A notícia em primeira mão: 01/05/19 - 01/06/19

.

.

HORA CERTA

sexta-feira, 31 de maio de 2019

CRISTALINA Sessão de cinema de graça para a população

A Câmara Municipal de Cristalina aprova lei onde a própria instituição faz uso do plenário da casa para exibir filmes para a população a cada quinze dias em duas sessões. A iniciativa partiu do presidente Bernardo Fachinello que com base de que as salas de cinemas mais próximas ficam a 100 km de distância, achou por bem fazer uso das vias legais e dispor o prédio para a implantação de uma sala de cinema improvisada e levar para aqueles que não tem a devida condição de se deslocar até a cidade vizinha Valparaíso, de conhecer e desfrutar de um bom filme. A iniciativa agradou a todos que já na sessão de estreia lotou a casa para ver o filme MORTOS FAMINTOS do produtor e diretor SANDRO DA ROCHA que produziu o filme com elenco e equipe todos oriundos de Cristalina.

E.M. Juliana Eloy realiza passeata com alunos no projeto " LIXO: descarte e coleta"


Dentro do projeto pedagógico formulado pelo corpo docente da Escola
Municipal Juliana Eloy, localizada no setor Jardim Barragem V, que tem na
direção a professora Janaina Mesquita, alunos e professores fizeram uma
pequena passeata pelo setor entregando folders criados pelos próprios alunos,
assim chamando a atenção da comunidade para o descarte correto do lixo
doméstico. O evento faz parte de uma série de atividades dentro do projeto “
LIXO: descarte e coleta".
Os alunos são incentivados pelos seus professores a criarem a partir do
aproveitamento dos materiais descartados diariamente em suas residências,
brinquedos e a recolher e descartar de forma correta para melhorar o meio
ambiente a sua volta.
“Dentro deste projeto, os nossos alunos recebem orientações de cuidados com
o meio ambiente. Em nossa comunidade temos um grande problema de
descarte inadequado dos lixos domésticos o que ocasiona uma série de
problemas e risco à saúde pública. Com estas informações eles se
transformam em agentes multiplicadores levando estas informações para o
seio familiar.
A coordenadora pedagógica da unidade enfatiza que os problemas gerados
pelo descarte inadequado de lixo são muitos e, geralmente, visíveis. “Na
maioria dos casos, eles se configuram como agressões ambientais e até como
uma questão sanitária que coloca em risco à saúde pública, além da beleza
estética da comunidade que tem o valor dos seus imóveis desvalorizados”,
disse Janice Araújo.
“Nós transmitimos para os nossos alunos que a sujeira nas ruas, tais como: o
papel do picolé, a latinha do refrigerante ou aquela sacolinha plástica quando
descartados em vias públicas, praças e terrenos afetam a higiene do ambiente
e tornam tudo mais sujo e degradado. Portanto, caso você gere algum lixo de
pequeno volume, carregue consigo até a lixeira mais próxima e faça o descarte
de modo correto” enfatizou a coordenadora pedagógica, Miralda Escobar.
Quem mais sofre com a poluição ambiental é a natureza, principal vítima do
descarte inadequado de resíduos. Rios, riachos, córregos, canais e lagoas e
todos os seus ecossistemas sofrem com a poluição causada pelo acúmulo e
descarte inadequado de lixo causando o desequilíbrio do ecossistema.
A proliferação de endemias em virtude do acúmulo de resíduo em terrenos ou
armazenados de modo inapropriado podem gerar a proliferação de pragas e

vetores de endemias e colocar em risco a saúde pública. A proliferação do
mosquito da dengue, baratas, ratos e escorpiões são as principais pragas da
área urbana que ocasiona uma série de riscos à saúde pública.

EDUCAÇÃO GDF aumenta número de atendimentos no programa Educação Precoce

Não é sobre deficiência, é sobre os talentos que muitas vezes se escondem por trás dela. Esse é o objetivo do programa Educação Precoce, uma iniciativa do GDF (Secretaria de Educação) que trabalha para mostrar que crianças especiais precisam ser incluídas e ter suas habilidades estimuladas e potencializadas. Ao todo, 3.008 estudantes especiais são atendidos hoje em 19 unidades de todo o Distrito Federal. A previsão é de abertura de outras quatro turmas e, também, de uma unidade inédita na Estrutural. O Educação Precoce já existe há mais de 30 anos. Na atual gestão o programa terá uma atenção especial após a implantação de uma Subsecretaria de Educação Inclusiva e Integral que vai estabelecer ainda mais o espaço da criança com deficiência na sociedade. O público-alvo do programa é formado por recém-nascidos de zero a três anos e 29 dias com deficiências físicas e intelectuais, hipótese de transtorno de espectro autista; bebês considerados de risco (que tiveram algum problema no pré-natal ou no momento perinatal); e crianças com indícios de talentos (superdotação/altas habilidades) que precisam de estimulo para se desenvolver de forma adequada. Além disso, o Educação Precoce oferece amparo às famílias e auxilia durante todo o processo de tratamento da criança. Existe, ainda, uma parceria com a Secretaria de Saúde em que o médico que já acompanha o paciente emite informações por meio de um relatório e o grupo de educação precoce se subsidia dos conhecimentos clínicos. A partir deste ponto, os profissionais dão andamento a estimulação com as crianças. Agência Brasília

GOIÂNIA Plano Municipal de Saneamento Básico é homologado em Conferência

Depois de um ano inteiro de trabalho, que demandou mais de 50 reuniões, sete pré-conferências realizadas em todas as regiões administrativas de Goiânia, além de audiências públicas, workshops e plenárias para ouvir técnicos e ambientalistas, o Plano Municipal de Saneamento Básico de Goiânia (PMSB) foi homologado em Conferência Pública realizada na manhã desta quinta-feira, 30, na Câmara Municipal de Goiânia. Por unanimidade dos votos de todos os delegados indicados pelas pastas da administração municipal, representantes da sociedade civil organizada e Saneago, Goiânia passa, agora, a contar com um Plano Municipal de Saneamento Básico, instrumento que, a partir de levantamentos das demandas atuais relativas ao abastecimento de água e esgoto, estabelece objetivos e metas para esses serviços essenciais, estabelecendo indicadores que permitem ao poder público e aos cidadãos avaliarem e acompanharem a execução dos projetos para os próximos 20 anos. O Plano de Saneamento é uma exigência da Lei Federal 11.445/2007 e trata dos serviços de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, manejo de resíduos sólidos, drenagem e manejo de águas pluviais no município de Goiânia e a sua elaboração observou todas as exigências estabelecidas na referida lei, que define as Diretrizes Nacionais para o Saneamento Básico. O plano faz um diagnóstico completo da situação da prestação dos serviços de saneamento básico em Goiânia e seus impactos na condição de vida e no ambiente natural. A metodologia utilizada foi baseada na pesquisa de dados primários e secundários, constituídos por visitas técnicas, avaliação dos componentes do saneamento, reuniões técnicas e entrevistas com técnicos vinculados a cada setor do saneamento. Para a elaboração do PMSB foram levados em consideração dados gerais do Município de Goiânia, como os aspectos locacionais, aspectos demográficos, sociais e de infraestrutura. Aspectos legais, políticos, institucionais e de gestão dos serviços foram outros elementos considerados, além do perfil sócio-econômico da população. Noutro tópico, o PMSB apresenta um prognóstico e alternativas para a universalização dos serviços de Saneamento Básico, apontando as condicionantes e traçando os objetivos, diretrizes e metas, tudo com o objetivo de construir cenários alternativos e apresentar aquele considerado como o normativo, ou seja, o cenário de referência para o PMSB/Goiânia nos próximos 20 anos. Para o presidente da ARG, Paulo César Pereira, além de se constituir em um instrumento estratégico de decisões políticas e técnicas, de planejamento e provisão orçamentária, o PMSB constitui-se, verdadeiramente, como um instrumento de cidadania. “A partir dele a população poderá exercer o controle social da implementação de políticas públicas de saneamento básico, identificando claramente as responsabilidades dos gestores públicos; a ordem de prioridades das ações e da aplicação dos recursos públicos; a eficiência da gestão; a elevação da qualidade dos serviços; a melhoria da qualidade de vida da população, bem como o horizonte temporal de alcance da universalização dos serviços”, enfatiza. De acordo com Paulo César, a homologação do PMSB é o primeiro passo para a mudança de paradigmas que cercam as políticas de saneamento básico. De agora em diante, segundo ele, a população terá condições de conhecer e cobrar projetos que afetam a todos, abrindo oportunidades para que os técnicos que atuam nessas áreas possam contribuir com ideias e sugestões, visando integrar os projetos já existentes no município, principalmente aqueles relativos aos resíduos sólidos e a limpeza urbana, ao Plano Municipal de Saneamento Básico. “A partir deste instrumento, é bom destacar, o município decidirá o que fará com as concessões dos serviços públicos, tanto com a do serviço de limpeza, quanto de abastecimento de água e de esgotamento sanitário, pautado não só no Plano de Saneamento Básico, mas no seu detalhamento e no disciplinamento desses serviços, que será desenvolvido pela Agência de Regulação do Município de Goiânia”, explica. Pereira explica que o Plano Municipal de Saneamento Básico de Goiânia, pelo cumprimento de todo o rito definido pela Lei Federal 11.445/2007, uma vez homologado em Conferência, por si só é um instrumento que tem respaldo legal. “Entretanto, a orientação do prefeito Iris Rezende é que o Plano seja transformado em projeto de lei e enviado à Câmara, para que, além de um plano que tenha sido orientado por lei federal, Goiânia tenha um plano de saneamento que seja lei municipal e que submeta, objetivamente, os seus gestores ao seu cumprimento”, ressalta. Cloves Reges

Jardim Paraíso recebe força tarefa contra o mosquito da dengue

A Prefeitura de Águas Lindas segue com o seu cronograma de ação da
Campanha Manejo Ambiental, com o intuito de combater o avanço da
proliferação do mosquito Aedes Aegypti, o mosquito transmissor da zika vírus e
chikungunya.
No último sábado (25) a força tarefa liderada pelo vice-prefeito Luiz Alberto
Jiribita, secretário de Saúde, Eduardo Rangel, e o secretário de Obras, José
Fernando, o Dinando, contando com mais de 100 pessoas e com o auxílio de
máquinas e caminhões, percorreram todos os domicílios do setor Jardim
Paraíso realizando inspeções e orientações aos moradores, para evitar o risco
de manter materiais que possam ser possíveis criadouros.
O vice-prefeito Luiz Alberto Jiribita, em cima de um carro de som percorreu
todas as ruas do setor informando aos moradores sobre o risco de uma
epidemia, assim solicitando aos moradores que colocassem para fora dos
domicílios todo aquele material que por ventura possa acumular água e
consequentemente virar um local de proliferação.
“O combate ao mosquito é um dever de todos para preservar a saúde de
nossas famílias. Juntos, podemos combater a proliferação deste mosquitinho
que tem feito muitas vitimas, infelizmente com óbitos”, disse Luiz Alberto.
O trabalho também contou com o apoio de membros da associação de
moradores do setor. A ação surtiu efeito e a comunidade participou
efetivamente colocando muitos materiais nas calçadas onde foram recolhidos
por caminhões da prefeitura.
Segundo o coordenador de endemias, Lourisvan Santiago, informou que
durante a ação foram realizadas 1.187 vistas e foram efetivamente trabalhados
863 domicílios. E 324 casas foram encontradas fechadas e receberam a visita
de agentes no decorrer da semana. Foram encontrados 07 focos de
contaminação, o que preocupa as autoridades municipais.

SAÚDE Secretaria de Saúde reforça a campanha para ampliar no número de doações, atitude que pode salvar a vida de muitos recém-nascidos internados na rede pública

Os bancos de leite humano estão com seus estoques em níveis críticos. Por esse motivo, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) faz um apelo às mulheres que estão amamentando para doarem leite materno aos bebês internados na rede pública de saúde. “Em média, temos 250 bebês por dia sendo internados nas unidades da Secretaria de Saúde necessitando de leite humano doado”, relata a coordenadora das políticas de aleitamento materno e do banco de leite humano da Secretaria de Saúde, Miriam Santos. “Se você está amamentando, seja doadora. Um pote de 300 ml pode alimentar até dez bebês. Doe leite materno e alimente a vida”. De acordo com a especialista, seriam necessários em torno de 2 mil litros mensais para suprir a demanda da rede. Porém, a média mais recente tem se aproximado de 1,5 mil litros por mês. No DF, de janeiro até o fim de abril, foram doados 5.839 litros de leite humano, total referente a material recolhido de 2.036 lactantes voluntárias. Toda mulher que estiver amamentando e quiser ser doadora pode ligar no telefone 160, opção 4, ou se inscrever pelo site ou aplicativo Amamenta Brasília. A coleta é feita em domicílio pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF). A campanha também abrange as moradoras de municípios do entorno que tiveram bebês no DF, lembra Miriam. “É só entrar em contato, que fazemos [a coleta] uma vez por semana”, informa. A Secretaria de Saúde conta com 12 pontos de recepção, entre bancos de leite e postos de coleta, em todas as regiões de saúde. A extração, orienta a coordenadora das políticas de aleitamento materno, deve ser feita em um recipiente de vidro, com tampa de plástico, e bem higienizado. Consulte, no site Amamenta Brasília, todas orientações a respeito de doação de leite. Agência Brasília

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Serviço de qualidade: Departamento de Segurança da Guarda Patrimonial tem realizado a segurança dos prédios públicos

O Departamento de Segurança da Guarda Patrimonial Municipal (GPM) de Águas
Lindas vem realizando a segurança dos patrimônios públicos desde do ano 2013,
prestando serviços de ronda e proteção no município. A GPM é coordenada pelo
Diretor de Segurança Patrimonial, Roberto Evangelista.
A GPM, está localizada no bairro Setor 9, e conta com 371 profissionais guardas
patrimoniais, 3 motos e um carro para auxiliar na promoção da segurança municipal.
Os guardas patrimoniais, anteriormente conhecidos como vigilantes, recebem
treinamento para exercer com excelência as suas atividades antes de entrar no
departamento. No treinamento dos mesmos, estes além de estudar o Código Penal
brasileiro passam por testes de resistência.
A GPM promove ações de monitoramento dos prédios públicos no município, tais
como: as secretarias municipais, departamentos municipais, escolas e colégios,
UBS, hospital, cemitério, Fórum, Ministério Público e Prefeitura.
O departamento também trabalha em conjunto com a Polícia Militar e Polícia Civil,
Bombeiros, SMT, Vigilância Sanitária, Conselho Tutelar, entre outros departamentos
de segurança.
A GPM também promove ações de guarda de equipamentos públicos em dias de
eventos na cidade, realiza apreensões juntamente a PM, tais como: de veículos
roubados, furtos aos pedestres, isolamento de áreas em caso de homicídio.
Na realização das rondas ostensivas da GPM aos prédios públicos, os guardas da
segurança patrimonial são monitorados através de rádios HTs, sendo que o diretor
do departamento, tem a frequência aberta com a PM, em caso de necessidade está
é chamada por meio de via COPOM, assim a segurança chega ao local com mais
agilidade.
Visando o fortalecimento da segurança municipal, a Prefeitura de Águas Lindas
estará disponibilizando mais 2 viaturas. E futuramente, serão disponibilizados mais
uniformes para os guardas patrimoniais.

EDUCAÇÃO Tocantins tem 100% dos municípios participando da Olimpíada de Língua Portuguesa

O Tocantins foi um dos estados que teve adesão de 100% dos municípios na 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP). Estão participando do processo 1.752 professores de 679 escolas da rede municipal e estadual. No país, são 85.908 professores que estão participando da olimpíada, provenientes de 4.876 municípios brasileiros, e um total de 42.086 escolas participantes. Os estados que tiveram 100% de municípios com adesão à olimpíada são: Acre, Alagoas, Amapá, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins. A coordenadora estadual da Olimpíada no Tocantins, Roseli Bitzcof de Moura, da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), contou que neste momento as escolas estão promovendo as oficinas e discussões conforme as categorias nas quais estão participando. “Para esta fase, os professores têm disponíveis cadernos virtuais por gênero, que orientam os estudos e oficinas, depois os alunos produzem os textos”, disse Roseli. Essas oficinas poderão ser realizadas até o dia 9 de agosto, em seguida, acontecem as etapas de seleção dos textos: escolar, municipal, estadual, regional e nacional. Josélia de Lima/Governo do Tocantins

Moradores do Entorno se reuniram na Esplanada dos Ministérios para protestar contra o corte no programa Minha Casa, Minha Vida

Na última quarta-feira (29), empresários, construtores e operários do Entorno
do Distrito Federal se reuniram na Esplanada dos Ministérios para protestar
contra os cortes do governo federal para o programa Minha Casa, Minha Vida
(MCMV) no Estado de Goiás.
Várias cidades do Entorno compareceram ao protesto. Só em Águas Lindas de
Goiás, foram disponibilizados mais de 20 ônibus por parte da Associação de
Construtores para conduzir os manifestantes até o local.
Os manifestantes seguiram em caminhada até o Ministério de Desenvolvimento
Regional (MDR). No prédio da pasta, eles cobraram uma resposta sobre os
recursos que deveriam ser destinados para o programa habitacional.
De acordo com a Associação dos Construtores de Águas Lindas (ASCOAL),
mais de 250 empreendedores foram afetados e aguardam receber os repasses
para honrar pelo menos 3 mil contratos que precisam ser efetuados.
Essa manifestação contou com o apoio de várias prefeituras, pois o impacto
econômico pela falta de repasses dos recursos do programa MCMV tem
afetado a arrecadação de recursos dos municípios e diminuído o fluxo
econômico nas cidades do Entorno do Distrito Federal.
O prefeito de Águas Lindas, Hildo do Candango, destacou a importância do
repasse desse recurso para o município. “O que precisamos é que as
autoridades entendam que esta crise não afeta apenas os construtores civis.
Tudo isso é um efeito cascata que pode nos levar a uma crise ainda maior com
grandes impactos em mais de 30 municípios do Entorno do DF”, afirmou.
Durante a tarde, os manifestantes foram recebidos pelo Ministro do
Desenvolvimento Regional (MDR), Gustavo Canuto, que se comprometeu a
fazer um remanejamento de recursos de regiões que não estavam utilizando o
valor reservado ao programa MCMV.
Na reunião, ficou definido destinar o valor de 3.8 bilhões de reais e 112 milhões
reais de subsídio para o Estado de Goiás. A notícia foi comemorada pelos
empresários, construtores, operários e corretores que já entraram em contato
com os compradores informando que irão dar andamento na entrega da chave
dos imóveis.

Polícia Militar de Águas Lindas detém adolescente suspeito de furtar loja

Em uma loja de eletrodomésticos, eletrônicos e móveis, um adolescente de 17 anos,
que segundo os policiais, adentrou o estabelecimento se passando por cliente no
sábado (25), sem ser percebido, se escondeu no interior de uma cama baú e após a
saída dos funcionários, pegou aparelhos celulares na loja.
O adolescente tentou furtar seis aparelhos celulares, que somando os valores, o
mesmo teria dado um prejuízo ao estabelecimento no valor de R$ 10 mil. Após a
tentativa de furto, procurou sair do local, chegando até a cortar os fios do alarme,
disparando o mesmo.
Assim a empresa responsável pelo monitoramento da loja acionou a PM do Goiás,
que foi chamada para uma ocorrência de arrombamento. Chegando no local
rapidamente a PM encontrou o estabelecimento fechado e sem sinais de
arrombamento, porém ouviram barulhos no interior da loja.
Logo após o gerente da loja chegou e abriu a loja, assim o adolescente se entregou
à PM. O adolescente foi levado para Central de Flagrantes, onde focou detido por
ato infracional análogo ao crime de furto.
Mais uma vez a Polícia Militar de Águas Lindas demonstrou rapidez e agilidade nos
atendimentos das ocorrências no município. A Prefeitura de Águas Lindas
parabeniza a 17ª CRPM e a 35ª CIPM de Águas Lindas.

quarta-feira, 29 de maio de 2019

SEGURANÇA Recolhimento de armas de policiais com processos de violência doméstica é inédito

É inédito o decreto assinado na última quinta- -feira (23) pelo governador Ibaneis Rocha. O texto retira as armas das mãos de servidores das forças de segurança envolvidos em processos relacionados à Lei Maria da Penha. Na prática, são recolhidos os armamentos funcionais de policiais Civis e Militares, além de bombeiros que eventualmente tenham posse e funcionários do Sistema Penitenciário envolvidos em inquéritos de violência doméstica ou com medida protetiva. Levantamento nacional aponta que não há medida similar em nenhuma outra unidade da Federação. O decreto nº 39.851, de 23 de maio de 2019, prevê que quando acontecer o indiciamento, o Delegado de Polícia responsável pelo inquérito policial deverá comunicar à corporação para ciência e recolhimento do armamento funcional. É a primeira vez no Brasil que uma legislação específica abarca os servidores da Segurança Pública envolvidos nesse tipo de crime. Na solenidade de assinatura do decreto o governador alertou que o enfrentamento à violência doméstica e ao feminicídio precisa de apoio de toda a sociedade. “O momento é de união para reduzirmos os índices”, disse. Conforme dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP), o primeiro trimestre de 2019 apresentou queda de 1,7% na quantidade de ocorrências envolvendo a Lei Maria da Penha. Ainda assim, 3.752 casos foram registrados entre janeiro a março. No mesmo período, os levantamentos oficiais apontam sete feminicídios no DF. “Esse decreto é um avanço, uma conquista na questão da proteção da mulher que muitas vezes é vítima da violência e se sente refém de um agressor que possui porte e posse de arma. Ela fica prisioneira de mais uma situação e com medo de ser vítima de feminicídio”, aponta Ericka Filippelli, secretária da Mulher. Para ela, a atitude do governador é corajosa, mostra que o assunto se sobrepõe às corporações e se apresenta como prioridade, mas depende da conscientização geral. “A ação é efetiva, mas é necessário que as mulheres se encorajem e denunciem para que seja possível aplicar a legislação. E a sociedade – vizinhos, amigos, parentes – contribuam para esse enfrentamento em uma rede de proteção”. As forças de segurança vinculadas à Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/ DF) estudam a regulamentação do decreto. Jéssica Antunes/Ag. Brasília

VALPARAÍSO DE GOIÁS No aniversário do CEU das Artes quem ganha presente é a comunidade

\O prefeito Pábio Mossoró (PSDB), destacou que o Centro de Esportes Unificados (CEU das Artes), com mais de 15 atividades periódicas e com pelo menos 300 atendimentos diários, vem promovendo melhor qualidade de vida a comunidade valparaisense e se tornando um dos principais pontos de cultura e esporte da cidade. “Quando o serviço público é feito com responsabilidade, a população é beneficiada. Nós estamos comprometidos para que este equipamento possa funcionar de forma real, com a comunidade tomando posse deste espaço. Peço que zelem pelo equipamento público, não só para nós, mas para as gerações futuras”, pontuou Mossoró

ESTADO DE GOIÁS Acordo extrajudicial garante pagamento de indenização às famílias de adolescentes mortos em incêndio no CIP

Rota Jurídica/ DPE - O Estado de Goiás reconheceu sua responsabilidade civil pela morte de dez adolescentes em incêndio, ocorrido em 25 de maio de 2018, no Centro de Internação Provisória (CIP). Acordo firmado na segunda-feira (27/05) entre a Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO), advogados e o Estado garante o pagamento de indenização às famílias dos adolescentes, em forma de pensão e danos morais. O acordo é fruto de proposta apresentada pela Defensoria Pública e advogados ao Estado no dia 12 de dezembro do ano passado e que vem sendo negociada desde então. A assinatura foi realizada no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, com a presença dos familiares dos adolescentes, defensores públicos (primeiro subdefensor-geral Tiago Gregório e Bruna Xavier, coordenadora do Núcleo de Defensorias Especializadas da Infância e Juventude da Capital), advogados e procuradores do Estado. O primeiro subdefensor público-geral de Goiás, Tiago Gregório, destacou que a morte desses adolescentes é uma das maiores tragédias do socioeducativo brasileiro e das Américas. De forma inédita em Goiás, por meio de mediação e conciliação, foi possível chegar a um acordo quanto à reparação civil e simbólica acerca desse fato. “De fato, esse ato de reparação, mais do que a composição cível, individual ou coletiva, tem também outro significado. Reparar é olhar, ver, o sistema socioeducativo”, pontou. Ele frisou ainda que o diálogo e mediação se mostraram o caminho mais eficaz ao acesso à justiça. Representando o Estado de Goiás, a procuradora-geral Juliana Prudente afirmou que “não há nenhuma justificativa para uma tragédia de tamanha proporção”. De acordo com ela, o objetivo desse acordo não é reparar a vida de cada adolescente, porque isso é irreparável, mas dar condições materiais para que essas famílias continuem caminhando. Ela explicou que está sendo realizado um levantamento dos Termos de Ajustamento de Conduta (TACs) sobre o socioeducativo existentes e não cumpridos, a fim de que sejam adotadas as medidas necessárias para a melhoria no setor. “Eu espero que essas portas que nos abriram agora abram para todas as outras mães. Pra que nenhuma delas venha passar a dor que a gente tá passando. Essa reparação é pra gente poder realmente levantar e caminhar, pra gente ter atendimento médico com dignidade, porque todas nós aqui precisamos disso, possibilitar talvez a gente a ter a casinha da gente. Eu acho que tá sendo maravilhoso pra gente, mas que o Estado olhe para as outras mães que têm filhos lá”, argumentou Luciana Pereira Lopes, 34 anos, que perdeu no incêndio seu filho de 16 anos, Lucas Ranyel Pereira Lopes. ACORDO Conforme o acordado, será paga pensão alimentícia pelo Estado de Goiás a cada núcleo familiar, estimada em 2/3 do salário-mínimo até a data em que o adolescente completaria 25 anos de idade. Após essa faixa etária, o pagamento será reduzido para 1/3 do salário-mínimo, a ser pago até a data em que ele completaria 65 anos, considerando que o jovem constituiria seu próprio núcleo familiar. Sendo que, nos casos em que o adolescente possua filhos, eles receberão pensão até que completem 25 anos de idade. Considerando a gravidade do fato e o sofrimento imposto aos familiares pelas condições de ocorrência do evento morte, foi definido o pagamento de R$ 125 mil por núcleo familiar, a título de danos morais. Desse total, R$ 25 mil serão pagos em parcela única e o restante será parcelado em 120 vezes, incluindo-se representantes das famílias em folha de pagamento. O CASO No dia 25 de maio do ano passado, incêndio na Ala A, do Centro de Internação Provisória (CIP), em Goiânia, vitimou fatalmente nove adolescentes. Cinco dias depois, um dos sobreviventes – que estava internado em estado gravíssimo – faleceu. Em 26 de maio, a Defensoria Pública, por meio do Núcleo de Defensorias Especializadas de Infância e Juventude, instaurou Procedimento Preparatório para Ações Coletivas (Propac). De 26 de maio a 11 de dezembro, a DPE-GO realizou diversas diligências, inspeções, reuniões com familiares e autoridades, encaminhamentos de ofícios, realização de perícias e relatórios psicossociais, em instrução ao Propac. No dia 12 de dezembro, a DPE-GO apresentou à Procuradoria-Geral do Estado de Goiás (PGE) a Proposta de Compromisso de Ajustamento de Conduta e Reconhecimento de Responsabilidade e Reparação Civil, que teve Juízo positivo de admissibilidade dois dias depois. Com isso, foi suspendida a prescrição e verificou-se, em tese, a possibilidade jurídica da celebração de eventual acordo. No dia 21 de janeiro, a Defensoria Pública entregou ofício ao recém-empossado secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Marcos Ferreira Cabral, indicando ações prioritárias para arrefecimento do quadro de violações de direitos humanos destacadas em relatórios de inspeção, reiterando-se a proposta. No dia 19 de março foi realizada audiência pública sobre o tema, em conjunto com a Comissão de Direitos da Criança e Adolescente da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás. No dia 28 de março, houve reunião entre DPE-GO, deputados integrantes Comissão de Direitos da Criança e Adolescente da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social reiterando-se a necessidade de reparação aos familiares das vítimas. No dia 2 de maio, a Defensoria Pública encaminhou ofício requerendo a manifestação conclusiva do Estado, ou ao menos designação de audiência/sessão de conciliação, no prazo de dez dias. Desde o último dia 20 têm ocorrido negociações diárias a fim de que se chegasse ao acordo.

MINHA CASA MINHA VIDA Prefeituras do Entorno na luta em defesa do Programa Minha Casa Minha Vida

Devido à paralisação dos recursos do Programa Minha Casa, Minha Vida no estado do Goiás, os trabalhadores da área da construção civil, empresários, construtores e operários organizaram-se para realizar um movimento com o objetivo de chamar à atenção das forças políticas. As cidades do Entorno do Distrito Federal tem sido impactadas economicamente com a falta de repasses relacionados ás obras realizadas pelo programa no estado de Goiás, que estão ocorrendo desde o final de 2018. A fim de dar continuidade no programa e de honrar os contratos entre empresas e compradores, empresários que atuam no setor imobiliário e da construção civil realizarão no dia 29 de maio, quarta-feira, às 10 da manhã, em Brasília, em frente ao Ministério do Desenvolvimento Regional, uma manifestação pacífica na tentativa de sensibilizar as autoridades politicas e o ministro Gustavo Canuto, para que os empresários da área possam ter um posicionamento sobre a dificuldade no repasse de recursos referentes ás obras do programa no estado de Goiás e na aprovação de trâmites contratuais da compra dos imóveis. Conforme a Associação dos Construtores de Águas Lindas (ASCOAL), cerca de 250 empreendedores da cidade aguardam receber os repasses e mais de 3 mil contratos precisam ser efetuados. O movimento conta com a adesão de empresários da área de construção, corretores, compradores que almejam obter a sua casa própria. “Eu me organizei financeiramente para dar uma casa digna para os meus filhos. Mas logo agora que encontrei o lugar ideal não vou poder assinar o contrato. Dia 29 de maio podem contar comigo. Eu e meus filhos precisamos da nossa casa”, desabafou Lídia (34), mãe dois filhos menores de cinco anos. Cidades como Águas Lindas de Goiás, Novo Gama, Cidade Ocidental e Valparaíso de Goiás, estão engajadas no movimento dos trabalhadores da área da construção civil, pois o impacto econômico pela falta de repasses dos recursos do programa tem afetado a arrecadação de recursos e diminuído o fluxo econômico nos municípios que compõem o Entorno do DF. Além de recursos arrecadados por meio de impostos e outros sistemas de arrecadação, o impacto negativo, ocasionado pelo travamento dos recursos do programa também tem afetado o ITBI das cidades. As prefeituras estão a favor do movimento dos trabalhadores da construção civil, pois uma cidade necessita que todos os setores funcionem, para que ocorra a circulação do fluxo econômico, e os investimentos continuem sendo repassados para os setores como saúde e educação. Mediante a atual situação, o presidente da Associação dos Municípios Adjacentes a Brasília (AMAB) e prefeito de Águas Lindas de Goiás Hildo do Candango, posicionou-se a favor do movimento dos trabalhadores, se disponibilizando a mediar um encontro entre as prefeituras que compõem a AMAB, os construtores e o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, para que uma solução seja inviabilizada o quanto antes. De acordo com nota divulgada pela AMAB uma reunião com o Ministério do Desenvolvimento Regional já foi solicitada e agora a associação aguarda uma resposta para que o encontro de fato aconteça. Segundo o presidente da AMAB, Hildo do Candango, o intuito da reunião é garantir uma solução que tranquilize a classe empresarial, trabalhadora e compradores. “Precisamos que as autoridades entendam que esta crise não afeta apenas o construtor civil. Afeta o trabalhador, o micro empresário que acaba indo a falência, o comerciante, o morador que tem o sonho de possuir sua casa própria e a economia dos municípios. Tudo isso se transforma num efeito cascata, causando uma crise maior com grandes impactos em mais de 30 municípios apenas no Entorno de Brasília.” Disse Hido do Candango. Em Águas Lindas de Goiás as taxas do ITBI geram ao município 11 milhões em arrecadação direta ao ano. A paralisação das obras do programa Minha Casa Minha Vida trarão um grande impacto para a economia local, o que afetaria até os investimentos em áreas como a saúde.

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Secretário de Habitação Giovane Machado participa de reunião de empresários da construção civil de Águas Lindas

Empresários da construção civil do município de Águas Lindas de Goiás,
realizaram na última semana uma grande reunião para debater assuntos
relacionados à paralisação do programa federal Minha Casa Minha, Vida em
todo estado de Goiás.
O prefeito Hildo do Candango, que também é presidente da Associação dos
Municípios Adjacentes a Brasília (AMAB), demonstrou preocupação com a
paralisação abrupta do programa que atinge todo o estado de Goiás e
diretamente a região do Entorno, que é carente de investimentos.
“Todos os prefeitos que compõe a nossa Associação tem grande preocupação
com o que está acontecendo com a construção civil em nossa região, que é tão
importante na geração de emprego e renda para a nossa população. Estamos
realizando uma série de encontros para tentar alcançar uma solução e retomar
as atividades. Estamos enviando um ofício para agendar uma reunião com o
ministro tendo o apoio do Governador Ronaldo Caiado e deputados federais.
Neste momento é muito importante a nossa reunião para superar essa crise”,
enfatizou o prefeito.
A reunião contou com a presença do secretário de Habitação e Assuntos
Fundiários, Giovane Machado, que tem sido o principal interlocutor juntamente
com o prefeito Hildo do Candango nas mais diferentes esferas do poder na
busca de uma solução.
“É um absurdo o que estão fazendo com o programa, enquanto nos outros
estados ele vem funcionando normalmente, no Goiás se encontra paralisado.
Isso causa muita preocupação à categoria que poderá ter demissão em massa
de trabalhadores, pois somente no município de Águas Lindas, cerca de 10 mil
trabalhadores que integram esta cadeia produtiva poderão ser atingidos. Isto
também comprometerá uma importante fonte de recursos da administração
municipal que já sofre com a baixa de arrecadação, comprometendo serviços
essenciais a população”, pontuou o secretário.
Durante a reunião dos construtores foi decidido que a categoria realizará um
grande ato em Brasília no próximo dia 29/05 (quarta-feira), que deverá sair de
Águas Lindas e seguir rumo à esplanada dos Ministérios. Uma grande
mobilização está sendo organizada e contará com participação de
representantes de várias cidades da região do Entorno em busca de uma
solução para o grave problema.

SES-GO participa de encontro Saúde na Escola

A 1ª Reunião Técnica dos Programas Saúde na Escola (PSE) e Academia da Saúde: Arranjos e Possibilidades de Promoção da Saúde na Atenção Primária à Saúde, realizada de 20 a 22 de maio, reuniu profissionais de diversos Estados do Brasil para tratar o tema, com discussões e propostas intersetoriais no desenvolvimento de políticas e ações positivas, por meio da educação, saúde e cidadania. Na oportunidade, os participantes alinharam o entendimento sobre promoção da saúde, apresentando ferramentas e possibilidades de implantação na Atenção Primária à Saúde. Para a coordenadora de Saúde do Adolescente e Pessoas em Situação de Violência da Gerência de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), Ana Maria Passos, essa reunião possibilitou a formação de ideias e paradigmas que serão desenvolvidos nas escolas cadastradas no programa por todo o Estado. “Foi uma oportunidade ímpar na construção de debate intersetorial, em que podemos trocar experiências exitosas e realizar acordos interfederativos para o PSE”, afirmou. O PSE é hoje um dos maiores programas do Ministério da Saúde, com grande capilaridade, alcançando mais de 95% dos municípios. No entanto, Ana Maria Passos ressalta a necessidade de dar mais efetividade e visibilidade ao programa nas escolas participantes. A partir da reunião, ficou acordado que, por meio da Secretaria de Estado da Educação e a SES, será realizado um levantamento do alcance do programa em todos os municípios, com o porcentual de escolas com adesão ao PSE. Em seguida, serão realizados capacitação e acompanhamento dos municípios onde ocorrem mais fragilidades, buscando a parceria com a pasta destinada a assistência social, parceira fundamental do programa, uma das propostas discutidas no encontro. Para a coordenadora, o PSE valoriza a escola como ambiente de saber em saúde, tornando o espaço um multiplicador na comunidade, tratando a saúde de forma multidisciplinar, como a cultura de paz, saúde sexual reprodutiva, ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, promoção das práticas corporais, prevenção ao uso de álcool, tabaco, crack e outras drogas; prevenção das violências e dos acidentes; promoção da alimentação saudável, ambiente saudável; entre outros. “Precisamos valorizar a escola como um espaço de debate e multiplicador de saberes, que tem efetiva participação naquela sociedade”, lembra. A programação do encontro contou com discussões sobre políticas públicas de prevenção e promoção da saúde, da intersecção com as bases curriculares da educação, apresentação de plataformas digitais que podem ser utilizadas no PSE, Plataforma Educanvisa e relatos de experiências exitosas do programa por todo o País, que permitiu a redução de automutilação, autoextermínio e até uso de práticas integrativas em algumas unidades escolares. Comunicação SES-G

Escola Municipal Ednalda Guedes realiza projeto “Todos Contra a dengue”

Alunos da Escola Municipal Ednalda Guedes, localizada no setor Park das
Águas Bonitas I, realizaram na manhã da última sexta-feira (24) uma grande
caminhada pelas principais vias do setor. O evento faz parte da culminância do
projeto “Todos Contra a Dengue”, fruto da parceria entre a unidade escolar, da
Secretaria Municipal de Educação Ciência e Tecnologia e a Secretaria
Municipal de Saúde, dentro do programa “Saúde nas Escolas”.
O diretor da escola, o professor Charles, informou que o tema “Todos Contra a
dengue” foi abordado durante a última semana dentro das atividades
pedagógicas. “É muito importante este tipo de ação, pois as nossas crianças se
tornam agentes multiplicadores, levando as informações aprendidas com as
lições para dentro dos seus lares”.
O professor informou ainda que Das 08h às 10h foram realizadas oficinas de
saúde com os temas: Dengue, Primeiros Socorros, Saúde Bucal e Higiene
Pessoal, conteúdo inserido no PCNs e do Projeto Político Pedagógico desta
escola.
A passeata percorreu o bairro de Águas Bonitas I, com a participação de
funcionários, alunos e da comunidade escolar, que contou com o apoio do
Vereador Aderson da Modelle, SAMU, SMT, Supermercado Minas e da
Unidade Básica de Saúde de Águas Bonitas I. A passeata chamou atenção de
todos, com faixas e cartazes de conscientização para o combate ao mosquito
que transmissor da dengue e de outras enfermidades.

Caiado apresenta potencialidades de Goiás a 8 embaixadores em jantar

As potencialidades econômicas, culturais, turísticas e sociais de Goiás tomaram conta das conversas durante um jantar em homenagem ao governador Ronaldo Caiado e à primeira-dama e presidente de honra da OVG, Gracinha Caiado. O encontro ocorreu na residência do vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo, Paulo Tonet, e de sua esposa Verônika Tonet, e contou com a presença de oito embaixadores. Também participaram o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Adriano da Rocha Lima, e sua esposa Sofia; o senador Jorge Kajuru (PSB); o presidente do Grupo Jaime Câmara, Jaime Câmara Júnior; o diretor Jurídico e de Relações Institucionais do Grupo Jaime Câmara, Guliver Augusto Leão; e a equipe gestora da Unesco no Brasil, comandada pela diretora Marlova Noleto. O governador apresentou aos embaixadores o programa “Juntos pelo Araguaia”, que será lançado no dia 5 de junho, na divisa entra Aragarças (GO) e Barra do Garças (MT), e vai recuperar as nascentes do rio em uma área de 5 mil hectares em solo goiano e outros 5 mil hectares pelo lado mato-grossense. O projeto chamou a atenção do ministro-conselheiro dos Estados Unidos, William Popp, que atualmente responde pela embaixada no Brasil. O embaixador de Portugal, Jorge Dias Cabral, afirmou que atitudes como essa, com a vontade e dedicação do governante, impulsionam o Estado. E citou o exemplo de Portugal, que se tornou um grande destino turístico, incluindo de brasileiros, nos últimos 10 anos, graças a um esforço de todos no País. A presidente de honra da OVG, Gracinha Caiado, detalhou como funciona o Índice Multidimensional de Carências das Famílias (ICMF), que baliza ações de Governo que já começaram a mudar a realidade de famílias em situação de vulnerabilidade no Estado. O embaixador do Japão, Akira Yamada, ouviu atentamente e quis saber mais. Ele elogiou a iniciativa comandada pela primeira-dama Gracinha, que ainda detalhou programas de iniciação esportiva e citou o karatê, que atende centenas de crianças. O embaixador japonês destacou os laços com Goiás, que conta com uma forte comunidade de origem japonesa. Os embaixadores Andrea Semadeni (Suíça) e Ricardo Savone (Canadá) elogiaram ainda a sensibilidade social apresentada pelo Estado.

MP-GO Integrante da Força Nacional é denunciado por feminicídio ocorrido em Jataí

A 6ª Promotoria de Justiça de Jataí denunciou Josimar Pereira da Silva, integrante da Força Nacional, pelo feminicídio praticado contra Nathalia Lima Costa, no dia 9 deste mês, dentro da casa do denunciado, com um tiro de revólver calibre 38. De acordo com o promotor de Justiça Paulo de Tharso Brondi, o crime foi cometido por motivo torpe, mediante recurso que dificultou a defesa da vítima e prevalecendo-se de relações íntimas de afeto. Conforme a denúncia, Josimar da Silva e a vítima namoraram por cerca de um ano. No dia do crime, o integrante da Força Nacional, após uma desavença com Nathalia Costa, por desconfiar que ela o traía, se apossou de seu revólver e deu um tiro na cabeça dela. Em seguida, ele escondeu a arma na geladeira e fugiu. Segundo o promotor de Justiça Paulo de Tharso Brondi, o crime foi praticado contra mulher, em contexto de violência doméstica, já que a vítima e o denunciado namoravam. “Ele agiu impelido pelo ciúme excessivo, controlador e doentio, somente pela suspeita de que a vítima mantivesse relação com outras pessoas. Também agiu a fim de colhê-la de surpresa para não lhe possibilitar nenhuma reação, atirando enquanto ela, desarmada, estava sentada na cama”, afirmou. Além das penas pelo feminicídio, o promotor requereu que Josimar da Silva seja condenado a pagar indenização por danos morais. Pediu também para que sejam expedidos ofícios para a Superintendência Regional do Departamento da Polícia Federal, em Goiânia; à Secretaria Estadual de Segurança Pública e ao Instituto Nacional de Identificação, para informar o oferecimento da denúncia. MP-GO

Prefeitura de Águas Lindas realiza recuperação asfáltica no Setor 02 e Setor 8

A Secretaria de Obras, que é responsável pelos serviços urbanos tem
trabalhado até nos finais de semana para recuperar a pavimentação asfáltica
de diversos setores que sofreram com as constantes e atípicas chuvas que
causou transtornos em toda cidade.
Nesta quinta-feira (23) a equipe de recuperação asfáltica trabalhou
intensamente nos bairros Setor 02 e Setor 08 procedendo a limpeza e vedação
dos buracos nas vias destes setores. A equipe executa os serviços de acordo
com a programação estipulada pela Secretaria que recebe as demandas da
comunidade e realiza inspeções em toda a cidade.
Para realizar qualquer tipo de solicitação de serviços urbanos, tais como:
iluminação pública, recuperação asfáltica, terraplanagem, manutenção das
bocas de lobo, limpeza urbana, roçagem manual e mecânica, basta ligar no
canal de Solicitação da Secretaria de Obras, no número: (61) 3613-9458.

quinta-feira, 23 de maio de 2019

CIDADE OCIDENTAL “Prefeitura em Ação” Movimenta o Bairro Jardim Edite

CIDADE OCIDENTAL “Prefeitura em Ação” Movimenta o Bairro Jardim Edite Foi realizada no último sábado (18), a segunda edição do programa “Prefeitura em Ação”. Mais uma vez o evento foi sucesso, com a participação de cerca de 2 mil pessoas, na creche Extensão do Braga 1, no Jardim Edite, contando com diversos atendimentos nas áreas da saúde, benefícios sociais, orientações jurídicas, educação, bem-estar, estética, brincadeiras e jogos. A moradora Edna Ferreira parabenizou a Prefeitura pela iniciativa e agradeceu os serviços. “Moro aqui há mais de 20 anos. É a primeira vez que vejo uma ação dessa proporção. Só tenho que parabenizar o prefeito Fábio Correa. Os serviços de manutenção que estão sendo feito importante para os moradores do bairro”, comentou a moradora. Luiz Marques aprovou a ideia de ter tantos serviços reunidos em um só lugar, tão perto de casa e à disposição da população. “Isso demonstra que a Prefeitura está cuidando da cidade. Acho ótimo, pois representa mais dignidade aos moradores. É uma ação que estávamos precisando. O Jardim Edite está evoluindo e melhorando cada vez mais”, diz Luiz. Durante o evento, o prefeito Fábio Correa, fez questão de agradecer o empenho de todos os envolvidos nesta edição e considerou positiva a ação desenvolvida pelo poder público municipal. “Milhares de pessoas foram atendidas na 1° edição. A nossa função é a de servir e trabalhar em prol da cidadania e da melhoria da qualidade de vida da nossa população. Por isso, o mutirão da Prefeitura em Ação vem para atender as necessidades mais pontuais dos moradores de cada região”, afirma Fábio. BALANÇO Durante a manhã de sábado as secretarias disponibilizaram diversos atendimentos ao público, entre eles: atendimentos médicos, odontológicos, testes rápidos, prevenção, atendimentos ao CRAS e CREAS, doações de mudas, atendimentos direto ao Sine, palestras sobre Combate à Violência contra a Mulher e atendimentos e orientações sobre o IPTU, dívida ativa e recadastramento imobiliário. PRÓXIMA “PREFEITURA EM AÇÃO” A terceira edição da Prefeitura em Ação já tem data marcada. O evento será realizado no bairro Mesquita, no próximo domingo (26), das 08h às 12h, na Escola Municipal Aleixo Pereira Braga – Próximo a Capela Nossa Senhora D’ Abadia. O evento tem como objetivo mobilizar a população local, para participar e conhecer os serviços públicos de garantia dos direitos sociais prestados em favor da comunidade local, e proporcionar práticas culturais, recreativas, além de representar um mecanismo importante de ampliação da cidadania e coletividade. “As ações vão continuar e nós vamos atender todos os bairros”, afirma o prefeito.

Prefeitura avança com serviços de roçagem

Nesta terça-feira (21) a Prefeitura de Águas Lindas, por meio da Secretaria de
Obras, realizou serviços de roçagem manual e mecânica em diversos setores.
Este tipo de serviço além de deixar a cidade limpa e com uma boa estética,
evita a proliferação de insetos e pequenos animais, e consequentemente
doenças e criadouros do mosquito transmissor da dengue.
A roçagem é necessária não somente para evitar que a vegetação cresça, mas
também para promover segurança para saúde coletiva e de pedestres, pois a
vegetação alta impede que os mesmos tenham visão ampla do local, sendo um
risco à segurança.
Em geral, quando as equipes de obras realizam estas atividades, encontram
lixo e entulhos, que em geral, a própria população descarta. Assim, além de
realizarem a roçagem acabam retirando o lixo também.
Para solicitar os serviços de roçagem manual ou mecânica, o requerente deve
ligar no Canal de Solicitações da Secretaria de Obras: (61)36139458.

AGRICULTURA Emater tem recorde de público na AgroBrasília 2019

Agência Brasília - O Espaço da Agricultura Familiar, montado dentro da AgroBrasília, registrou crescimento no público visitante de 15% em relação a 2018 – foram quase 3,5 mil visitantes registrados nos cinco dias da feira agropecuária, a maior do Centro-Oeste. Os resultados positivos também se refletiram no Galpão das Organizações Sociais, que faturou mais de R$ 57 mil em comercialização de plantas, artesanato, refeições e alimentos das agroindústrias do Distrito Federal atendidas pela Emater-DF. A presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, destaca o balanço positivo. “Superou as nossas expectativas, crescemos em número de visitantes e atendemos o nosso público com excelência, cumprindo o nosso papel de apoiar a agricultura familiar, não só com a divulgação de tecnologias importantes para a área rural, mas principalmente criando oportunidades para que nosso público acesse essas tecnologias e as coloquem em prática”, afirmou. A Emater-DF montou 11 circuitos tecnológicos, além do Galpão das Organizações Sociais. O sistema de bioflocos, no circuito da piscicultura, os painéis de energia solar e o circuito da olericultura (hortaliças) ficaram entre as inovações mais visitadas neste ano. Outra novidade foi o circuito da equideocultura, apresentado pela primeira vez no espaço da agricultura familiar e que recebeu bastante visitas. “Trouxemos técnicas simples para o criador de equinos, mas que trazem conforto para os animais”, explicou a coordenadora do circuito, Florence Berthier. Para o secretário de Agricultura do Distrito Federal, Dilson Resende, a 12ª edição da AgroBrasília teve uma participação muito importante do Sistema Público da Agricultura.

EDUCAÇÃO MEC abre hoje consulta para vagas no Sisu

A partir de hoje (23), os estudantes já poderão consultar as vagas disponíveis nas instituições e cursos oferecidos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do segundo semestre, na pagina do Sisu na internet. Podem participar do Sisu, os estudantes que fizeram prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018 e obtiveram nota na redação acima de zero. As inscrições do Sisu poderão ser feitas de 4 a 7 de junho. Durante esse período, uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte, que é a menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados. O resultado será divulgado no dia 10 de junho. Os participantes poderão ainda integrar a lista de espera entre 11 e 17 de junho. Para evitar sobrecarga do sistema, segundo o Ministério da Educação, o simulador do Sisu, que mostra informações dos últimos processos seletivos, vai ficar temporariamente fora do ar a partir desta quinta-feira. A previsão é que volte ao ar no dia 10 de junho. “A medida, preventiva, foi necessária para evitar que o sistema fique sobrecarregado”, disse a pasta. O Sisu oferece vagas em instituições públicas de ensino superior a estudantes que fizeram o Enem. Agência Brasil

DENARC Polícia Civil incinera 100 Kg de entorpecentes apreendidos na Capital

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos (Denarc), incinerou na manhã de quarta-feira, 22, cerca de 100 quilos de entorpecentes resultantes de apreensões realizadas na Capital nos primeiros meses de 2019. Foram incinerados, aproximadamente, 80 Kg de maconha, 4,6 kg de crack, 8,15 kg de cocaína, 100 comprimidos de ecstasy e 18 unidades de substância análoga ao LSD. Participaram da ação representantes do Ministério Público e da Vigilância Sanitária Estadual. De acordo com a promotora Maria Natal de Carvalho Vanderley, o Ministério Público tem a função de promover a ação penal, após a Polícia Civil realizar as prisões, apreender material entorpecente e encaminhar o inquérito final ao Ministério Público. “Está na Lei nº 11.343, conhecida como Lei de Drogas, a presença do Ministério Público no procedimento de incineração, visando a legitimar a ação pela fiscalização de todo o processo de destinação final deste material apreendido”, afirmou. Para o titular da Denarc, o delegado Emerson Francisco de Moura, a equipe policial realiza cerca de oito incinerações ao ano, perfazendo uma média de 400 kg de material entorpecente no período, fruto de diversas operações realizadas. “Nós fazemos em média cerca de 150 prisões por ano apenas combatendo o tráfico de drogas no Estado”, afirmou. Wherbert Araújo/ Governo do Tocantins

Procedimentos da central de curativos são realizados na Policlínica

A Secretaria de Saúde, por meio da Policlínica, localizada no Jardim Brasília, oferta
serviços de acompanhamento e troca de curativos. Para realizar esses
procedimentos não é necessário ir até o hospital municipal ou a outras unidades de
saúde, basta ir até à central de curativos na Policlínica.
Na unidade as equipes são preparadas para realização dos procedimentos
curativos. A coordenadora da central de curativos, a enfermeira Ceiça, explica que o
departamento utiliza técnicas de curativos com o uso de placas, que aumentam a
capacidade de recuperação das feridas tratadas, “informamos a todos os pacientes
que na central de curativo são realizados todos os tipos de curativos de pequenas e
de alta complexidade, basta procurar o nosso departamento portando o cartão do
SUS e o RG”, disse a coordenadora.
Os pacientes realizam o agendamento no próprio departamento e já saem com data
e hora marcada para o próximo atendimento, evitando assim longas filas de espera
para a marcação do procedimento. O horário de atendimento é de 08h às 12h e das
13h às 17h, de segunda a sexta-feira.

terça-feira, 21 de maio de 2019

Obras na cidade: Jardim Barragem 2 recebe recuperação asfáltica

Nesta terça-feira (21) o bairro Jardim Barragem 2 recebeu as equipes de obras,
para realização da recuperação asfáltica em diversos setores do local.
As demais equipes de obras também realizaram serviços de: roçagem
mecânica no Jardim Brasília e no Jardim Paraíso, roçagem manual no Jardim
Brasília e em Mansões Village, varrição no Jardim Brasília e no Jardim
Barragem, manutenção das bocas de lobo no setor Mansões Village,
iluminação pública no setor Queda do Descoberto e no Santa Lúcia e
terraplanagem no Jardim Guaíra e Gleba.
Para solicitar qualquer um desses serviços, basta ligar no Canal de Solicitação
da Secretaria de Obras: (61) 36139458.

14º caso de feminicídio no DF este ano é confirmado pela Secretaria de Segurança

A Secretaria de Segurança do Distrito Federal (SSP) confirmou, nesta terça-feira (21), um novo caso de feminicídio este ano no DF. Segundo a Secretaria, o crime foi no dia 29 de março, em Taguatinga.
Em um primeiro momento, a morte da mulher foi registrada como suicídio. No entanto, em 17 de abril, os policiais mudaram a linha de investigação e o caso passou a ser tratado pela 17ª Delegacia de Polícia, de Taguatinga, como feminicídio .

Moto na contramão causa engavetamento de outras sete em Goiânia, diz bombeiro

Um acidente envolvendo oito motos deixou feridos na Avenida Castelo Branco debaixo do viaduto, em Goiânia. Segundo o Corpo de bombeiros um dos motociclistas teria acessado por engano uma das pistas na contramão batendo com outra que seguia no sentido certo, causando engavetamento.
Testemunhas disseram à polícia no local, que um dos motoqueiros estaria vindo da GO-070, carregando uma barra de ferro na moto, quando entrou errado no viaduto na pista de acesso à da GO-060.
Segundo assessoria do Corpo de Bombeiros, o resgate foi feito por equipes da corporação e também pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).
Pelos bombeiros, foram levados para unidades de saúde três vítimas, sendo duas delas para Centro de Referência em Ortopedia e Fisioterapia (Crof) e uma para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). Entre as vítimas, uma teve traumatismo craniano e outras fraturas, segundo os bombeiros.

Paralisação do programa federal “Minha Casa Minha Vida” preocupa autoridades municipais

Em busca da reativação do programa habitacional “Minha Casa Minha”, que
está paralisado no Estado de Goiás, O prefeito Hildo do Candango tem
realizado uma verdadeira peregrinação no Governo Federal para resolver o
problema e retomar o aquecimento da construção civil, um dos principais
geradores de emprego do município.
O assunto tem sido amplamente debatido em diversas audiências com as
autoridades federais, principalmente com diretores da Caixa Econômica
Federal e com o Governo de Goiás no sentido de mobilizar forças para
retomada do aquecimento da área.
Recentemente o secretário municipal de Habitação e Assuntos Fundiários,
Giovane Machado, reuniu-se com dezenas de construtores no sentido de
envidar esforços para superar a crise, desta reunião foi criada uma comissão
para tratar o assunto em diferente esfera.
O secretário informou, ainda que recentemente, esteve com o Governador
Ronaldo Caiado, que estava em visita à cidade de Valparaiso de Goiás e
acompanhado do deputado estadual Diego Sorgato e vários construtores do
município, onde pode expor as dificuldades enfrentadas pelo setor.
“É absurdo o que estão fazendo com nosso estado, enquanto em outros
estados o programa está funcionando normalmente. No Goiás o programa está
paralisado, ameaçando, com isto, o emprego de várias pessoas, impedindo o
cidadão comum de realizar o seu sonho da casa própria e impactando
diretamente na receita dos municípios”, disse Giovane.
O Governador Ronaldo Caiado comprometeu-se em realizar gestão junto à
Caixa Econômica Federal e o Ministério do Desenvolvimento Regional, e
paralelo a isso, os construtores estão se organizando para fazerem uma
grande manifestação em Brasília, em conjunto com os trabalhadores da
construção civil que deverá acontecer nos próximos dias.

segunda-feira, 20 de maio de 2019

NOVO GAMA Agricultores do projeto Mãos Produtivas visitam a AgroBrasília

Cerca de 20 agricultores participantes do projeto Mãos Produtivos – Comércio institucional de alimentos da agricultura familiar, de Novo Gama, e outros 40 produtores da comunidade Indaiá, de Luziânia, visitaram na sexta-feira, dia 17 de maio, a AgroBrasília, uma das maiores feiras do agronegócio brasileiro. O projeto faz parte do Programa Alternativa Produtiva, da Corumbá Concessões, companhia gestora da Usina de Corumbá IV. A cooperativa de produtores do Indaiá (Coopindaiá), de Luziânia, que presta consultoria às Mãos Produtivas, foi a organizadora da visita à AgroBrasília. Conforme a programação, os produtores conheceram as últimas tendências do mercado agropecuário e as inovações tecnológicas, com destaque para a fábrica de mandioca, que está entre as possíveis aquisições dos produtores de Luziânia e Novo Gama. A comitiva visitou os estandes da feira e participou de palestras. O evento acontece no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, a 60 km de Brasília, até o dia 18 de maio. É realizado pela Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF).

Limpeza urbana: varrição é realizada nos bairros Jardim Brasília e Jardim Barragem 5

Nesta segunda-feira (20) as equipes da Secretaria de Obras estão realizando
diversas atividades na cidade, uma delas é a varrição nos bairros Jardim
Brasília e Jardim Barragem 5.
As equipes de obras seguem um cronograma diário, que visa atender as
necessidades de todos os bairros, levando em consideração as principais
demandas do local, não sendo possível atender todas as necessidades do
bairro, mas as predominantes e que foram solicitadas pela população.
Para solicitar serviços de terraplanagem, roçagem manual e mecânica,
varrição, recuperação asfáltica e troca da iluminação pública, basta ligar no
Canal de Solicitação da Secretaria de Obras, no telefone: (61) 36139458.

Acompanhe mais informações nas redes sociais

UNIVERSIDADE Abre hoje as inscrições para o ProUni para o segundo semestre

s instituições de educação superior que desejarem participar da edição do Programa Universidade para Todos (ProUni) do segundo semestre deste ano têm até o dia 20 para manifestar interesse, por meio do Sistema Informatizado do ProUni, o SisProUni, na internet. A formalização é obrigatória para aquelas que desejam participar do programa tanto no caso de primeira adesão quanto de renovação. Após a manifestação de interesse, a adesão ao ProUni deverá ser feita até o dia 27. A adesão é facultativa apenas para as mantenedoras que não têm registro no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin). Também não é obrigatória a renovação das que comprovarem a quitação de tributos e contribuições administrados pela Receita Federal. O número de bolsas a serem ofertadas em cada curso pelas instituições será informado nos termos de adesão ou aditivos. As informações constam do edital do programa, publicado no final de abril, no Diário Oficial da União. O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. Em contrapartida, as instituições recebem isenção de tributos. Na primeira edição deste ano foram ofertadas 243.888 bolsas de estudo em 1.239 instituições particulares de ensino. Do total de bolsas, 116.813 eram integrais e 127.075 parciais, de 50% do valor das mensalidades. Agência Brasil

Palmas chega aos 30 anos como um dos destinos turísticos mais organizados do Estado

Seleucia Fontes / Governo do Tocantins - Localizada na região turística das Serras e Lago, Palmas é a cidade tocantinense com maior oferta de hotéis e restaurantes de qualidade, dois shoppings, centro de convenções, e se há alguns anos servia somente como acesso ao Jalapão e outras regiões turísticas famosas, hoje se firma como destino turístico de negócios, lazer, esporte, história e ecoturismo. A área que até 1988 fazia parte do Estado de Goiás e se dividia entre três fazendas, em apenas um ano daria vida a uma cidade bela, inaugurada em 20 de maio de 1989, e que ao longo dos anos se tornaria conhecida por sua organização e inúmeros potenciais. A população palmense é formada por gente de todos os cantos do País, e possui aproximadamente 292 mil habitantes, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A cidade caracterizada pelo planejamento possui traçado em forma de cruz, formada por duas largas avenidas, Joaquim Theotônio Segurado e Juscelino Kubitscheck (JK) – homenageando o primeiro governante a defender a autonomia do antigo norte goiano, há dois séculos, e o criador de Brasília –, tendo a Praça dos Girassóis ao centro.

Prefeitura investe em sistema online e obtém grande resultados

A Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento tem promovido uma série
constante atualização das práticas administrativas a fim de obter maior
celeridade nos processos, e ao mesmo tempo, buscar economia para o tesouro
municipal que passa por crise financeira, que também atinge todo o país.
O secretário da pasta, Sérgio Luiz, é um grande estudioso sobre as finanças do
município, o mesmo informou que é uma determinação do prefeito Hildo do
Candango a modernização de todos os sistemas na busca da eficiência da
máquina pública.
“Para dar maior tranquilidade e conforto para os nossos contribuintes que
buscam o atendimento, o prefeito Hildo do Candango, determinou a troca dos
variados sistemas que a administração, possuía por um só modelo.
Atualmente usamos o sistema da Prodata que nos oferece vários módulos,
tanto para área tributária, como também para a educação e a saúde. Desta
forma, conseguimos reunir todos os dados e colocar a disposição dos nossos
contribuintes uma plataforma online, onde possibilita o acesso a vários serviços
como alvará sanitário, certidão de débito do contribuinte, certidão de débito dos
imóveis, emissão de IPTU e outras taxas, emissão de notas fiscais e
solicitações diversas, onde ele poderá ver o seu acompanhamento do seu
processo. Muitos destes serviços eram feitos de forma presencial, o que
garante ao contribuinte ganho de tempo”, informou o secretário.
O representante do Conselho Regional de Contabilidade (CRC) de Águas
Lindas, o contabilista Emanuel Silva, enalteceu a disposição da gestão em
modernizar a área tributária do município. A gestão está sendo sensível para
com as demandas da classe empreendedora e para o desenvolvimento cidade.
“A implantação do sistema contribuiu muito para o desenvolvimento dos nossos
empreendedores e colocam o município em outro patamar, pois o
empresariado busca investir onde a administração pública seja parceira e
trabalha de forma sintonizada. Não se esquecendo da arrecadação do
município, pois ela traz os recursos primordiais para investimentos dos quais a
população tanto precisa”, disse Emanuel.
O representante do CRC Águas Lindas, ressaltou ainda que a gestão municipal
deve continuar na busca da capacitação dos empreendedores locais também
através da parceria com o SEBRAE e outras parcerias.
“As capacitações para os empreendedores, busca elevar o nível do
atendimento nos comércios locais, assim a nossa população deixará de realizar

suas compras em outros centros, contribuindo para a geração de emprego e
renda em Águas Lindas”, finalizou o CRC.
O secretário informou ainda que além de agilizar os processos que tramitam no
poder público municipal, a medida também atende outra determinação do
prefeito Hildo do Candango, a diminuição dos gastos com material e
servidores. “Esta é só uma das mais variadas medidas de contenção de gastos
impostas pelo prefeito Hildo do Candango, que demonstra a austeridade fiscal
tão almejada”, finalizou Sérgio Luiz.

AUTONOMIA Defensoria passa a destinar 5% das vagas de emprego terceirizadas às mulheres vítimas de violência

Cinco por cento das vagas de emprego ofertadas por meio de contratos terceirizados entre a Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO) e empresas terceirizadas devem ser destinadas às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. A medida foi regulamentada por meio da Portaria nº 237, de 13 de maio de 2019, publicada pelo defensor público-geral do Estado de Goiás, Domilson Rabelo. A triagem e a indicação das mulheres aos gestores dos contratos será realizada pela coordenação do Núcleo Especializado de Defesa e Promoção dos Direitos da Mulher (Nudem), da DPE-GO. Por meio desse ato administrativo, a Defensoria Pública reafirma seu compromisso em defesa da população em situação de vulnerabilidade. “A Defensoria Pública dentro de suas funções institucionais, dentre elas a garantia da dignidade da pessoa humana e a redução das desigualdades, tem buscado mecanismos no sentido de reafirmar essas pautas, como adoção das cotas para quilombolas e o acolhimento dessas pessoas em situação de violência doméstica”, pontua o defensor público-geral Domilson Rabelo. Essa reserva de vagas de emprego objetiva oferecer condições às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar para conquistarem sua autonomia. “Cabe ao poder público desenvolver políticas para a garantia dos direitos fundamentais das mulheres nas relações domésticas e familiares, resguardando-as contra práticas de discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão. A Defensoria Pública tem como função exercer a defesa dos interesses individuais e coletivos da mulher vítima de violência doméstica e familiar. A maior arma do empoderamento feminino, no processo de saída de um relacionamento abusivo é a independência financeira, alcançada por meio do trabalho”, destaca a coordenadora do Nudem, Gabriela Hamdan, avisando que a Portaria nº 231/2019 está em consonância com a Lei estadual nº 20.190/2018 Rota Jurídica

CIDADANIA Governo do Distrito Federal lança programa Adote uma Praça

O Governo do Distrito Federal lançou, nesta sexta-feira (17), o programa Adote uma Praça, embora o nome do programa fale em praças, a ação contempla uma opção variada de logradouros, como jardins, estacionamentos, balões rodoviários, pontos turísticos, parques infantis e Pontos de Encontro Comunitário (PECs). O programa permite que pessoas físicas e jurídicas firmem termo de cooperação para demonstrar que adotaram um espaço público e ajudem na manutenção de áreas verdes da capital. Um dos objetivos é estimular a cooperação entre governo e moradores das áreas próximas, assim como empresários de pequeno e médio porte, além de indústrias, ampliando a cidadania e preservação desses espaços. Durante o evento, foi assinado o primeiro termo de cooperação do Adote uma Praça. Em acordo com o Hospital Brasília e a Administração do Lago Sul, ficou definida a ampliação do número de vagas públicas em frente ao centro de saúde. “Esta conquista é um marco, comemorou a diretora-geral do Hospital Brasília, Regina Célia Barros Duarte. “Adotamos a área pública do estacionamento, que terá um aumento de 272 vagas. Dará conforto à população. ” Agência Brasília

sexta-feira, 17 de maio de 2019

EDUCAÇÃO Primeira fase da Olimpíada Brasileira de Matemática ocorre na terça, 21

Na próxima terça-feira, 21, será realizada a prova da 1ª fase da 15ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). A prova acontece nas escolas cadastradas. No Tocantins, segundo a equipe organizadora, estão inscritos e aptos para participarem da Obmep, 145.022 estudantes, matriculados em 406 unidades escolares. A prova terá 20 questões de múltipla escolha e está dividida em três níveis; o primeiro, para alunos matriculados do 6º e 7º ano do ensino fundamental; o segundo para estudantes do 8º e 9º ano do ensino fundamental e, por último, alunos do ensino médio. O horário da prova será definido por cada instituição de ensino. No momento de responder, os participantes devem utilizar apenas lápis preto, borracha e caneta esferográfica na cor preta ou azul. Serão classificados para a segunda etapa da Obmep, os estudantes que obtiverem as maiores notas na prova da primeira fase, selecionados em ordem descrente de nota, até que preencha o total de vagas disponíveis para cada unidade escolar. A prova da 2ª fase está prevista para ser realizada no dia 28 de setembro, nas escolas polos. E o resultado será divulgado na primeira semana de dezembro. Josélia de Lima/ Governo do Tocantins

Atenção você que recebe o BPC e ainda não se inscreveu no Cadastro Único, seu benefício pode ser cancelado

No Brasil tem cerca de 1.1 milhão de pessoas recebem o Benefício de
Prestação Continuada (BPC), porém que não se inscreveram no Cadastro
Único, que é uma plataforma virtual do Governo Federal de coleta dados
socioeconômicos dos brasileiros em situação de vulnerabilidade social.
Esta inscrição no Cadastro Único é obrigatória, pois sem obter os dados
necessários para disponibilização do benefício, o mesmo pode ser suspenso. O
BPC é um auxílio mensal, no valor de um salário mínimo, que é repassado
para pessoas com deficiência ou acima de 65 anos e que possuem renda
familiar de até um quarto do salário mínimo.
Para regularizar a situação dos beneficiários que ainda não se inscreveram no
Cadastro Único, o Ministério da Cidadania organizou um calendário para
inscrições baseado na data de nascimento da pessoa, por exemplo: quem
nasceu no mês de abril tem até o dia 30 de junho para se inscrever e assim
regularizar a sua situação.
Essa medida do governo é para auxiliar na atualização e continuidade do
benefício e não para retirar ou suspendê-lo, mas para garantir o recebimento
do mesmo.
Para se inscrever no Cadastro Único basta procurar o CRAS ou a unidade de
Cadastramento Único. Em Águas Lindas os beneficiários podem procurar uma
destas unidades:
- CRAS Barragem 2: Quadra 50, lote 02, Jardim Barragem 2. Telefone: (61)
3613-0692.
- CRAS CEU: Avenida 05, lote 01, Setor 11. Telefone: (61) 3618-1161.
- CRAS Santa Lúcia: Quadra 54, lote 00, Jardim Santa Lúcia. Telefone: (61)
3618-1270.
- Cadastramento Único – Bolsa Família: Quadra 113, lote 09, Cidade Jardim.
Telefone: (61) 3613-7229.

Lembre-se: leve as suas principais documentações, tais como: identidade, RG,
CPF, carteira de trabalho, comprovante de residência e os das pessoas que
moram com o requerente que irá se inscrever no Cadastro Único.

CRAS Barragem realiza mais uma Roda de Conversa

Dentro do plano de trabalho do Centro de Referência de Assistência Social
(CRAS) Barragem, que tem como coordenadora da unidade, Denise Araújo,
acompanhada da psicóloga Lola Beck, realizaram mais uma roda de conversa
dentro do “Ser feliz”, projeto idealizado e aplicado pela unidade.
As reuniões que acontecem quinzenalmente, tem como objetivo de despertar
nas participantes uma motivação maior em enfrentar os problemas diários,
dando-lhes condições para superar as dificuldades.
“Trabalhamos as possibilidades de afastarmos as tristezas diárias com
atividades simples! Devemos criar maneiras de facilitar a nossa felicidade que
depende de nós mesmos. Ensinamos os usuários jovens com quadro
depressivo a se defender da depressão e se fortalecer”, reforçou a
coordenadora.
O trabalho das unidades do CRAS Barragem, CRAS CEU e CRAS Jardim
Santa Lúcia são desenvolvidos por equipes multidisciplinares. As unidades
popularmente conhecidas como Cras, são umas das principais unidades do
Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Nele, a população tem acesso a
benefícios, programas, políticas públicas e direitos previstos na Constituição
Federal.
No Cras os usuários podem realizar sua inscrição no Cadastro Único para
programas do Governo Federal, que é ponto de partida para participar de
programas como Bolsa Família. As unidades oferecem ainda o Serviço de
Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), e engloba ações com
atendimentos às famílias, visitas domiciliares, orientações e encaminhamento a
outros serviços município, como os de saúde e educação.

Funpreval está entre os melhores no ranking previdenciário do Estado de Goiás

Em recente reportagem realizada por um importante veículo de comunicação
do Estado, na qual traz informações sobre os Regimes Previdenciários
Próprios dos municípios goianos, Águas Lindas de Goiás, que outrora era
classificada como um dos piores no estado, atualmente encontram-se
ocupando a 6ª posição com saldo positivo apresentado.
A matéria baseou-se em dados extraídos do Suplemento Previdência do
Servidor Público, divulgada pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho,
ligada ao Ministério da Economia.
Atualmente o saldo positivo do FUNPREVAL é de quase 120 milhões de reais,
isso foi possível graças a uma gestão eficiente que busca alternativas para que
assegure a saúde financeira da instituição a fim de garantir o futuro dos
servidores. Somado a isto a seriedade da gestão do prefeito Hildo do
Candango que garante os repasses das contribuições e acordos de forma
regular.
O prefeito enfatizou que não é uma tarefa fácil manter a regularidade destes
repasses em virtude a crise financeira que atinge estados e municípios.
“Mensalmente repassamos ao FUNPREVAL a parte do servidor e a parte
patronal, estimada em um milhão e oitocentos mil reais.
Além disso, repassamos ainda quase duzentos mil reais, de acordos firmados,
referentes a dívidas contraídas pelas gestões passadas. Isso soma um total de
quase dois milhões de reais na tentativa de garantir o futuro dos servidores e a
regularidade fiscal de Águas Lindas, para que a nossa cidade tenha acesso à
recursos importantes para o seu desenvolvimento”, disse o prefeito.
A gestora do FUNPREVAL descreveu: “atualmente os investimentos realizados
pelo FUNPREVAL, atendem a todos os requisitos legais e a manutenção dos
repasses feitos pela administração, considerando os acordos firmados,
garantem a segurança da administração do fundo”, disse a Gestora Delane.

CIDADANIA Governo do Distrito Federal lança programa Adote uma Praça

O Governo do Distrito Federal lançou, nesta sexta-feira (17), o programa Adote uma Praça, embora o nome do programa fale em praças, a ação contempla uma opção variada de logradouros, como jardins, estacionamentos, balões rodoviários, pontos turísticos, parques infantis e Pontos de Encontro Comunitário (PECs). O programa permite que pessoas físicas e jurídicas firmem termo de cooperação para demonstrar que adotaram um espaço público e ajudem na manutenção de áreas verdes da capital. Um dos objetivos é estimular a cooperação entre governo e moradores das áreas próximas, assim como empresários de pequeno e médio porte, além de indústrias, ampliando a cidadania e preservação desses espaços. Durante o evento, foi assinado o primeiro termo de cooperação do Adote uma Praça. Em acordo com o Hospital Brasília e a Administração do Lago Sul, ficou definida a ampliação do número de vagas públicas em frente ao centro de saúde. “Esta conquista é um marco, comemorou a diretora-geral do Hospital Brasília, Regina Célia Barros Duarte. “Adotamos a área pública do estacionamento, que terá um aumento de 272 vagas. Dará conforto à população. ” Agência Brasília

Quando a água é prejudicial: você já ouviu falar em água servida?

Água, conhecida também por sua fórmula química H2O, é um recurso natural
abundante e é necessária para existência e manutenção da vida. Diariamente a
água é utilizada não somente para hidratação do corpo, mas também para
limpeza.
Por ser um composto puro há necessidade de utilizar agentes de limpeza para
garantir a assepsia, seja do corpo humano ou dos ambientes em que se está
inserido, podendo ser nas casas ou comércios.
Assim, após a utilização a água torna-se imprópria para o consumo, porém,
dependendo dos produtos de limpeza utilizados, este resíduo pode ser
reutilizado para outros fins, por exemplo: a água do último enxágue de uma
máquina lava-roupas pode ser utilizada para lavar áreas externas em uma
residência.
O descarte da água, atualmente, após anos de urbanização e planejamento
das grandes cidades é feito por meio do esgoto. Porém, ainda hoje, mesmo
com o sistema de esgoto e com as construções modernas das casas e
estabelecimentos comerciais, que permitem o uso de ralos e sistema de
escoamento de água, moradores e comerciantes descartam água suja e com
compostos químicos nas ruas.
O ato de descartar água suja é prejudicial à saúde e ao meio ambiente, pois a
água, após a mistura de produtos higienizadores torna-se poluente, não
somente quando descartadas em rios, nascentes ou quando há ligações
clandestinas de esgoto, mas o ato de descartar água suja e poluída, ou seja,
água servida, nas avenidas públicas é um crime ambiental previsto na Lei do
Saneamento nº 11.445/07, que proíbe lançar água servida nas vias, mesmo
que não haja coleta de esgoto no local, pois se não houver este sistema, o
destino deve ser a fossa séptica.
O Código de Postura de Águas Lindas de Goiás, que descreve as normas e
infrações que podem ser feitas ou não, assim como as suas penalidades,
informa no Art. 62, inciso II que: “fazer escoar águas servidas das residências,
estabelecimentos comerciais, industriais ou de qualquer natureza para vias e
logradouros públicos”.
Portanto, é de responsabilidade da gestão municipal analisar, conforme as leis,
e fiscalizar as questões de higiene pública e é de responsabilidade dos
moradores e comerciantes locais atentar-se para as questões de bem-estar
coletivo e higiene das vias, sendo também responsável por arcar com
advertências e multas por omissão ou por descumprir as leis locais.

A água servida além de empoçar as vias, podem atrair pequenos insetos e
doenças diversas, quando ocorre com frequência, além de prejudicar a estética
local. Traz transtornos para pedestres e motoristas, como também prejudica o
asfalto.
Os produtos de limpeza, em sua maioria, são corrosivos e com a exposição
dos mesmos ao sol podem tornar-se ainda mais prejudiciais à saúde e ao meio
ambiente, pois os seus compostos evaporam e espalham-se no ar.
Os animais também ingerem esse tipo de água poluída e adoecem trazendo
doenças contagiosas para os demais animais, e por consequência podem
infectar as pessoas da comunidade.
Em Águas Lindas, em casos de descarte inadequado da água servida, assim
como do lixo, ligue para Ouvidoria da Prefeitura pelo telefone: (61) 98560-9251.

NOVO GAMA Agricultores do projeto Mãos Produtivas visitam a AgroBrasília

Cerca de 20 agricultores participantes do projeto Mãos Produtivos – Comércio institucional de alimentos da agricultura familiar, de Novo Gama, e outros 40 produtores da comunidade Indaiá, de Luziânia, visitaram na sexta-feira, dia 17 de maio, a AgroBrasília, uma das maiores feiras do agronegócio brasileiro. O projeto faz parte do Programa Alternativa Produtiva, da Corumbá Concessões, companhia gestora da Usina de Corumbá IV. A cooperativa de produtores do Indaiá (Coopindaiá), de Luziânia, que presta consultoria às Mãos Produtivas, foi a organizadora da visita à AgroBrasília. Conforme a programação, os produtores conheceram as últimas tendências do mercado agropecuário e as inovações tecnológicas, com destaque para a fábrica de mandioca, que está entre as possíveis aquisições dos produtores de Luziânia e Novo Gama. A comitiva visitou os estandes da feira e participou de palestras. O evento acontece no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, a 60 km de Brasília, até o dia 18 de maio. É realizado pela Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF).

UBS do Jardim Pinheiro realiza festa em homenagem às mães

Nesta sexta-feira (17) a equipe da Unidade Básica de Saúde (UBS) promoveu
um evento alusivo ao Dias das Mães promovendo a prestação de serviços, tais
como: aferição de glicemia, pressão e testes rápidos de sífilis e HIV, sorteios
de brindes para os presentes e também palestras.
As unidades que integram a rede municipal de assistência básica de saúde,
realizam uma série de atividades com o intuito de promover a integração da
comunidade e da equipe das unidades durante todo ano.
“Estes eventos, além de debater temas importantes para a comunidade e a
prestação de serviços, servem para integrar a comunidades onde a unidade
está inserida com a equipe, para que o atendimento seja humanizado
aumentando a resposta dos acompanhamentos realizados. Cada unidade tem
uma caraterística e se adapta a necessidade de cada região”, disse Eduardo.
A coordenadora da UBS do Jardim Pinheiro, a enfermeira Conceição, destaca
que a participação da comunidade nas atividades propostas pela equipe tem
boa aceitação, e conta sempre com parceiros para realizar estes eventos.
“Nestes eventos nós promovemos a integração dos nossos usuários e suas
famílias os envolvendo nas atividades. Hoje tivemos aferição de pressão e
glicemia, testes rápidos, consultas, sorteio de brindes que foram doados e
brincadeiras para as crianças e um delicioso café da manhã preparado com
todo carinho pela nossa equipe, e também a palestra do médico Maycon
Randel, sobre depressão.
Aproveito para agradecer o apoio dado pela vereadora Natália, nossa principal
incentivadora de nossas ações e o apoio do secretário de Saúde, Eduardo
Rangel, e toda equipe da SMS”, disse a enfermeira.
A vereadora Natália, na ocasião, parabenizou a cada mãe presente no evento
e enalteceu o trabalho sério conduzido pela equipe da UBS.
“Percebo em vocês o carinho dado à nossa comunidade enfrentando todos os
desafios para levar um atendimento digno para as famílias. Sei do esforço do
prefeito Hildo do Candango e do secretário Eduardo Rangel na busca da
qualidade na saúde e estaremos sempre trabalhando juntos para que isto
sempre ocorra”, falou a vereadora.



Prefeitura de Águas Lindas realiza 7ª Caminhada Contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes


Com a realização do CREAS de Águas Lindas e o apoio da Prefeitura de
Águas Lindas e os órgãos que integram a rede de proteção social do município,
foi realizada na manhã desta sexta-feira (17) a 7ª edição da Caminhada Contra
a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.
A caminhada iniciou em frente ao Centro Municipal de Educação Inclusiva
(CEMEI) e percorreu toda a Avenida JK rumo a Praça da Bíblia, onde uma
grande estrutura aguardava os participantes com uma programação cheia de
apresentações.
O vice-prefeito Luiz Alberto Jiribita, representou o prefeito Hildo do Candango e
estava acompanhado de sua esposa e subsecretária de Assistência Social,
Maria Fábia. Estavam presentes a secretária de Assistência Social, Aleandra
Sousa, os vereadores Aderson da Modele, Eder Nunes, Osmar Resende e
Jorge Amaro. O evento também contou coma presença da representante do
Ministério Público, a promotora de Justiça Drª Denise Nóbrega.
Em sua fala, o vice-prefeito Luiz Alberto parabenizou a equipe organizadora do
evento pelo trabalho realizado em prol das nossas crianças e enalteceu o
trabalho árduo feito por todos na defesa das nossas crianças e adolescentes.
“É necessário que as instituições estejam em pleno funcionamento para dar
suporte a quem precisa, mas é necessário também que todos tenham
confiança nas instituições para cessar esse tipo de mal contra o nosso futuro.
Se você souber de algum caso, não se omita, comunique a qualquer uma
destas instituições e faça a denúncia, você poderá estar salvando uma vida”,
destacou Jiribita.
A secretária Assistência Social, Aleandra Sousa também enalteceu o trabalho
desenvolvido pela equipe do CREAS, que tem como coordenadora a
Alessandra Sousa. “Esta equipe realiza um trabalho com as vítimas de
violência no município, mas fazem com muito carinho e competência tendo o
nosso total apoio no desenvolvimento dos trabalhos.
Também ressalto o trabalho dos conselheiros tutelares do nosso município que
são os primeiros a serem acionados em problemas seríssimos como este. É
necessário que não fiquemos calados se tivermos informações de casos assim,
podemos estar preservando uma vida ao denunciar”, disse a secretária.

Participaram do evento componentes do SCFV Núcleo Idoso e Núcleo
Crianças e Adolescentes, que apresentaram uma peça teatral juntos, e também
as equipes das unidades do CRAS Santa Lúcia, CRAS CEU, CRAS Barragem,
Programa Criança Feliz, Bolsa Família, SAMU, Polícia Militar, representada
pela guarnição que compõe a patrulha Maria da Penha do município, Corpo de
Bombeiros, Guarda Patrimonial, banda Desbravadores, projeto Sagaz do
Jardim Santa Lúcia, entre outras personalidades do município.

Leia também