A notícia em primeira mão: 01/06/2022 - 01/07/2022

quinta-feira, 16 de junho de 2022

Bolsonaro diz que novo reajuste da Petrobras seria “interesse político para atingir governo” Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/economia/breves/bolsonaro-novo-reajuste-da-petrobras-seria-interesse-politico-para-atingir-governo

 O presidente Jair Bolsonaro (PL).| Foto: Isac Nobrega/PR

Ouça este conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a criticar nesta quinta-feira (16) a possibilidade de um novo reajuste pela Petrobras. Para o mandatário, um novo aumento em meio a tramitação no Congresso de projetos para conter a alta dos combustíveis “seria um interesse político para atingir o governo federal”. O Conselho de Administração da estatal autorizou nesta noite um aumento no preço do diesel e gasolina. A expectativa é que o anúncio seja feito nesta sexta-feira (17) e o reajuste passe a valer semana que vem.


“Eu espero que a Petrobras não queira aumentar o diesel e a gasolina nesses dias que nós estamos negociando com o Parlamento, uma tremenda boa vontade dos parlamentares, parabéns aos parlamentares nessa negociação. Eu só posso entender que um reajuste da Petrobras agora seria um interesse político para atingir o governo federal”, disse o chefe do Executivo durante a live semanal desta quinta, antes da divulgação do resultado da reunião do conselho da companhia.


O Congresso aprovou nesta quarta-feira (15) o projeto de lei (PLP) 18/22 que fixa um teto de 17% para o ICMS que incide sobre combustíveis, energia, telecomunicações e transporte coletivo. O texto foi encaminhado para sanção presidencial. Além disso, está tramitando no Congresso a proposta de emenda à Constituição (PEC) que promete zerar temporariamente impostos federais sobre combustíveis até dezembro de 2022.


“A Petrobras foi do Brasil, atualmente é dos funcionários e dos minoritários, em especial dos fundos de pensões de fora do Brasil”, afirmou Bolsonaro. O mandatário voltou a reclamar que não conseguiu informações detalhadas sobre o funcionamento da política de paridade de preços com base no mercado internacional utilizada pela empresa. Segundo Bolsonaro, a estatal “tem um prazo de vários meses para reajustar [os combustíveis] e isso quem diz é a decisão do conselho de quando se criou a PPI no governo Temer”.


A defasagem do diesel é de 18%, após 36 dias sem reajuste, segundo dados desta quarta-feira (15) da Associação Brasileira dos Importadores e Combustíveis (Abicom). Já o preço da gasolina está há 96 dias sem alteração e com uma defasagem de 14%, de acordo com a associação.


“Para mim e para a equipe econômica não interessa esse lucro da Petrobras do primeiro trimestre que foi de R$ 44 bilhões, onde praticamente metade vinha para nós. Não quero isso, mas não tenho como pegar e abater no preço diesel, a Petrobras podia fazer isso aí cumprindo a questão do PPI", disse o mandatário.


"Mas há um interesse enorme dos minoritários, que eu não consigo explicar e não vou cometer nenhuma injustiça aqui, por que o presidente da Petrobras e os diretores têm essa sanha de imediatamente reajustar os preços de combustíveis”, completou o presidente.

Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/economia/breves/bolsonaro-novo-reajuste-da-petrobras-seria-interesse-politico-para-atingir-governo/ 

Copyright © 2022, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.O presidente Jair Bolsonaro (PL).| Foto: Isac Nobrega/PR

Ouça este conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a criticar nesta quinta-feira (16) a possibilidade de um novo reajuste pela Petrobras. Para o mandatário, um novo aumento em meio a tramitação no Congresso de projetos para conter a alta dos combustíveis “seria um interesse político para atingir o governo federal”. O Conselho de Administração da estatal autorizou nesta noite um aumento no preço do diesel e gasolina. A expectativa é que o anúncio seja feito nesta sexta-feira (17) e o reajuste passe a valer semana que vem.


“Eu espero que a Petrobras não queira aumentar o diesel e a gasolina nesses dias que nós estamos negociando com o Parlamento, uma tremenda boa vontade dos parlamentares, parabéns aos parlamentares nessa negociação. Eu só posso entender que um reajuste da Petrobras agora seria um interesse político para atingir o governo federal”, disse o chefe do Executivo durante a live semanal desta quinta, antes da divulgação do resultado da reunião do conselho da companhia.


O Congresso aprovou nesta quarta-feira (15) o projeto de lei (PLP) 18/22 que fixa um teto de 17% para o ICMS que incide sobre combustíveis, energia, telecomunicações e transporte coletivo. O texto foi encaminhado para sanção presidencial. Além disso, está tramitando no Congresso a proposta de emenda à Constituição (PEC) que promete zerar temporariamente impostos federais sobre combustíveis até dezembro de 2022.


“A Petrobras foi do Brasil, atualmente é dos funcionários e dos minoritários, em especial dos fundos de pensões de fora do Brasil”, afirmou Bolsonaro. O mandatário voltou a reclamar que não conseguiu informações detalhadas sobre o funcionamento da política de paridade de preços com base no mercado internacional utilizada pela empresa. Segundo Bolsonaro, a estatal “tem um prazo de vários meses para reajustar [os combustíveis] e isso quem diz é a decisão do conselho de quando se criou a PPI no governo Temer”.


A defasagem do diesel é de 18%, após 36 dias sem reajuste, segundo dados desta quarta-feira (15) da Associação Brasileira dos Importadores e Combustíveis (Abicom). Já o preço da gasolina está há 96 dias sem alteração e com uma defasagem de 14%, de acordo com a associação.


“Para mim e para a equipe econômica não interessa esse lucro da Petrobras do primeiro trimestre que foi de R$ 44 bilhões, onde praticamente metade vinha para nós. Não quero isso, mas não tenho como pegar e abater no preço diesel, a Petrobras podia fazer isso aí cumprindo a questão do PPI", disse o mandatário.


"Mas há um interesse enorme dos minoritários, que eu não consigo explicar e não vou cometer nenhuma injustiça aqui, por que o presidente da Petrobras e os diretores têm essa sanha de imediatamente reajustar os preços de combustíveis”, completou o presidente.



quarta-feira, 15 de junho de 2022

Sisu abre consulta de vagas para o segundo processo seletivo; saiba mais

 

Os candidatos ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) já podem consultar as vagas destinadas ao segundo processo seletivo de 2022, através do portal Acesso Único. As inscrições terão início no próximo dia 28 de junho e devem se encerrar no dia 1º de julho.

Através da consulta é possível visualizar a quantidade de vagas ofertadas por modalidade de concorrência, assim como os cursos, turnos, instituições e localização do curso, além de disponibilizar, na íntegra, os documentos de adesão solicitados por cada instituição participante.

Política: Deputados aprovam ensino médio a distância em Goiás

Sisu abre consulta de vagas para o segundo processo seletivo; saiba mais
Inscrições para concorrer a vagas no Siso iniciam no próximo dia 28 de junho – Foto: Internet / Reprodução

Importante ressaltar que para participar do Sisu, o candidato deve, obrigatoriamente, ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição de 2021.

Vale lembrar que o programa não aceita estudantes que tenham zerado a prova de redação e nem aqueles que fizeram o Enem em modalidade treineiro. A previsão é que o resultado do processo seletivo seja divulgado no próximo dia 6 de julho.

Educação: Enem 2018: Mulheres são 76% das notas 1000 na redação

Quanto a matrícula ou registro acadêmico, este deve ser feito entre os dias 13 de 18 de julho. O prazo para que os candidatos manifestem interesse em integrar a lista de espera é do dia 6 a 18 de julho.

Sistema de Seleção Unificada

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é meio informatizado do Ministério da Educação (MEC) voltado para oferta de vagas em instituições públicas de educação superior, em nível federal, estadual ou municipal.

Processo Seletivo: Entenda a decisão da Justiça que barrou a divulgação dos resultados do Sisu

Sisu abre consulta de vagas para o segundo processo seletivo; saiba mais
Fachada ministério da Educação – Foto: Internet / Reprodução

Os candidatos inscritos disputam entre si por uma quantidade de vagas pré-determina, para o curso indicado no momento da inscrição, em cada processo de seleção.

A seleção dos candidatos é feita com base na nota obtida na edição mais recente do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que, nesta edição, refere-se ao de 2021.

terça-feira, 14 de junho de 2022

Secretaria municipal de saúde de Águas Lindas de Goiás criará a CIPA (comissão interna de prevenção de acidentes)

 

A secretaria municipal de saúde de Águas Lindas de Goiás informa que fará a eleição para montagem da comissão interna de prevenção de acidentes.

A comissão é formada por 16 titulares e 12 suplentes. Metade escolhido pelo empregador e a outra metade pelos empregados através de eleição.

As inscrições começaram dia 11/06 e vai até às 16h do dia 26/06 e podem concorrer qualquer servidor da secretaria municipal de saúde. A eleição acontecerá dias 1 e 2 de julho durante o horário de expediente através de cédulas que estarão disponíveis em todos os locais de trabalho.

O resultado da eleição será divulgado dia 5 de julho.

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) é uma instituição dentro das empresas e instituições. Isso quer dizer que ela é composta tanto por empregados como por empregadores.

De uma forma mais simples, a CIPA tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças ocupacionais, e também auxiliar o SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho).

Ainda que atuem lado a lado, existem algumas diferenças entre esses dois órgãos internos. O SESMT é composto exclusivamente por profissionais especialistas em segurança e saúde no trabalho.

Já a CIPA é um comitê partidário, que é constituído por empregados do local que tem ou não experiência com o assunto. Por isso, CIPA serve para:

  • Identificar os riscos do processo de trabalho;
  • Elaborar o mapa de riscos com a participação do maior número de trabalhadores, com assessoria do SESMT – onde houver;
  • Elaborar um plano de trabalho que possibilite a ação preventiva na solução de problemas de segurança e saúde no trabalho;
  • Participar da implementação e do controle da qualidade das medidas de prevenção necessárias, bem como da avaliação das prioridades de ação nos locais de trabalho;
  • Realizar verificações nos ambientes e condições de trabalho visando possíveis situações que possam trazer riscos para a segurança e saúde dos trabalhadores em questão.

Qual sua finalidade?

A principal finalidade da CIPA é evitar acidentes e doenças do trabalho. Para isso, os membros da comissão se reúnem para apresentar os possíveis problemas de segurança encontrados na empresa ou instituição, planejam soluções, e colaboram para executar soluções em conjunto com o empregador.

Toda empresa deve formar uma CIPA?

Segundo a Norma Regulamentadora N° 5, a formação da CIPA é obrigatória para empresas com mais de 20 funcionários (Quadro I da NR 5).

Sendo assim, quando a companhia não se encaixa nas circunstâncias previstas no Quadro I da NR 5, ela deve designar um profissional como responsável pelo cumprimento das tarefas daquela NR,e é o responsável por este cargo deverá promover um treinamento anual.

Com informações da Secretaria Municipal de Saúde

segunda-feira, 13 de junho de 2022

Praça Cívica, no Centro, recebe nova temporada do Cinealmofada

 

A partir do dia 26 de junho, a Praça Cívica, no Centro de Goiânia, recebe a 3ª temporada do Cinealmofada. Assim, esta edição acontece em todo último domingo dos meses de junho (26), julho (31), agosto (28) e setembro (25), sempre às 19h. A projeção será montada no Centro Cultural Marieta Telles Machado, sede do Cine Cultura e do Museu da Imagem e do Som de Goiás.

O Cinealmofada 3ª Temporada é uma realização da Barroca Filmes e Coletivo Cine Cultura, apoiado pelo Cine Cultura. As sessões contarão com espaços destinados a pessoas com deficiência. Além disso, as falas dos organizadores serão interpretadas em Libras e os filmes serão legendados.

As duas últimas edições do aconteceram nos anos de 2012 e 2014 e reuniram milhares de pessoas que apreciam o cinema como forma de lazer, reflexão e expressão cultural.

Segundo uma das organizadoras do evento, a produtora Camilla Margarida, um dos principais objetivos do Cinealmofada é a democratização do cinema e a valorização dos espaços destinados ao cinema independente.

Sessões temáticas

Ao todo, a serão quatro sessões abertas de cinema, com exibições dos filmes mais votados pelo público. Eles serão escolhidos entre uma lista de 12 títulos, pré-definidos pela equipe de curadores. Desse modo, em cada sessão os produtores do evento definiram um tema. Para a sessão do dia 26 de junho, o tema é “A chegada do trem à estação: o primeiro cinema e o descortinamento de um mundo novo”. Já para a Sessã 2, “A cidade é uma só: filmes que proponham reflexões sobre as relações entre as pessoas e os espaços urbanos”.

Para a sessão 3, o tema é “De volta para o futuro: filmes que investigam a materialidade da memória por e a partir do cinema”. Ademais, para a Sessão 4, o tema escolhido foi “O cinema e o mundo: filmes que construam universos ampliando o horizonte do olhar”.

Votação popular

Assim como nas edições anteriores, o público é soberano na escolha dos filmes, a partir de uma lista tríplice criada pela equipe de curadoria.

A primeira enquete, para escolha do filme a ser exibido na sessão de abertura (26/6) na Praça Cívica, ficará disponível na internet, nas redes sociais do CineAlmofada, nos dias 14 e 15 de junho. O resultado da votação será divulgado no dia 16 de junho.

Os filmes disponíveis para votação para a sessão do dia 26/6 já estão sendo divulgados, e são: O Grande Ditador (1940 – Direção: Charlie Chaplin – Duração: 2h05); O Mágico de Oz (1939 – Direção: Victor Fleming – Duração: 1h52); Especial Buster Keaton, com Vizinhos Vigilantes (1920 – Duração: 18 minutos) e Sete Oportunidades (1925 – 56 minutos).

As próximas votações serão divulgadas pelas redes sociais do projeto, a partir da página do Instagram.

domingo, 12 de junho de 2022

Caiado participa da inauguração do Viaduto Iris Rezende Machado

 Governador reforça que gesto da administração municipal resgata e dá continuidade àquilo que sempre foi uma grande vontade do ex-prefeito: trazer obras que impactem o cidadão

A expectativa da administração municipal é obter melhorias no trânsito com seis faixas disponíveis em ambos os sentidos. Estrutura também dá acesso a municípios como Trindade, Goianira e Nerópolis, bem como a rodovias da região (Fotos: Fotos: Hegon Correa)

O governador Ronaldo Caiado participou, nesta quinta-feira (09), da inauguração do Viaduto Iris Rezende Machado, localizado na Avenida Goiás Norte na confluência com a Perimetral Norte, no Setor Urias Magalhães, em Goiânia. A obra, viabilizada pelo Consórcio BRT Goiânia, com investimento de R$ 9,5 milhões, faz uma homenagem ao ex-prefeito da Capital e ex-governador de Goiás, Iris Rezende Machado, que morreu em 9 de novembro do ano passado, aos 87 anos.

Ronaldo Caiado parabenizou o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, e os vereadores da Capital por fazerem justa homenagem a Iris Rezende. “É um gesto que resgata e dá continuidade àquilo que sempre foi uma grande vontade do ex-prefeito Iris Rezende: trazer obras que impactassem o cidadão goianiense positivamente”, garantiu.

Caiado ainda realçou o papel pioneiro do ex-gestor para a Capital. “Goiânia se confunde com Iris Rezende. Goiânia não foi fundada, mas foi construída por Iris. Essa é uma realidade”, afirmou. “Todos nós sabemos do trabalho dele. Ele gostaria imensamente de estar aqui assistindo tudo isso. Era um apaixonado por essa cidade e conhecia cada detalhe”, completou o chefe do Executivo Estadual. 

O prefeito Rogério Cruz reforçou que esta foi mais uma entrega de obras iniciadas na gestão de Iris Rezende. “Hoje completam sete meses do falecimento desse grande professor de todos nós e nada mais que justa essa homenagem à memória de um dos maiores líderes não só de Goiânia, mas do nosso Estado e país”, afirmou. “Seu legado irá refletir por todas as gerações. Iris hoje fica eternizado em nossa cidade”, completou Cruz. 

“Esse gesto representa um reconhecimento à história de um dos maiores políticos desse país. Esse viaduto é um objetivo realizado, um sonho dele (Iris) e dos goianienses. Em cada centímetro dessa obra há muito amor dele, desde o projeto até onde foi possível executá-la durante sua gestão”, sublinhou a filha do político, Ana Paula Rezende, ao dizer que o pai era um tocador de obras, um realizador. A ex-deputada federal, Iris de Araújo, viúva do ex-governador, afirmou que Iris merece toda e qualquer homenagem que faça na Capital. “Ele viveu Goiânia. Agradeço esse respeito, que acredito, todos em Goiânia têm por ele”, reconheceu.

Elevado 

O Viaduto Iris Rezende Machado tem 10,4 metros de altura e possui 125 metros de extensão, ao passo que a construção completa 326 metros de comprimento. Com a liberação é esperada a circulação de 150 mil veículos por mês. A expectativa da administração municipal é obter melhorias no trânsito da região, com seis faixas em ambos os sentidos. “A influência direta desta obra atingirá aproximadamente 400 mil pessoas de forma direta”, afirmou o secretário de Infraestrutura de Goiânia, Everton Schmaltz.

Ao lado do prefeito do município, Rogério Cruz, o governador ressaltou a importância da estrutura que dá acesso a municípios como Trindade, Goianira e Nerópolis, bem como rodovias da região. “Prefeito, nós dois estamos no mesmo caminho, no mesmo objetivo, que é chegar ao cidadão, atender a população, melhorar a vida do trânsito, na segurança, na educação, na saúde, programas sociais de forma conjunta”, pontuou o governador. 

Também participaram da inauguração o ex-senador Mauro Miranda; o chefe de gabinete da prefeitura de Goiânia, José Firmino; os vereadores de Goiânia Anselmo Pereira, Cabo Sena, Dr Gian, Izídio Alves, Joãozinho Guimarães, Pastor Wilson, Paulo Henrique da Farmácia, Sargento Novandir e Welton Lemos; os assessores especiais da governadoria, Paulo Ortegal, Paulo Magalhães e Rafael Rahif; e o desembargador Gilberto Marques Filho.

quinta-feira, 9 de junho de 2022

Produção goiana de grãos deve atingir 28,1 milhões de toneladas

 Em sua 9ª rodada, Levantamento da Safra de Grãos 2021/2022 da Conab confirma recorde no volume de grãos no ciclo atual. Produtividade média de soja em Goiás deve ser a maior do País. As projeções indicam ainda uma produtividade média de 4,3 toneladas por hectare no Estado

As 28,1 milhões de toneladas colocam Goiás como terceiro maior produtor nacional de grãos entre os estados e o Distrito Federal

A produção goiana de grãos deve totalizar 28,1 milhões de toneladas na Safra 2021/2022. O volume representa um crescimento de 14,3% em relação à Safra 2020/2021. Os dados são do 9º Levantamento da Safra de Grãos 2021/2022, divulgado nesta quarta-feira (8/6) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). As projeções para Goiás indicam ainda uma produtividade média de 4,3 toneladas por hectare (+11,7%) e uma área cultivada total de 6,6 milhões de hectares (+2,3%).

“Os produtores goianos estão entregando um desempenho histórico. O volume é recorde, e isso precisa ser valorizado, mas também estamos alcançando as primeiras posições em produtividade em muitas das principais culturais. Isso é fruto de muito trabalho, conhecimento e investimento em tecnologia”, ressalta o secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça.

As 28,1 milhões de toneladas colocam Goiás como terceiro maior produtor nacional de grãos entre os estados e o Distrito Federal. Sozinha, a soja deve responder por 16,0 milhões de toneladas, alta de 10,2% na comparação com o ciclo anterior. Conforme a Conab, Goiás deve entregar o segundo maior volume de soja do País e a maior produtividade, com 4,0 toneladas por hectare (+7,8%).

Vem do milho outra importante contribuição para o recorde da safra estadual de grãos. Segundo a Conab, Goiás deve produzir 10,2 milhões de toneladas de milho na Safra 2021/2022. O resultado representa um aumento de 20,9% em relação à safra passada e posiciona o Estado como quarto maior produtor nacional. A estimativa para a produtividade média do grão também é de crescimento (+15,8%), atingindo 5,3 toneladas por hectare.

O 9º Levantamento da Safra de Grãos 2021/2022 aponta ainda que Goiás deve manter a liderança nacional nas produções de sorgo e girassol. A perspectiva para a produção goiana de sorgo é 1,2 milhão de toneladas (+36,7%), com produtividade média de 3,2 toneladas por hectare (+34,3%). Já a produção goiana de girassol deve alcançar 40,8 mil toneladas (+104,0%). Além do maior volume do País, o Estado deve emplacar a maior produtividade nacional de girassol, com 1,6 tonelada por hectare (+56,8%).

Em nível nacional, de acordo com a Conab, a produção total de grãos deve somar 271,3 milhões de toneladas na Safra 2021/2022. O crescimento projetado é de 6,2% em relação à Safra 2020/2021.

IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) também divulgou, nesta quarta-feira (8/6), uma nova rodada do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA). O órgão manteve as estimativas de aumento das produções de cana-de-açúcar (+3,4%), café arábica (+4,2%) e uva (+13,4%), o que deve posicionar o Estado como terceiro, sétimo e décimo maior produtor nacional destas culturas, respectivamente. O levantamento também mostra que, apesar da queda prevista de 4,0%, Goiás deve manter a primeira colocação no ranking dos maiores produtores de tomate entre os Estados e o Distrito Federal.

segunda-feira, 6 de junho de 2022

Secretário Municipal de Agricultura reuniu-se com representantes do Ministério da Cidadania

 

A pauta principal do encontro foi a capitação de convênios, emendas parlamentares e programas para a Agricultura Aguaslindense.

Na última terça-feira (31), o Secretário Municipal de Agricultura, Abadyas Damasceno, juntamente com a equipe técnica da pasta, se reuniu com representantes do Ministério da Cidadania. Na ocasião foram debatidas várias pautas, entre elas a capitação de convênios, emendas parlamentares e programas voltados para a Agricultura no Município.

A Secretaria Municipal de Agricultura tem desenvolvido ações importantes que vão ao encontro do agricultor e produtor rural, entre eles o Programa de Apoio a Agricultura Familiar, o Programa de Aquisição de Alimentos, o (PPA) e o SIM – Serviço  de Inspeção  Municipal,

É o Governo Municipal trabalhando para você

Prefeitura de Águas Lindas de Goiás

UM NOVO TEMPO

sexta-feira, 3 de junho de 2022

Primeira etapa do Circuito das Cavalhadas começa neste fim de semana

 O município de Santa Cruz dá início à programação com festejos neste sábado e domingo (4 e 5/6), no Centro Cultural Tio Negrinho, a partir das 15h. Santa Cruz de Goiás  foi o primeiro a realizar as Cavalhadas em 1816. A Manifestação cultural, que conta com o apoio do Governo de Goiás por meio da Secretaria de Estado da Cultura, volta a ocorrer após dois anos

Santa Cruz de Goiás, primeiro município goiano a realizar Cavalhadas, com mais de 200 anos de tradição no Estado, retoma tradição neste fim de semana (Fotos: Victor Ferreira)

Quatro cidades abrem o primeiro fim de semana do Circuito de Cavalhadas do Governo de Goiás, organizado pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult), com entrada gratuita. O município de Santa Cruz dá início à programação com festejos neste sábado e domingo (4 e 5/6), no Centro Cultural Tio Negrinho, a partir das 15h. De acordo com documentos históricos, Santa Cruz de Goiás realizou suas primeiras Cavalhadas em 1816, sendo o primeiro município goiano a organizar o evento, com mais de 200 anos de tradição no Estado.

O secretário de Estado de Cultura, Marcelo Carneiro, ressalta a importância do retorno dessas tradições para os municípios goianos. “As Cavalhadas são parte fundamental do calendário cultural de diversas cidades goianas e fomentam a cultura e a identidade desses municípios. Além do caráter histórico, essa importante tradição goiana fomenta também o turismo e a economia local, pois atraem turistas das mais variadas partes do nosso país”.

CAVALHADAS 4

Posse também sedia as Cavalhadas nos dias 04 e 05 de junho. Em 2022, as Cavalhadas da cidade, que integram a Festa do Divino Espírito Santo, completam 102 anos. Diferentemente das outros municípios goianos, em Posse, as Cavalhadas são realizadas à noite e começam com o rapto da rainha (ou princesa cristã) pelo rei pagão (mouro), que será combatido e vencido pelo rei cristão, simbolizando a vitória do cristianismo sobre o paganismo.

Manoel Nasser, secretário de Cultura de Posse, destaca que o retorno das Cavalhadas após dois anos de paralisação em decorrência da pandemia da Covid-19 fortalece as tradições culturais da cidade. “O retorno das Cavalhadas tem fomentado o reavivamento das tradições, dos sentimentos de pertencimento entre os munícipes, do trabalho em equipe para a realização do evento e, além da importância cultural, também destacamos o fomento ao comércio e às atividades culturais tão afetadas durante o período da pandemia”.

A primeira etapa do Circuito das Cavalhadas também inclui os municípios de Jaraguá e Pirenópolis. Em Jaraguá, a festa ocorre nos dias 05 e 06 de junho, no Clube das Cavalhadas José Natal da Silveira e em Pirenópolis, nos dias 05, 06 e 07 de junho no Módulo Esportivo da Cidade.

A superintendente de Cultura de Jaraguá, Liz Eliodoraz, exalta a satisfação com o retorno da realização das Cavalhadas na cidade. “É nesta oportunidade que mostramos aos moradores e aos visitantes grande parte das nossas tradições materiais e imateriais. A cidade inteira participa. As Cavalhadas são parte essencial desta tradição, é mais que um espetáculo, é uma expressão de fé ao Espírito Santo. Faz parte da nossa identidade. Participar ou assistir às Cavalhadas de Jaraguá reforça o sentimento de pertencimento à nossa cultura”.

CAVALHADAS 3

Em Pirenópolis não é diferente, já que as Cavalhadas são um dos principais eventos do calendário cultural da cidade. “A Festa do Divino Espírito Santo, que inclui as Cavalhadas, é muito importante para Pirenópolis, para Goiás e para o Brasil porque é registrada como Patrimônio Imaterial pelo Iphan, sendo conhecida nacionalmente, além de compor nossa identidade cultural. O retorno da festa significa a manutenção e a preservação de nossa história, desse evento criado por nossos antepassados”, ressalta Ronaldo Felix, secretário municipal de Cultura.

Em 2022, o Circuito das Cavalhadas do Governo de Goiás reúne 12 municípios: Corumbá, Jaraguá, Palmeiras de Goiás, São Francisco, Crixás, Santa Cruz de Goiás, Santa Terezinha, Hidrolina, Pilar de Goiás, Pirenópolis, Posse, e cidade de Goiás. Entre 2021 e 2022, foram transferidos R$ 3,1 milhões de recursos estaduais para estas cidades para contribuir com a realização das festas. A verba foi utilizada na aquisição de indumentária para os cavaleiros, acessórios dos festejos, entre outros custeios.

Lutas entre mouros e cristãos

O cenário das Cavalhadas consiste em uma representação das batalhas entre cristãos e mouros na Península Ibérica ocorridas entre os séculos IX e XV. Dois exércitos, com 12 cavaleiros de cada lado, encenam uma luta coreografada e repleta de ornamentos. Na festa, também há a presença dos Mascarados, que são personagens que representam o povo e saem às ruas, a pé ou a cavalo, promovendo algazarras. As batalhas duram de dois a três dias e, ao final, os cristãos vencem os mouros, que se convertem ao cristianismo.

Leia também