, ainda não está definido qual será o valor do fundo eleitoral para 2022.

Isso porque cabe ao relator-geral do Orçamento estabelecer o valor dessa verba, e a votação da peça orçamentaria ainda não aconteceu - está prevista para a próxima semana.

Ou seja, apesar da autorização para usar os R$ 5,7 bilhões, o recurso aplicado pode ser menor.

Fundo pode triplicar


O Fundo Especial de Financiamento de Campanha, conhecido no Congresso como “fundão”, foi criado em 2017 e serve para bancar, com recursos públicos, campanhas eleitorais.

Neste ano, deputados e senadores elevaram o valor do fundão e aprovaram a destinação de R$ 5,7 bilhões para 2022quase o triplo dos cerca de R$ 2 bilhões empregados nas eleições de 2018 e de 2020.

A equipe econômica defendia a reserva de R$ 2,1 bilhões para o fundo eleitoral, valor que consta na proposta de Orçamento para 2022.

Ao vetar esse trecho da LDO, Bolsonaro argumentou que a medida “contraria o interesse público” e acarretaria a diminuição das emendas de bancada, recurso também público destinado a deputados e senadores.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2021

Vacina contra Covid-19 em crianças: Pfizer diz não ter prazo de entrega e que está atuando junto ao governo

 

A Anvisa autorizou a aplicação da vacina da Pfizer contra Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos na quinta-feira (16)













A Pfizer informou nesta sexta-feira (17) que ainda não é possível determinar a data de entrega de doses pediátricas da sua vacina contra a Covid-19 ao Brasil. Em nota, a farmacêutica disse que está fazendo "todos os esforços para que as doses cheguem ao país o mais rapidamente possível" (veja abaixo a nota completa).

A empresa também disse que está atuando junto ao governo brasileiro para definir as próximas etapas do processo.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou na quinta-feira (16) a aplicação da vacina da Pfizer contra Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos. A aprovação dada pela agência permite que a vacina já seja usada no país para essa faixa. No entanto, a chegada do imunizante aos postos depende do Ministério da Saúde.

terça-feira, 14 de dezembro de 2021

Homem é assassinado dentro de borracharia em Águas Lindas de Goiás

 

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) investiga um assassinato ocorrido na tarde dessa quarta-feira (15/12), em uma borracharia, no bairro Jardim Pérola I, em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Um homem, que não teve o nome divulgado, levou diversos tiros dentro do comércio e morreu no local.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2021

Bolsonaro está cada vez mais perto de ter o controle dos preços dos combustíveis

 


Bloomberg — O presidente Jair Bolsonaro está cada vez mais perto de tornar a gasolina e o diesel mais baratos para os motoristas brasileiros, depois que o Senado apresentou um projeto de lei que visa estabilizar os preços dos combustíveis.

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou nesta terça-feira (7) uma proposta legislativa que permitiria ao governo estabelecer faixas de preços para os combustíveis e taxar as exportações de petróleo progressivamente - com as taxas ficando mais altas, conforme mais alto o preço do petróleo - para proteger o abastecimento doméstico. O projeto também prevê um fundo de estabilização para ajudar a reduzir a volatilidade dos preços.

olsonaro está em um cabo de guerra com a Petrobras por causa da alta nos preços dos combustíveis, enquanto o país luta com uma inflação de dois dígitos antes das eleições presidenciais do próximo ano. A Petrobras tem resistido às pressões políticas tanto do governo quanto da oposição para tornar o combustível artificialmente mais barato para os motoristas.

Mas não está claro o quão prejudicial o projeto de lei proposto seria para a Petrobras porque também exige a adesão aos preços internacionais.

As ações da Petrobras apagaram brevemente os ganhos com a notícia antes de retomar seu avanço. As ações subiram 1,63%, para 29,36, em São Paulo, nesta terça.

O projeto já foi encaminhado ao plenário do Senado para discussão, embora não haja data para votação. A Petrobras não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre o projeto.

A proposta acrescenta incerteza à indústria de petróleo brasileira no momento em que o país busca atrair investimentos tanto na produção quanto no refino de petróleo. Este mês, o governo está oferecendo áreas na região do pré-sal de águas profundas, que abriga as maiores descobertas do Brasil.

“Estamos no meio de uma transição energética e há cada vez menos incentivos para grandes empresas investirem em petróleo. A criação de um imposto de exportação cria mais uma barreira ao investimento estrangeiro“, disse Ilan Arbetman, analista da Ativa Investimentos.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Governo publica decreto que regulamenta o Auxílio Gás

 Brasília - O decreto que regulamenta a Lei nº 14.237, de 19 de novembro de 2021, que instituiu o Auxílio Gás, foi assinado nessa quinta-feira, 2, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e publicado no Diário Oficial da União, nesta sexta-feira, 3.

As famílias beneficiadas terão direito, a cada dois meses, a um valor equivalente a 50% da média do preço nacional de referência do botijão de 13 quilos (kg) dos últimos seis meses. Esse preço de referência será estabelecido pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
O Auxílio Gás é destinado a aliviar o efeito do preço do gás de cozinha, gás liquefeito de petróleo (GLP), sobre o orçamento das famílias de baixa renda. O auxílio será concedido às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais cuja renda familiar mensal per capita for igual ou inferior a meio salário-mínimo e às famílias que tenham entre seus membros quem receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

"Não se pode negar a importância dessa priorização, visto que muitas vezes tal público passa pelo agravamento de sua condição financeira dado o afastamento do agressor do lar e a consequente subtração de sua contribuição na renda da família. Assim, a previsão busca facilitar o acesso de mulheres em situação de violência à transferência de valores financeiros que contribuirão com despesas da família", diz a nota publicada pela Secretaria-Geral da Presidência da República.

Leia também