A notícia em primeira mão

terça-feira, 26 de novembro de 2019

Prefeitura continua com o Programa Fonoaudiologia Escolar em Águas Lindas

A Prefeitura de Águas Lindas de Goiás, por meio da Secretaria Municipal de
Educação, Diretoria Pedagógica, CEMEI e as pedagogas que prestam suporte
pedagógico à Equipe de Fonoaudiologia da Secretaria, continua realizando
trabalho de visitas nas escolas com técnicos da Fonoaudiologia Escolar com o
objetivo de verificar os problemas que dificultam o processo ensino
aprendizagem encontrado nas escolas da rede municipal de ensino.
Devido ao grande número de casos de alunos com distúrbios articulatórios
encontrados nas escolas, a projeto Fonoaudiologia Escolar, começou o
trabalho com a capacitação e instrumentalização dos professores. Entre as
habilidades estão: saúde vocal dos professores, problemas que envolvam a
construção da leitura e da escrita e as dificuldades enfrentadas pelos alunos
em relação ao desenvolvimento da oralidade, principalmente a gagueira e o
distúrbio articulatório.
“O método utilizado pelos professores é de grande importância para os alunos
para que possamos auxiliar no tratamento ou dependendo do caso, o problema
pode ser resolvido na própria escola, mas devemos sempre pensar que essa
forma de intervenção do professor não substitui o tratamento fonoaudiológico”,
diz o prefeito Hildo do Candango.
Os trabalhos começaram pela divulgação dos possíveis problemas de fala, com
enfoque no distúrbio articulatório, que é um problema em nível articulatório, ou
seja, a criança troca os sons da fala ao se comunicar.
“A melhor forma para corrigir os problemas, está na correção do ponto de
articulação que está errado, com auxílio de estímulos visuais, auditivos e
sinestésicos (audição, visão e percepção tátil). E o ponto de articulação, nada
mais é do que o lugar onde os articuladores da fala se tocam para produzir os
sons (fonemas) ”, explica o fonoaudiólogo da Prefeitura.

Hemocentro recebe cerca de 50 mil doações

No Dia Nacional do Doador de Sangue (25 de novembro), a Fundação Hemocentro de Brasília tem o que comemorar: a unidade registra, mensalmente, uma média de 4,5 mil doações de sangue, recebendo em torno de 50 mil doadores por ano. São doações feitas por voluntários que reconhecem a importância desse gesto solidário. O Hemocentro é responsável por garantir à população do Distrito Federal o fornecimento de produtos hemoderivados e de serviços, com segurança e qualidade. Todo sangue doado é separado em diferentes componentes, beneficiando mais de um paciente com apenas uma unidade coletada. Os componentes são distribuídos aos hospitais para atender aos casos de emergência, contemplando também os pacientes internados. Há algumas condições básicas para ser doador de sangue: ter entre 16 e 69 anos de idade; pesar mais de 51 quilos e ter um índice de massa corporal (IMC) maior ou igual a 18,5; não estar usando medicamentos; dormir pelo menos seis horas com qualidade na noite anterior à doação; não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas anteriores à doação e não fumar duas horas antes. O doador deve apresentar documento de identificação oficial com foto. Agência Brasília

Governo de Goiás amplia atendimento on-line do Vapt-Vupt no interior

Cláudio Vincé - O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Administração - Sead, amplia a partir de amanhã, 25 de novembro, o agendamento on-line para emissão de Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho e Seguro Desemprego nas unidades do Vapt Vupt, garantindo mais celeridade no atendimento ao cidadão. A modalidade será implementada em mais 10 postos da Rede, que abrange os municípios de Rio Verde, Itumbiara, Goianésia, Águas Lindas, Inhumas, Valparaíso, Luziânia, Iporá, Caldas Novas e Jataí. O sistema, que já está em funcionamento nas unidades do Vapt Vupt de Goiânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Trindade e Senador Canedo, resultou em uma melhoria significativa no atendimento ao cidadão, acabando com as filas de espera e assegurando mais conforto ao usuário. Nos primeiros 60 dias de funcionamento, foram realizado mais de 43 mil atendimentos por meio de agendamento on-line. Nas novas unidades que disponibilizarão os serviços, o procedimento para agendar a emissão de Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho e Seguro Desemprego segue o mesmo protocolo. É só acessar o portal do serviço (www.vaptvupt. go.gov.br), e selecionar a opção “Agendamento para atendimento presencial nas Unidades Vapt Vupt”. Ao efetuar o agendamento, o usuário deve confirmar o serviço escolhido, os horários disponíveis e os documentos necessários. O atendimento passa a ser obrigatoriamente realizado por meio de agendamento prévio a partir de 2 de dezembro. SERVIÇOS Com a ampliação do agendamento on-line, o governo alcança um total de 26 unidades com a disponibilidade de algum tipo de serviço on-line. As unidades do Vapt Vupt de Rio Verde, Itumbiara, Águas Lindas e Goianésia contarão com o acesso virtual aos serviços de emissão de Carteira de Identidade, Seguro Desemprego e Carteira de Trabalho. Na agência Inhumas, será disponibilizado o agendamento para Carteira de identidade e Seguro Desemprego. Nas unidades de Caldas Novas, Luziânia, Valparaíso, Iporá e Jataí, o cidadão poderá realizar o agendamento prévio para a emissão da Carteira de Identidade. O cidadão que não dispõe de acesso à internet poderá agendar o atendimento presencialmente em qualquer unidade Vapt Vupt. O usuário que não puder comparecer à agência na data prevista deverá cancelar o agendamento em até 24h antes do horário previsto para o atendimento. O não cancelamento impossibilitará um novo agendamento pelos próximos 15 dias. CARTEIRA DE IDENTIDADE, CARTEIRA DE TRABALHO E SEGURO DESEMPREGO n Rio Verde Subsolo I, JardimGoiás, Av. Pres. Vargas, 1740 – Shopping n Funcionamento: das 7h às 19h (segunda a sexta-feira) e das 7h às 12h (sábados e pontos facultativos) n Itumbiara Rua Paulo Abari, 477 - Jardim América, Itumbiara n Funcionamento: das 7h às 19h (segunda a sexta-feira) e das 7h às 12h (sábados e pontos facultativos) n Águas Lindas Av. Jk, Quadra 30 Lote 26/01, Galeria, Av. Jk - Jardim Brasília n Funcionamento: das 7h às 19h (segunda a sexta-feira) e das 7h às 12h (sábados e pontos facultativos) n Goianésia Av. Pará, 426 - São Cristovao n Funcionamento: das 8h às 18h (segunda a sextafeira) CARTEIRA DE IDENTIDADE E SEGURO DESEMPREGO n Inhumas Rua Goiás, Quadra 44 Lote 12, 139 – St. Central n Funcionamento: das 8h às 17h (segunda a sextafeira) CARTEIRA DE IDENTIDADE n Valparaíso BR-040, 140ª Valparaíso Shopping, Lojas 13/17 – Parque Esplanada III n Funcionamento: das 8h às 20h (segunda a sexta-feira) e das 8h às 13h (sábados e pontos facultativos) n Luziânia Av. Alfredo Nasser, Qd 35, Lt 07 - Parque Estrela Dalva I n Funcionamento: das 8h às 17h (segunda a sextafeira) n Iporá Avenida Pará esquina com Rua Joaquim Lucas esq. nº 362, Qd. 59, Lt. 817, Setor Central n Funcionamento: das 8h às 17h (segunda a sextafeira) n Caldas Novas Av. A, Esquina com a rua 07, Estância Itajá n Funcionamento: das 8h às 17h (segunda a sextafeira) n Jataí Av. Pres. Tancredo Neves, 100 - St. Epaminondas I n Funcionamento: 8h às 17h (segunda a sexta-feira)

Conheça o Programa Morar Legal em Águas Lindas

Conheça o Programa Morar Legal em Águas Lindas

Águas Lindas de Goiás, nos últimos anos, vem passando por constante
crescimento populacional que reflete diretamente na economia local, pois
aumenta a procura por loteamentos para compra, venda e construções, como
também chama atenção de comerciantes que passam a investir na cidade.
A cidade evoluiu e junto com estas mudanças vieram as preocupações
políticas em prover mais qualidade e eficácia nos serviços prestados à
população, não somente nas áreas de Saúde, Educação e Assistência Social,
mas também em adequar e organizar os loteamentos em Águas Lindas, para
que os terrenos fossem legitimados por seus proprietários, ou seja, para que
estes tivessem as escrituras de seus imóveis.
Para atender as leis do governo federal sobre regularização fundiária, a
Prefeitura de Águas Lindas implementou o Programa Morar Legal, que
atenderá diversos bairros da cidade.

O que é o Programa Morar Legal?
O Programa Morar Legal em Águas Lindas é um programa de regularização
fundiária e tem como objetivo realizar o levantamento de quantos lotes não são
escriturados e viabilizar a escritura para os donos destes imóveis de forma
gratuita.

Como funciona o programa em Águas Lindas?
O Programa Morar Legal na cidade é administrado pelo prefeito Hildo do
Candango, que supervisiona as ações da Secretaria Municipal de Habitação e
Assuntos Fundiários, cujo o responsável da pasta é o secretário Giovanne
Machado.
E antes de realizar a entrega das escrituras, as equipes da Secretaria de
Habitação realizam estudos para o levantamento da quantidade de lotes que
necessitam de escrituração em cada bairro que será atendido pelo programa.
E também é efetuado o estudo topográfico dos bairros, onde são verificados o
tamanho das ruas, dos lotes e a partir deste estudo é realizado o projeto
urbanístico do bairro.


Como fazer para participar?
Os moradores dos bairros que receberão as escrituras por meio do programa,
em geral, participam de reunião sobre os procedimentos que ocorrerão até a
entrega das escrituras. Nestas reuniões participam os moradores, lideranças
políticas do bairro e até religiosas.
A Prefeitura de Águas Lindas também anuncia nos canais oficiais os locais
onde acontecerão as reuniões para coletar as informações pessoais dos
proprietários dos imóveis e realizar o estudo socioeconômico. As equipes da
Secretaria de Habitação que realizam o mesmo.
Os documentos necessários para a realização deste estudo são:
– Documentos pessoais dos responsáveis (RG e CPF, inclusive dos cônjuges,
se houver);
– Comprovante de residência (conta de água ou de luz);
– Comprovante de estado civil (certidão de casamento, ou declaração de união
estável, ou separação de fato, ou certidão de nascimento, ou identidade);
– Documentos pessoais dos demais moradores (certidão de nascimento ou
identidade);
– Comprovante de renda (contracheque do último mês, ou cópia da carteira de
trabalho, ou extrato do benefício do INSS, ou declaração de renda);
– Documento do imóvel (cessão de direitos, ou contrato de compra e venda, ou
procuração por instrumento público).

Setores que já receberam as escrituras
Bairros como o Santa Lúcia, Jardim Pérola 1, Jardim Alterosa, Jardim Brasília
2, Recreio Águas Lindas 1 e 2, Jardim Recanto e Águas Bonitas 2 já
receberam estas etapas para e estão aguardando a finalização dos trâmites do
processo, assim como os demais bairros que receberam o programa.
Portanto, um dos primeiros bairros que receberam as escrituras entregues foi o
Santa Lúcia 2. Foi realizado pela Prefeitura um evento para entrega das
escrituras de posse dos imóveis para os proprietários que participaram do
programa.
Para o prefeito Hildo do Candango, a entrega das escrituras é um momento de
conquista para o morador águaslindense, que contará com o direito pleno do
seu imóvel. “Uma das nossas preocupações é atender as necessidades da
população com relação a regularização fundiária da cidade e uma delas é
proporcionar segurança jurídica, concedendo o título da propriedade deles”.

Também descreveu, “esse é um dos momentos mais aguardados durante os
processos do Programa Morar Legal, a entrega das escrituras aos moradores.
Neste primeiro momento já foram entregues no bairro Santa Lúcia 2, mas os
demais bairros também receberão suas escrituras em breve”.
Ressaltou, “essa conquista é de todos nós que sonhamos com uma Águas
Lindas melhor e com esforço e dedicação chegamos onde queríamos, nesse
momento tão almejado de realização”, disse o prefeito de Hildo do Candango.

SÃO JOÃO D’ALIANÇA Município é contemplado com ônibus escolar 0 KM

A Prefeitura Municipal de São João d’Aliança, através da Secretaria Municipal de Educação traz mais uma excelente notícia para a população. Após incansável luta da Prefeita Débora Domingues em busca de recursos, São João d’Aliança foi contemplado com um ônibus escolar 0 km (modelo Ônibus Rural Escolar 3 – Mercedes Bens – Caminho da Escola). O veículo é fruto de indicação do ex-Deputado Federal Sandes Júnior. O ônibus já foi entregue ao município. A prefeita Débora Domingues comemorou a boa notícia. Segundo ela, o transporte escolar tem sido tratado com muito carinho e o novo ônibus irá contribuir positivamente no atendimento à população.

Notícia de Águas Lindas – Obras de infraestrutura promove o crescimento de Águas Lindas de Goiás

O prefeito Hildo do Candango está trabalhando em parceria com o secretário
Municipal de Obras, Dinando para proporcionar mais qualidade de vida para
população através das obras de infraestrutura que estão a todo vapor na
cidade.
Recentemente, o município recebeu um dos maiores pacotes de obras da
região para promover o crescimento e o desenvolvimento de Águas Lindas.
Mais de 16 bairros da cidade estão sendo beneficiados com as obras de
pavimentação asfáltica.
Essas obras atraem empresários e comerciantes para o município e ajuda a
fomentar a economia local, gerando empregos e renda para população. Além
disso, reflete diretamente na vida dos moradores, que passam a ter mais
segurança e qualidade de vida.
Um exemplo disso são as viaturas e as ambulâncias que passam a chegar
mais rapidamente aos locais devido a contribuição dos serviços de
pavimentação asfáltica e iluminação pública.
O prefeito Hildo do Candango destacou a importância dessas obras de
infraestrutura para a população de Águas Lindas. “As obras que estão sendo
executadas em Águas Lindas estão fornecendo à população condições
adequadas para terem mais qualidade de vida. Ouvimos as necessidades da
população que estão sendo atendidas. Aplicamos um dos maiores pacotes de
obras já implementados na nossa cidade e estamos levando dignidade para
todos moradores”, afirmou.

SANTA RITA DO ARAGUAIA Prefeitura realiza limpeza no lixão

A Prefeitura de Santa Rita do Araguaia por meio da Secretaria de Meio Ambiente (SEMMA) realizou uma ação de limpeza ao redor e nas valas de aterramento com intuito de estabilizar o “lixão” municipal, localizado nas proximidades da BR-364. O objetivo, além de cumprir com as responsabilidades ambientais, é o cuidado com a saúde, sanidade e a destinação correta dos resíduos recolhidos. O secretário de Meio Ambiente Raimundo Miranda informa que para realizar a limpeza no local, a Secretaria de Meio Ambiente, através do Fundo Municipal de Meio Ambiente, foi firmado um contrato de horas máquinas no valor R$ 39 mil reais. Jefferson Berigo, que é gestor ambiental, explica que a medida é eficaz e diminui vários fatores prejudiciais ao meio ambiente e ao ser humano

Notícia de Goiás – Governo vai entregar 113 retroescavadeiras para prefeituras de Goiás

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura,
Pecuária e Abastecimento (Seapa), realizará a entrega de 113
retroescavadeiras para várias Prefeituras de Goiás por meio do contrato de
repasse de patrulha mecanizada estabelecido entre governo estadual e
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O contrato é
resultado de emenda parlamentar da bancada federal goiana.
A entrega será feita apenas aos municípios que estão com a documentação
regular e cujos prefeitos assinaram o Termo de Cessão de Uso. De acordo com
o cronograma estabelecido pela Seapa, em fevereiro de 2020 serão entregues
novas máquinas, totalizando 212 retroescavadeiras. O maquinário será cedido
pelo prazo de 60 meses aos municípios.
Beneficiados
A aquisição de patrulha mecanizada para o Estado de Goiás e a distribuição
aos municípios goianos foi possível por causa de emenda parlamentar da
bancada federal goiana, em forma de contrato de repasse no valor de R$ 113
milhões.
Em etapas anteriores – que começaram em março deste ano -, foram
entregues máquinas e equipamentos entre caminhões basculantes, caminhões
pipa, tratores agrícolas (mais plana) e motoniveladoras aos municípios
contemplados.
No total, somando as entregas já feitas e as duas etapas de entregas de
retroescavadeiras, serão 545 maquinários às Prefeituras goianas.
Segundo o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento,
Antônio Carlos de Souza Lima Neto, essas máquinas são importantes, porque
contribuem para que as prefeituras possam realizar diferentes serviços.
“Esse maquinário já tem feito a diferença no trabalho realizado pelas
Prefeituras goianas e farão ainda mais. São equipamentos que ajudam na
manutenção e na preservação de estradas, no desenvolvimento dos municípios
e proporcionam melhoria na qualidade de vida para a população”, destaca.

O presidente da Associação dos Municípios Adjacentes a Brasília – AMAB,
Hildo do Candango destacou a importância desses equipamentos para os
municípios do Entorno.
“Vários municípios do Entorno de Brasília serão beneficiados com as
retroescavadeiras que serão entregue pelo governo de Goiás nesta semana.
Sem dúvida esse instrumento ajudará os produtores e agricultores familiares a
promover o desenvolvimento da região e a fomentar a economia local”,
declarou Hildo.

ABADIA DE GOIÁS Casamento Comunitário 2ª Edição

A Prefeitura de Abadia de Goiás por meio da Secretaria do Bem-Estar Social realizou no dia, 22 de novembro no Salão de Eventos do Centro do Idoso, um jantar que celebrou o sucesso do Casamento Comunitário 2ª Edição, realizado em outubro. Na ocasião foram entregues fotos, um DVD com os principais momentos e servido um delicioso jantar. Para a primeira-dama Silmara, “me sinto honrada e feliz em receber vocês aqui, para nos confraternizarmos como gesto de gratidão, pelo sucesso do Casamento Comunitário 2019, que Deus abençoe a união de vocês e habite no seio de cada família”, finalizou. O Casamento Comunitário foi realizado no dia, 19 de outubro de 2019, o evento foi promovido pela Prefeitura Municipal de Abadia de Goiás em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) e o Cartório de Registro Civil do município. O Casamento Comunitário é um ato oficial, que realiza, gratuitamente, a união de pessoas que comprovem baixa renda, reforçando a garantia da isenção de despesas de cartório aos noivos, que não têm condições plenas de arcar com os custos

Secretaria de Agricultura de Águas Lindas apoia projeto de incentivo à agricultura familiar O Agro é Social dá à população do campo ferramentas para plantar, colher e gerir a produção de forma autônoma e independente

A Secretaria de Agricultura de Águas Lindas de Goiás se pronunciou sobre o
lançamento do projeto do Grupo Técnico Social de Goiás, chamado Agro é
Social, que tem o intuito de capacitar e desenvolver a agricultura familiar no
estado. Segundo o secretário de Agricultura de Águas Lindas, Anderson
Teodoro, ao se preocupar com a chamada pequena agricultura, o governo está
criando alternativas que de fato melhorem a vida do homem do campo.
“Estamos empenhados em fazer com que as políticas sociais do governo
contemplem também as famílias rurais assentadas nos municípios da Ride,
como é nosso caso. Para a Emater, isso será um privilégio, pois permitirá a ela
executar essas ações, que estão alinhadas com seu propósito: o de levar
tecnologia e desenvolvimento ao campo”, afirma Anderson Teodoro. “E não
podemos esquecer que a Agricultura Familiar, em Goiás, é responsável por
70% dos itens da cesta básica e por um terço do Produto Interno Bruto (PIB)
Agropecuário”, lembra o secretário.
O foco do projeto são as famílias rurais. Muitos assentamentos não têm apoio,
conforme constatou o Grupo Técnico. Portanto, essa parceria entre Governo,
Grupo Técnico Social de Goiás, Emater e Companhia Nacional de
Abastecimento, a Conab, vai possibilitar um aumento da atuação do programa,
como também a elevação do nível da qualidade das ações implantadas.
O objetivo do Agro é Social é dar à população mais vulnerável, que está
também no campo, ferramentas para plantar, colher e gerir a produção de
forma autônoma e independente. Na primeira fase, 1.869 famílias serão
contempladas pelo programa.
Inicialmente, segundo o governo estadual, 30 toneladas de sementes de milho
e feijão, oferecidas pela Conab, serão distribuídas nos escritórios da Emater
para os agricultores que tiverem a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) e
morarem na Ride. Os produtores que receberem essas sementes e estiverem
no Cadastro Único terão apoio do novo programa.
“A função do Estado é destinar recursos a quem realmente precisa da mão
estendida do governo. Precisamos colocar comida na mesa de todos os
brasileiros. Este é o tamanho de nossa responsabilidade”, lembra Anderson
Teodoro.

Distrito Federal vai ganhar Hospital de Transição

O Distrito Federal vai ganhar seu primeiro Hospital de Transição. Nesta terça-feira (26), o governador Ibaneis Rocha recebeu representantes da rede Humana Magna para tratar da construção de um centro hospitalar com capacidade de 100 leitos para atender a população nos cuidados de desospitalização – processo de saída de um paciente de um hospital, mas que, muitas vezes, ainda necessita de atenção após receber alta, seja para reabilitação por incapacidade temporária ou definitiva, longa permanência ou finitude. Esse tipo de hospital é bastante difundido na Europa e nos Estados Unidos e está em crescimento no país. Aqui, o investimento é na ordem de R$ 30 milhões e vai gerar aproximadamente 250 empregos diretos e 400 indiretos. A inauguração está prevista para a virada de 2021 para 2022. Hoje, o Hospital de Transição encontra- -se na fase de protocolo de projeto. “O Brasil é um país que envelheceu rápido e acompanhou toda uma mudança de perfil demográfico e epidemiológico. Somos um país de pessoas bastante envelhecidas como o mundo, que já amadureceu seja nos Estados Unidos ou Europa. Então, temos um número grande de pessoas que vão entrar em cuidado médico em algum momento, doenças sem cura e que necessitam de tratamento intensivo. Pacientes que vão precisar disso em um hospital, home care ou em instalações como a que estamos trazendo”, aponta o CEO da Humana Magna, Arthur Hutzler. Nesta terça-feira (26), Ibaneis Rocha conversou com Arthur Hutzler e o coordenador de expansão da Humana Magna, Rafael de Ulhôa Cintra Opice. O chefe do Executivo se mostrou disposto a colaborar para a longevidade do empreendimento no DF. “A capital tem todos os indicadores a qualquer tipo de empreendimento e vem crescendo muito na estrutura hospitalar. Ouvimos, por décadas, que o melhor hospital de Brasília era o aeroporto, e isso mudou. Brasília tem tudo para ser um polo regional e até nacional de saúde. A cidade tem atraído muitos investimentos”, acrescenta Hutzler. Ag. Brasília

Ponte do setor Mansões Ilha Bela recebe recuperação

Após parte da ponte do setor Mansões Ilha Bela ceder, as equipes da
Secretaria Municipal de Obras estão realizando a recuperação da mesma, com
a construção do muro de pedras para auxiliar na sustentação da ponte.
As equipes da Secretaria de Obras seguem um cronograma diário de atuação,
que compreendem todos os bairros conforme as suas necessidades de reparos
ou a ausência de algum serviço.
Tanto as próprias equipes podem realizar os serviços, caso seja constatada a
necessidade dos mesmos, quanto a população pode requerer os serviços pelo
Canal de Solicitação da Secretaria de Obras, no número: (61) 3613-9458.
Os serviços que podem ser solicitados são os seguintes: roçagem mecânica e
manual, limpeza de bocas de lobo e limpeza urbana. Além destas atividades as
equipes de obras também oferecem os serviços de: construção e pintura de
meios-fios, terraplanagem, retirada de entulhos, entre outros.

Governo de Goiás e China avançam nas tratativas para transformar o Estado no maior centro logístico da América Latina

Secretaria de Estado daComunicação - Com potencial para se tornar o maior polo logístico de importação e exportação do País em razão da localização central, o Estado de Goiás tem sido foco das atenções para investimentos e parcerias público-privadas nacionais e internacionais. Nesta terça-feira (26/11), o governador Ronaldo Caiado recebeu na sede da Agência Goiânia de Infraestrutura (Goinfra), em Goiânia, uma comitiva formada por executivos da Communications Construction Company (CCCC), maior companhia de infraestrutura da China. Os investidores vieram conhecer as potencialidades goianas no setor de produção e toda a logística para articularem futuras parcerias com o Estado. A passagem por Goiás é parte do desdobramento da recente visita do governador Ronaldo Caiado e do presidente da Goinfra, Pedro Sales, ao presidente Jair Bolsonaro, quando participaram de uma reunião com os empresários chineses, em Brasília. “Nosso interesse em avançar as negociações com a China já vem desde o início do nosso governo. Temos necessidade de melhorar nossa infraestrutura e posicionar Goiás em uma relação cada vez mais estreita com o País. Goiás hoje é o maior exportador de soja para a China, atingindo 83% em toda a sua produção. Na área de mineração também temos um convênio avançado com os chineses”, exemplificou Caiado. Na Goinfra, o presidente Pedro Sales fez a apresentação da infraestrutura aos visitantes e enfatizou a posição geográfica privilegiada de Goiás, a força do agronegócio e a infraestrutura logística goiana. “Temos posição geográfica privilegiada que torna o nosso estado o mais importante centro logístico do país”, afirmou. O governador Ronaldo Caiado falou da posição de destaque conquistada por Goiás nas relações com o Governo Federal, que pretende criar o maior polo logístico no Estado, programado para ser estruturado na cidade de Anápolis. “Eu, como governador da base do presidente Jair Bolsonaro, acredito que podemos, nas ações estaduais e nas ações federais, conjugarmos forças para avançar cada vez mais rápido”. Caiado apontou ainda o interesse do Estado em ampliar a logística da malha rodoviária, que vai permitir com que a produção chegue mais rapidamente aos principais portos do País. O TREVO DO BRASIL O presidente da Goinfra, Pedro Sales, o secretário de Desenvolvimento e Inovação, Adriano da Rocha Lima, e o superintendente de Negócios Internacionais da Sedi, Edival Lourenço Júnior, apresentaram toda a plataforma logística de Anápolis e da Ferrovia Norte-Sul aos chineses. Considerada o “trevo do Brasil”, Anápolis possui o maior polo industrial de Goiás e está se estruturando na gestão do governador Ronaldo Caiado para se transformar em um dos maiores centros logísticos do País, com capacidade para atender toda a América Latina. Paralelo a isso, Adriano da Rocha Lima explicou que Anápolis já conta com a infraestrutura necessária – aeroporto de cargas, Base Aérea Militar, Plataforma Multimodal, o Porto Seco – para, além de ser um centro logístico, se transformar no maior polo de manutenção de aeronaves da América Latina. “Para implementar isso, precisamos de parceiros, e a China é um desses parceiros, pela capacidade de investimento e pela experiência que tem em logística”, avaliou. A comitiva dos visitantes foi composta pelo presidente e diretor da CCCC South América, Chang Yunbo e Nuno Yu Yong, respectivamente; o diretor de Investimentos CCCC Brasil, Elder Dantas, além dos empresários Marco Gonçalves e Alexandre Fernandes, diretores da Riza Capital, empresa que atua como assessoria independente na área financeira. Participaram também da reunião a diretora de Obras Rodoviárias, Andrezza Teles, o diretor de Planejamento, Estudos e Projetos de Obras, Riumar dos Santos. Em seguida, a comitiva se deslocou para Anápolis para conhecer as instalações do aeroporto de cargas e sobrevoar a área do do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), além dos entroncamentos rodoviários e ferroviários do local. “É importante que os empresários tenham a dimensão do eixo de desenvolvimento que se concentra em Anápolis”, avaliou Sales.

Notícia de Goiás – Pacto Goiano Pelo Fim da Violência Contra a Mulher

O governador Ronaldo Caiado anunciou na última semana o pacto goiano pelo
fim da violência contra a mulher no Estado de Goiás. De forma contundente e
otimista, afirmou: “não tenham dúvida: da mesma maneira que reduzimos a
criminalidade em Goiás, vamos reduzir o índice de feminicídio em nosso
Estado”.
O Estado de Goiás já chegou a ocupar o segundo lugar em casos de
feminicídio. Diante dessa situação, o governador declarou que o ‘todos por
elas’ não é só mais uma frase de efeito, é algo para ser cumprido. “Em briga de
homem com mulher, o governo vai meter a algema no agressor”, concluiu.
O Governo de Goiás está empenhado nesta luta. Em agosto a Polícia Civil
prendeu 151 suspeitos de abusos sexuais em Goiás na Operação Violare. A
ideia agora é avançar com a criação do aplicativo “Goiás Seguro”, pelo qual
qualquer pessoa poderá acionar a Polícia Militar pelo celular diante de um caso
de violência.
Além disso, contará também com a Sala Lilás, um espaço adequado e
exclusivo para a realização de exames de corpo de delito nas vítimas.
Outro ponto forte é a determinação de que toda autoridade que integra a
Segurança Pública em Goiás – policiais civis e militares, agentes penitenciários
e bombeiros – está “vestida com a prerrogativa” de algemar os agressores e
leva-los à delegacia mais próxima.
Na ocasião, o governador assegurou que nenhum cidadão envolvido em
agressão à mulher será nomeado no Estado e que, aquele que o fizer, já sendo
servidor, será exonerado.
O presidente da Associação dos Municípios Adjacentes à Brasília – AMAB,
Hildo do Candango comemorou a iniciativa do Estado em combater o
feminícidio em Goiás.
“Como presidente da AMAB, sou conhecedor das necessidades do Entorno.
Estamos trabalhando para estabelecer políticas públicas em todos os
municípios através do pacto goiano que foi anunciado pelo governador Ronaldo

Caiado com intuito de proteger as mulheres e reduzir os índices de feminicídio
em Goiás. Não podemos nos calar diante de tamanha violência”, afirmou.

Governo realiza palestra sobre direitos e deveres da família em Jaú do Tocantins

Estudantes de escolas de Jaú do Tocantins participam, desde segunda-feira, 25, até sexta-feira, 29, de palestras sobre o projeto Direitos e deveres da família. A ação, que faz parte do Programa Estadual para Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), é promovida pelo Governo do Tocantins, por meio da Gerência de Proteção Especial de Média e Alta Complexidade da Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas). O objetivo é informar, aos estudantes de escolas estaduais e municipais, na idade de 14 a 21 anos, sobre direitos e deveres da família, dentro da abordagem do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti). O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil articula um conjunto de ações visando à retirada de crianças e adolescentes de até 16 anos das práticas de trabalho infantil, exceto na condição de Pequeno Aprendiz a partir de 14 anos. Eliane Tenório/Governo do Tocantins

Notícia de Águas Lindas – Águas Lindas participa da virada ambiental com plantio de mudas nativas do cerrado

O dia 22 de novembro foi instituído pela Lei 20.552 como o Dia Estadual da
Consciência Ambiental. Neste ano, Goiás promoveu a Virada Ambiental, com o
plantio de milhares de mudas por todo o Estado. Mais de 136 municípios
aderiram à ação, cada um responsável pelo plantio de, no mínimo, mil mudas.
Em Águas Lindas, a atividade ambiental foi realizada na reserva do Parque
Estadual de Águas Lindas de Goiás, com envolvimento da Força Nacional de
Proteção Ambiental, Fuzileiros Navais, Agentes de Saneamento Básico e
voluntários da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.
A Virada Ambiental é uma ação de sensibilização de toda a população de
Goiás sobre a necessidade do plantio de espécies nativas do Cerrado.
O projeto conta com a parceria e o apoio de diversas instituições públicas,
governamentais e da sociedade civil, ligadas ao meio ambiente, ao ensino e à
pesquisa, além das prefeituras que aderiram à proposta.
A intenção do projeto é incentivar a população a abraçar a causa e também
participar do evento, fazendo com que ele seja uma ação permanente e
precursora de outras iniciativas ambientais em nível nacional.
O prefeito Hildo do Candango destacou a importância desse projeto para
Águas Lindas de Goiás.
“Nosso município está participando do plantio de mil mudas nativas do cerrado
na reserva do Parque Estadual Águas Lindas. Essas questões ambientais
merecem ser discutidas, pois sem a preservação do meio ambiente estamos
sujeito a causar danos irreparáveis na natureza. É hora de darmos uma virada
ambiental para deixarmos um planeta melhor para as gerações seguintes”,
afirmou.
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
A Virada Ambiental também está alinhada aos Objetivos de Desenvolvimento
Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). Eles compõem
a agenda de ações que devem ser implementadas por todos os países do

mundo até 2030. Entre os objetivos, estão medidas ligadas à conservação dos
recursos naturais e à proteção e recuperação dos ecossistemas e da
biodiversidade.
Goiás possui atualmente cerca de 38% de vegetação nativa de Cerrado, sendo
o restante utilizado essencialmente para pastagem e agricultura. A degradação
do bioma traz graves consequências para o meio ambiente e para o ser
humano.
A vegetação captura o carbono da atmosfera (responsável pelo efeito estufa),
regula o fluxo de água no período de secas e enchentes, regula os níveis do
lençol freático, controla a temperatura e a qualidade dos solos e contribui para
a preservação da diversidade biológica.

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Curso Promotoras Legais Populares encerrará neste domingo

No Instituto Federal de Goiás (IFG), localizado no bairro Jardim Querência,
será realizada as últimas atividades referentes ao curso de formação
Promotoras Legais Populares de Águas Lindas, para o seu encerramento.
Toda comunidade de mulheres aguaslindense está convidada para o evento
que será no próximo domingo (24) a partir das 09h. As temáticas abordarão
pautas como o combate a violência contra mulher, feminicídio e rede de
proteção da mulher, importantes temas a serem discutidos no cenário social
atual.
O curso de extensão ofereceu 80 vagas para mulheres a partir de 18 e 15
vagas destinadas as alunas do IFG, que fazem parte da comunidade interna
que participam do EJA (Educação de Jovens e Adultos).
O curso teve duração de 80h, e foram divididas em um encontro mensal aos
sábados, no período matutino, de 09h às 13h. Teve início no dia 27 de abril do
corrente ano.

“Assim como baixamos a criminalidade em Goiás, vamos baixar o feminicídio”, garante Caiado

SECOM/GO - “Não tenham dúvida: da mesma maneira que baixamos a criminalidade em Goiás, vamos baixar o feminicídio.” Foi de forma contundente e otimista que o governador Ronaldo Caiado voltou a declarar guerra contra a violência contra a mulher no Estado nesta sexta-feira (22/11), durante sua participação nos programas “Mundo em Sua Casa” e “Fala Goiás em Rede” da RBC FM e emissoras parceiras. Caiado lembrou que o assunto é motivo de debate desde a campanha. Naquela época, havia uma dúvida se Goiás ocupava o segundo ou terceiro lugar em casos de femincídio. Independentemente da posição, ressaltou o governador, não ter uma lei ou uma segurança que garanta a integridade das goianas é algo que desmoraliza o Estado. “O ‘todos por elas’ não é só mais uma frase de efeito. Assim como digo que ‘ou o bandido muda de profissão, ou muda de Goiás’, o [todos por ela] é algo para ser realmente cumprido. É determinação do governador: em briga de homem com mulher, o governo vai meter a algema no agressor.” O Governo de Goiás está empenhado nesta luta. Caiado recordou que, em agosto último, a Polícia Civil prendeu 151 suspeitos de abusos sexuais em Goiás na Operação Violare. “Só um destes havia cometido 29 estupros. Um bandido destes – não posso chamá-lo de cidadão – estava transitando livremente pelas ruas”, criticou Caiado. Entre os presos, estão homens idosos, com mais de 60 anos, avós, pais e padrastos das vítimas. A ideia agora é avançar, e Caiado detalhou diversas ações preconizadas pelo Pacto Goiano Pelo Fim da Violência contra a Mulher. Entre eles está a criação do aplicativo “Goiás Seguro”, pelo qual qualquer pessoa poderá acionar a Polícia Militar pelo celular diante de um caso de violência; e a Sala Lilás, um espaço adequado e exclusivo para a realização de exames de corpo de delito nas vítimas. Outro ponto forte é a determinação de que toda autoridade que integra a Segurança Pública em Goiás – policiais civis e militares, agentes penitenciários e bombeiros – está “vestida com a prerrogativa” de algemar os agressores e levá-los à delegacia mais próxima. Caiado também assegurou que nenhum cidadão envolvido em agressão à mulher será nomeado no Estado e que, aquele que o fizer, já sendo servidor público, será exonerado. Ainda na seara da Segurança Pública, o governador destacou a entrega de R$ 6,7 milhões em equipamentos para a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) na última quarta-feira. Apontou que alguns destes artefatos são novidades para os agentes, como o colete balístico multiameaça nível II-A. Para além da adequada aparelhagem, Caiado condicionou os êxitos na área da Segurança Pública à profissionalização e à capacitação continuada dos servidores. “Temos que qualificar policiais para que possam utilizar a interação e as inteligências entre as polícias, para que possamos fazer um combate inteligente da criminalidade e darmos segurança à nossa população”, destacou, enumerando que no Estado já foram desbaratadas 170 quadrilhas e apreendidas 50 toneladas de drogas, e que todas as ações do Novo Cangaço foram debeladas preventivamente. Lançou também outra reflexão. “Por que ninguém conseguia combater a criminalidade? Porque nunca nenhum governador teve coragem de fazer vistoria nos presídios. Os governos de Goiás sempre se acovardaram e se ajoelharam diante das facções e bandidos. Fomos o único governo que conseguiu fazer com que ações das polícias fossem respaldadas e desmantelar aqueles que das cadeias acionavam seus grupos, determinando assaltos, assassinatos, trafico de drogas”, salientou. Em seu balanço mais recente das últimas ações do governo, Caiado destacou ainda o repasse de R$ 30 milhões para o pagamento de editais relativos ao Fundo de Arte e Cultura; a Operação Desconformidade, destinada ao combate de fraudes na certificação de segurança contra incêndio e pânico emitida pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBM-GO) e voltou a criticar duramente a Enel. Adiantou que prepara uma ampla mobilização para o ato da sanção da lei, cujo projeto está em tramitação na Assembleia Legislativa e prevê a quebra de contrato do Estado com a empresa por conta da má prestação do serviço.

Secretaria de Agricultura de Águas Lindas alerta para o início da vacinação contra a febre aftosa

A expectativa do governo estadual para esta etapa é imunizar 10 milhões de
cabeças de bovinos e bubalinos.

A Prefeitura de Águas Lindas por meio da Secretaria de Indústria, Comércio,
Desenvolvimento Econômico, Cooperativismo e Agricultura, cujo o responsável
pela pasta é o secretário Anderson Teodoro, informa que já está em curso a
campanha de vacinação contra a febre aftosa no Estado de Goiás.
De acordo com o secretário, a expectativa do governo estadual para esta etapa
é imunizar 10 milhões de cabeças de bovinos e bubalinos, de zero a 24 meses
de idade. A campanha segue até o dia 30 de novembro em todo o Estado.
“A vacinação é necessária para garantir a sanidade do rebanho e manter a
comercialização da carne goiana tanto para o Brasil quanto para os mercados
externos”, lembra Anderson Teodoro.
O Brasil possui o Programa Nacional de Erradicação de Febre Aftosa (PNEFA)
e, a partir da implantação do Plano Estratégico PNEFA 2017-2026, o país
seguirá um cronograma progressivo de suspensão da vacinação contra a
doença, com o objetivo de ser reconhecido internacionalmente como livre de
febre aftosa sem vacinação até 2026. O país está há 24 anos sem focos da
febre aftosa.
“O governo de Goiás nos delegou a missão de continuar desenvolvendo a
pecuária goiana, e estamos seguindo à risca estas determinações do governo,
conforme as orientações do prefeito Hildo do Candango. E para isso, temos
que ter órgãos de defesa sanitária fortalecidos, garantindo a qualidade dos
produtos brasileiros”, explica o secretário.

JOGOS ESCOLARES SULAMERICANOS ESCOLARES 2019 XXV Jogos Sul-Americanos Escolares 2019

Os Jogos Sul-americanos Escolares representam o ápice do esporte na escola no continente americano. As equipes são representadas pelas escolas dos países participantes e não por seleções. O evento é organizado pelo Conselho Sul-americano de Desportos (CONSUDE), um órgão de representação governamental e, portanto, acima de outros interesses, que não o desenvolvimento do esporte escolar na América do Sul. Os XXV Jogos Sul-americanos Escolares este ano será realizado de 30 de novembro a 7 de dezembro de 2019, em Assunção/Paraguai, com o objetivo de promover a integração desportiva e cultural dos jovens em idade escolar de 12, 13 ou 14 anos (2005/2007), com a participação das delegações representativas da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela, Suriname e Bonaire. A Delegação Brasileira é composta por 168 atletas que irão competir nas modalidades: xadrez (masculino e feminino), atletismo (masculino e feminino), atletismo para atletas com deficiência intelectual (masculino e feminino), basquete (masculino e feminino), futsal (masculino e feminino), handebol (masculino e feminino), Judô (masculino e feminino), natação (masculino e feminino), tênis de mesa (masculino e feminino), voleibol (masculino e feminino) e vôlei de praia (masculino e feminino). Antes do embarque para assunção, os atletas e dirigentes de diversas cidade brasileiras se reúnem em Guarulhos/SP, a fim de estabelecer estratégias para preparação da competição, dinâmica de grupo onde o objetivo é integrar e harmonizar a os atletas, palestras a respeito de força, velocidade, garra e entusiasmo, inteligência, raciocínio, espirito de equipe, solidariedade, sorrisos, lágrimas e emoções, normas disciplinares e reforço no convívio social. O presidente da Delegação, o alagoano Irã Cândido Teles da Silva, acredita que o principal objetivo do evento é o intercâmbio cultural entre os jovens de 12 a 14 anos dos países sul-americanos para que pratiquem esporte, sem que necessariamente se tornem atletas, e sim cidadãos. “A CBDE se sente orgulhosa em agregar valores esportivos à formação da juventude brasileira”, afirmou ele.

Notícia de Águas Lindas – Beneficiários do Programa Bolsa Família receberão pagamento do Abono Natalino

No início de 2019, o presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou o abono
natalino, com o objetivo de oferecer um pagamento adicional para as famílias
que estão inscritas no Cadastro Único e são beneficiárias do Programa Bolsa
Família (PBF).
No último mês, o Governo Federal assinou a Medida Provisória que criou o
Abono Natalino do Programa Bolsa Família. No próximo mês (dezembro), os
beneficiários do Programa poderão receber esse benefício.
Quem tem direito ao benefício?
Receberá o Abono Natalino somente os beneficiários que estiverem com os
dados do Cadastro Único atualizado e que não estejam com o benefício Bolsa
Família bloqueado, suspenso ou cancelado. Caso contrário, não poderão sacar
o Abono.
Como atualizar o Cadastro Único e cumprir com as condicionalidades
para receber o Abono Natalino
Para receber o Abono Natalino bastar estar com o cadastro atualizado e não
estar com o benefício PBF bloqueado, suspenso ou cancelado. É importante
estar com as condicionalidades em dias, ou seja, ter realizado a pesagem e a
vacinação das crianças e estar com a situação da frequência escolar em dias.
Já as gestantes devem estar realizando o pré-natal.
Para realizar qualquer um destes procedimentos, as famílias devem procurar a
Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência até o dia 15
de dezembro de 2019.
E para atualizar o Cadastro Único, os beneficiários deverão procurar os Centro
de Referência de Assistência Social (CRAS) ou a unidade física do Cadastro
Único – Bolsa Família o mais rápido possível, de segunda a quinta-feira das
08h as 17h, nos seguintes endereços:

- CRAS Barragem 2: Quadra 50, lote 02, Jardim Barragem 2. Telefone (61)
3613-0692.
- CRAS CEU: Avenida 05, lote 01, Setor 11. Telefone (61) 3618-1161.
- CRAS Santa Lúcia: Quadra 54, lote 00, Jardim Santa Lúcia. Telefone: (61)
3618-1270.
- Cadastramento Único – Bolsa Família: Quadra 113, lote 09, Cidade Jardim.
Telefone (61) 3613-7229.
Valor e data do pagamento do Abono Natalino
O Abono Natalino será pago em dezembro de 2019, entre os dias 10 e 23.
Seguirá a mesma ordem do Calendário de Pagamentos do PBF, de acordo
com o final do NIS do responsável familiar (pessoa que fez a inscrição da
família no Cadastro Único).
O valor do Abono Natalino será pago juntamente com a parcela do PBF
referente ao mês de dezembro, ou seja, neste mês as famílias receberão o
valor do pagamento em dobro.
O pagamento poderá ser sacado com o Cartão Bolsa Família, Cartão Cidadão
ou guia de pagamento, caso a família não possua cartão. O saque poderá ser
realizado em lotéricas, CAIXA AQUI, em caixas eletrônicos ou agências da
Caixa Econômica Federal.

Governo do Tocantins participa de Encontro de Formação do Escritório Social do Conselho Nacional de Justiça

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), participou entre os dias 18 e 20 de novembro do Encontro de Formação do Escritório Social, em Brasília (DF). O encontro teve o intuito de apresentar experiências para a implementação do Escritório Social no Tocantins, proposto pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com objetivo de disseminar, em âmbito nacional, metodologias de trabalho e mobilizar atores sociais relevantes que permitam alavancar a implantação de uma política nacional voltada aos egressos. No Tocantins, o Escritório Social tem inauguração prevista para 16 de dezembro. A formação é articulada com colaboração dos coordenadores estaduais do Justiça presentes e é fechada apenas para convidados do Judiciário, do Executivo e da sociedade civil que trabalham ou irão trabalhar com atenção a egressos, assim como instituições de ensino. Participaram do evento cinco servidores da Seciju, ligados ao Sistema Penitenciário e Prisional do Tocantins, além de outros atores da política no Tocantins. A gerente de Assistência Educacional e Saúde ao Preso e Egresso da Seciju, participou do evento e destaca alguns dos benefícios da implantação do escritório no Estado. “Vai proporcionar implantar uma política de inclusão social voltada para a pessoa egressa, estruturando uma rede de apoio e atenção às vulnerabilidades, articulando equipamentos públicos entre os poderes executivos e com a interação entre sociedade civil organizada e as políticas públicas”, disse. O encontro abordou uma proposta de metodologia de mobilização de pré-egressos/as, assim como o plano de trabalho para a implantação. O método é baseado em ações voltadas para a preparação para a liberdade, ou seja, o egresso após cumprir a pena será acompanhado pelas equipes da rede de serviços de proteção e inclusão social que auxiliarão as instituições penais para a liberdade dessas pessoas. Além disso, segundo a proposta, será montado um Plano Individual de Saída que identifica as condições e as vulnerabilidade de cada reeducando para dar encaminhamento aos órgãos responsáveis pelo acolhimento e acompanhamento de egressos. Pedro Ícaro/Governo do Tocantins

Atleta tocantinense consegue vaga na final do Salto em Distância nos Jogos Escolares da Juventude

Philipe Bastos/Governo do Tocantins - A abertura do segundo bloco de competições nos Jogos Escolares da Juventude foi de bons resultados para os atletas do Tocantins. No Atletismo, Paulo Henrique Oliveira da Silva, da Escola Estadual Professora Augusta Vaz dos Santos Teixeira, de Combinado, foi longe e conseguiu uma vaga na final do Salto em Distância, na categoria 12 a 14 anos. Em Timbó, cidade localizada a cerca de 60 km de Blumenau, local onde está a pista de Atletismo, a manhã quente castigou os atletas que precisaram encarar o sol forte como primeiro adversário para avançar nas competições. Mesmo assim, o atleta tocantinense conseguiu saltar para 5,66 m e avançou às finais da modalidade. Mesmo com a marca garantida, o foco de Paulo Henrique se mantém firme. Insatisfeito com seu primeiro resultado, ele diz que vai tentar melhorar a marca na grande final. “Não fiquei feliz com minha marca. Espero poder melhorar para a final e buscar um bom resultado”, destacou. Gilmar Matos, técnico da equipe de Atletismo, salientou a evolução de Paulo Henrique na prova. “Importante destacar que Paulo foi evoluindo dentro da prova. Ele começou tenso, mas aos poucos foi se soltando e conseguiu a vaga. Acredito que, se ele entrar tranquilo na final, poderá fazer um resultado melhor”, pontuou .Na sexta-feira passada iniciaram as competições nas quadras do Badminton, com as disputas simples na categoria 12 a 14 anos. O Tocantins costuma conseguir bons resultados nesta modalidade e a expectativa é por conquista de medalhas.

Notícia do Entorno – Presidente da AMAB, Hildo do Candango luta para melhorar o sistema de saúde pública do Entorno de Brasília

O presidente da Associação dos Municípios Adjacentes à Brasília –
AMAB,  Hildo do Candango  tem buscado parcerias em âmbito federal, estadual
e municipal para promover melhorias para a saúde pública de todos os
municípios do Entorno de Brasília.
Para Hildo é importante que o governo trabalhe em conjunto com o Entorno do
Distrito Federal e dê prioridade à saúde pública nos municípios.
Em seu último encontro com o vice-governador de Goiás, Lincoln Tejota, o
presidente da AMAB, Hildo do Candango aproveitou a oportunidade para
enfatizar a importância de construir um Hospital em Valparaíso e retomar as
obras do Hospital de Santo Antônio do Descoberto.
O presidente da AMAB, Hildo do Candango não tem medido esforços para
melhorar a saúde pública do Entorno. Ele destacou a importância de priorizar a
qualidade da saúde nos municípios.
“Como presidente da AMAB, sou conhecedor das necessidades do Entorno.
Estou buscando parcerias junto ao Ministério da Saúde, governadores e
deputados para mudar a realidade da saúde pública nos municípios do
Entorno. Nosso objetivo como gestor é proporcionar um serviço de qualidade a
todos os munícipes para que eles não precisem se deslocar até a capital
federal atrás de atendimentos”, afirmou.

PACTO GOIANO PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

O professor Marcelo Costa, coordenador de Radioteledifusão da UEG, questionou o governador sobre o fato de Goiás figurar no topo da lista de Estados onde ocorrem maior número de casos de feminicídios no Brasil. O governador lamentou o fato de Goiás ser o segundo ou terceiro lugar nesse ranking, dependendo do levantamento. Lembrou que na última quinta-feira, 21, foi lançado o Pacto Goiano pelo Fim da Violência contra a Mulher. “Todas por elas não é frase de efeito, é para ser cumprido”, garantiu. Entre as ações adotadas ele citou
o aplicativo Goiás Seguro e a construção de salas especiais nos Institutos Médicos Legais (IMLs) para que mulheres vítimas de violência sejam atendidas por médicas e tenham acompanhamento psicológico.

NASF realiza projeto voltado para orientação nutricional nas escolas

Durante o mês de novembro os profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da
Família (NASF) realizaram projeto sobre orientação nutricional nas unidades
escolares do município.
Este projeto tem como objetivo fornecer informações sobre a maneira correta
de se alimentar, de forma saudável e balanceada, conscientizando assim os
alunos sobre a importância nutricional.
Os Núcleos de Apoio à Saúde da Família são compostos por equipes
multidisciplinares que atuam nas unidades de saúde voltadas para Atenção
Primária.
Seguindo as orientações do prefeito Hildo do Candango, a Secretaria Municipal
de Saúde, cujo o administrador da mesma é o secretário Eduardo Rangel, tem
disponibilizado os serviços do NASF, conforme as regulamentações do
Ministério da Saúde.
Para o prefeito Hildo do Candango o projeto auxilia na oferta e busca por
serviços de saúde. “Os projetos do NASF tem auxiliado no incentivo a procura
por tratamentos e medidas de saúde. E com a questão nutricional nas
unidades escolares não é diferente, pois desde cedo nossas crianças devem
ser orientadas a terem alimentação balanceada, para que sejam saudáveis”.
Complementou também, “os alunos da rede municipal de ensino, além de
contarem com a merenda escolar balanceada, que inclusive é destaque no
estado de Goiás, também tem recebido as orientações das equipes do NASF
sobre a importância nutricional”.

SEGURANÇA NAS PENITENCIÁRIAS

Sheilismar Ribeiro, da TV Serra Azul de Porangatu, perguntou ao governador sobre a recente entrega de equipamentos às unidades prisionais goianas. Ronaldo Caiado afirmou que o governo entregou equipamentos no valor total de R$ 6,7 milhões visando garantir mais seguranças nesses estabelecimentos e apoiar o trabalho dos agentes penitenciários. Foram adquiridos coletes especiais, algemas mais eficientes e aparelhos de scanners modernos, capazes de detectar objetos e drogas escondidos. Também foram entregues oito novas viaturas. Ele anunciou ainda que, nos próximos dias, serão destinadas 51 camionetes zero quilômetro para que os agentes penitenciários possam se deslocar com maior segurança.

Notícia de Águas Lindas – Secretaria Municipal de Saúde implantará novo Sistema de Regulação no atendimento intra-hospitalar

A Secretaria Estadual de Saúde desenvolveu um novo sistema de Regulação
intra-hospitalar para melhorar os sistemas de saúde de regulação do Estado de
Goiás. O sistema visa beneficiar mais de 116 munícipios goianos.
A partir da próxima segunda-feira (25), Águas Lindas de Goiás utilizará o
sistema SERVIR que facilitará o acesso as informações de regulação dentro do
Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado de Goiás.
Antes a identificação da situação do paciente que necessitava ser regulado e a
solicitação da regulação era realizada via contato telefônico com a Central do
SAMU de Luziânia.
Com a implementação desse sistema, as ações de regulação em Águas Lindas
serão efetuadas diretamente com a Secretaria Estadual de Saúde, pois o
Estado será o próprio agente regulador. O sistema permitirá a transparência
dos tramites de regulação, onde poderá ser acompanhado em tempo real a
inserção dos dados e o monitoramento do quadro clínico dos pacientes.
De acordo com o secretário Municipal de Saúde, Eduardo Rangel, esta
plataforma garantirá um serviço mais rápido e dinamizado. “A Secretaria
Municipal de Saúde está seguindo as determinações do prefeito Hildo do
Candango e aprimorando os serviços para melhor atender a nossa população.
A partir da próxima segunda-feira (25) o sistema SERVIR estará em pleno
funcionamento em nosso município e irá nortear e regular todos os
atendimentos de emergência de Águas Lindas”, disse.

Caiado vai sancionar, de imediato, projeto que autoriza suspender concessão da Enel

ABC Digital/Cláudio Vincé - O governador Ronaldo Caiado afirmou, na última sexta-feira, durante entrevista concedida ao programa Fala Goiás em Rede das rádios Brasil Central AM e RBC FM, que assim que o projeto de lei que autoriza o Governo a suspender a concessão da Enel for aprovado na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), ele a sancionará de imediato. O projeto de lei é de autoria do presidente da Alego, Lissauer Vieira, e está tramitando na Casa. Caiado adiantou ainda que a sanção não será feita em Palácio, mas em frente à porta da empresa concessionária de energia elétrica. Isso deverá ocorrer durante uma grande manifestação, para qual ele convocou a participação de todos os goianos que foram prejudicados com as constantes quedas no fornecimento de eletricidade nos últimos meses. A pergunta sobre a questão da Enel foi formulada pelo editor-geral do Diário da Manhã, Wellinton Carlos. O Fala Goiás em Rede, apresentado por Josiel Meneses e Débora Orsida, foi retransmitido por 48 emissoras de rádio da capital e do interior, ao vivo e em em outros. Caiado fez um histórico da questão da Enel desde que assumiu o governo do Estado, em janeiro último. Relatou que foram 14 audiências oficiais com a participação da concessionária de energia, e de representantes da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e do Ministério das Minas e Energia (MME) em busca de melhorias no fornecimento de eletricidade para as empresas e cidadãos goianos. Como resultado, a Enel assumiu um termo de compromisso, prometendo melhorias nas subestações e nos serviços de manutenção. Mas os problemas continuaram. Embora este ano o índice de chuvas esteja inferior ao verificado em 2918, em Goiás o número de casos registrados de quedas no fornecimento de energia são cinco vezes maiores, “São cidades inteiras ficando o dia todo sem energia elétrica”, reclamou o governador. Ele recorreu ao chamado “Direito Recorrente”, que consta da Constituição Federal, para dizer que deve atuar na busca de uma solução para o problema energético que Goiás enfrenta. E que, segundo ele, é “inadmissível e inaceitável”.

Plantio de árvores nativas do cerrado será realizado pelo Projeto Virada Ambiental em Águas Lindas

Projeto Virada Ambiental
Para conscientizar a sociedade sobre a importância da preservação do meio
ambiente, como a única medida eficaz para preservação das espécies nativas
do cerrado, o governo do estado de Goiás criou o Projeto Virada Ambiental,
que será lançado nos municípios goianos.
O Projeto Virada Ambiental tem como objetivo conscientizar a população
goiana sobre a necessidade de preservar o bioma natural do cerrado,
realizando o plantio de espécies nativas da região.
E juntamente com o projeto será criado o Dia da Consciência Ambiental no
Goiás, no dia 22 de novembro, onde serão plantados meio milhão de espécies
em todos os municípios do estado em área de captação de águas para
abastecimento.

O projeto em Águas Lindas
Em Águas Lindas no dia da Consciência Ambiental no estado de Goiás, no dia
22 de novembro (sexta-feira), seguindo os procedimentos do Projeto Virada
Ambiental, serão plantadas cerca de mil mudas de espécies nativas próprias do
cerrado.
O plantio destas ocorrerá no Parque Estadual Águas Lindas as margens do Rio
Descoberto. O Projeto Virada Ambiental na cidade contará com o auxílio de
voluntários, que serão os alunos do 5° ano da rede municipal de ensino.
Para Hildo do Candango, prefeito de Águas Lindas, o projeto promoverá a
conscientização da população. “As questões ambientais também devem ser
discutidas e ter igual prioridade que as políticas públicas, pois sem a
preservação ambiental a sociedade está condicionada a sofrer com danos
irreparáveis na natureza e consequentemente na qualidade de vida. E esta é
uma pauta que deve ser repassada com relevância para as crianças, que serão
as próximas a cuidarem do nosso planeta, por isso elas serão as nossas
voluntárias no projeto”.

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

BELA VISTA DE GOIÁS Prefeitura pavimenta a rua 01 do Produtor Rural

A prefeita de Bela Vista de Goiás, Márcia Kelly autorizou o início das obras asfáltica da Rua 01, do setor Lúcia Alice. Segundo a prefeita, a pavimentação vai melhorar o acesso ao Lago e um atendimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Produtor Rural. Além da pavimentação asfáltica, a prefeitura, com recursos próprios está fazendo meio fio, calçada, sinalização e estacionamento em escamas, par4a maior facilitar o dia a dia dos moradores do setor. A prefeita Márcia Kelly não para por aí. Na segunda-feira, 18 de novembro, dar início a duplicação da avenida 14, do setor Parque Las Vegas. Em dezembro, como presente de Natal aos moradores do município, a prefeitura dará início a pavimentação asfáltica pelas ruas dos bairros da cidade.

APARECIDA DE GOIÂNIA Prefeito assina ordem de serviço para reforma das escolas

O prefeito Gustavo Mendanha e a secretária municipal de Educação, Cultura e Turismo, Valéria Pettersen, assinaram na quarta-feira, 13, às 10h30, a ordem de serviço no valor de R$ 10 milhões para manutenção de unidades escolares da Rede Municipal de Educação. A solenidade foi realizada no Espaço Multiuso da Cidade Administrativa, na Avenida Gervásio Pinheiro, APM, setor Solar Central Park. O projeto “Cuidar da Nossa Escola é Dever de Todos” visa a realizar, nesta primeira etapa, a revitalização da parte estrutural das escolas municipais. As obras irão atender, inicialmente, 17 escolas municipais e um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI). A empresa MCDE Engenharia – vencedora do processo licitatório – irá executar o serviço de reformas e manutenção a partir de um levantamento próprio de prioridades, considerando sugestões de cada diretor destas unidades de ensino.

CHAPADÃO DO CÉU Boa Gestão no ranking de gestão fiscal da Firjan

Chapadão do Céu se destaca mais uma vez no Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), apresentando boa gestão no ranking que analisou estatísticas sociais de 5.570 municípios brasileiros, tendo como ano base 2018. Com uma pontuação variando entre 0 e 1, sendo que quanto mais próxima de 1 melhor a gestão fiscal, o município apresentou uma evolução geral de 0,6862, acima dos 0,6283 registrados em 2017. Além disso, Chapadão do Céu obteve a nota máxima, de 1 ponto, em autonomia e liquidez, dois dos quatro indicadores da avaliação. Entre os anos de 2013 e 2018, Chapadão do Céu apresentou Excelência ou Boa Gestão no ranking do IFGF. Dados que comprovam o compromisso do prefeito Rogério Pianezzola com o município e a responsabilidade com os recursos públicos. A analista de estudos econômicos da Firjan, Nayara Freire, chamou atenção para o fato de que municípios, como Chapadão do Céu, mesmo em situação de crise, esses municípios conseguiram administrar de forma eficiente, cortando custos que fazem a diferença no orçamento.

GOIÂNIA ENEL Distribuição Goiás realiza feirão de negociação

Clientes com débitos na conta de energia acima de 90 dias terão uma ótima oportunidade para quitar suas dívidas. Até o dia 13 de dezembro, a Enel Distribuição Goiás realiza um feirão de negociação em todo o Estado. O cliente poderá receber isenção de multas, juros e correção e os pagamentos poderão ser feitos à vista, com desconto, ou em até 11 parcelas, com uma entrada à vista. Os clientes que tiverem dívidas de até R$ 10 mil podem procurar a Central de Atendimento (0800 62 0196), as redes sociais – Facebook (www.facebook.com/EnelClientesBR) e Twitter (@EnelClientesBR) -, as lojas Enel e as unidades de atendimento móvel. Já os que tiverem débitos de até R$ 20 mil devem se dirigir a uma loja de atendimento (www.eneldistribuicao. com.br/go/Lojas.aspx). Serviço: Feirão de negociação - Data: até 13 de dezembro - Locais: Canais de atendimento ao cliente: 0800 62 01 96, redes sociais – Facebook (www.facebook.com/EnelClientesBR) e Twitter (@EnelClientesBR) -, atendimento móvel e em todas as lojas Enel. Os clientes podem consultar os endereços e horários de atendimento das lojas pelo site: https://www.eneldistribuicao.com.br/go/ Lojas.aspx A Enel Distribuição Goiás, subsidiária da multinacional italiana Enel, serve a 237 municípios do Estado de Goiás, abrangendo 98,7% do território estadual, com cobertura de uma área de 336.871 km². A Região Metropolitana de Goiânia representa a maior concentração do total de 3 milhões de clientes atendidos pela companhia.

ENXAMES DE ABELHAS Bombeiros fazem orientações em casos de ataque

Em Brasília é propício, nesta época do ano, o aumento do número de enxames de abelhas. Há muitas árvores frutíferas espalhadas pela cidade, o que chama atenção desses insetos. Desta forma, aumenta, também, a possibilidade de pessoas serem picadas no período que compreende as estações primavera e verão. “É importante que as pessoas tenham ainda mais atenção ao passar por locais muito arborizados. Além da maior quantidade de abelhas, elas podem, também, ser estimuladas de alguma forma, seja pelo cheiro forte de um perfume ou roupas com cores muito chamativas, e acabar picando as pessoas, o que na verdade é um mecanismos de defesa”, explicou o oficial de informação pública do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, capitão Wilson de Souza Mendes. Ao se deparar com um enxame de abelhas é importante não tentar matá-las, pois elas liberam hormônios que atraem ainda mais insetos. Caso não seja possível se proteger ao se deparar com uma grande quantidade, uma orientação da corporação é correr de forma desorientada, pois os insetos tendem a voar em linha reta. “Correr em zigue-zague é uma forma de sair da zona de ataque das abelhas”, afirmou Mendes. EMERGÊNCIAS Em caso de emergências, o ideal é ligar imediatamente para o telefone 193. De acordo com o militar, muitas pessoas são sabem que são alérgicas. “Mesmo que não acione o Corpo de Bombeiros, é importante ficar atento aos sintomas e procurar um médico, pois grande parte dos alérgicos não sabe que é até ser picada. O cuidado deve ser redobrado com crianças e idosos”, disse. Outra orientação é que, ao encontrar uma colmeia em construções ou árvores, deve-se entrar em contato com o 193 para que seja feita a retirada para outro local. “Temos contato com apicultores que transportam as colmeias para locais seguros, sempre no período noturno, que é o ideal. Alertamos que o cidadão não deve tentar fazer isso sozinho, pois é necessário ter expertise e uso de roupas adequadas para esta remoção”, finalizou Mendes. Agência Brasília

Governo do Tocantins inicia instalação de 650 novas tornozeleiras eletrônicas

Vitória Soares/Governo do Tocantins - O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), iniciou a instalação dos novos equipamentos de monitoração eletrônica destinados a pessoas que cumprem pena de privação de liberdade. Em Palmas, as instalações estão sendo realizadas na Central de Monitoramento Eletrônico (CME), conforme cronograma de instalação estabelecido entre a Seciju e a nova empresa contratada, UE Brasil. Nos próximos dias, serão instaladas as tornozeleiras destinadas a pessoas que cumprem penas em outros municípios do Estado. No total, 650 novas tornozeleiras serão instaladas, entre essas, 270 tornozeleiras da antiga empresa serão substituídos em Palmas e Araguaína. O saldo restante das substituições será utilizado para atender novas demandas de instalação. Além disso, 30 dispositivos de proteção à vítima de violência doméstica estão disponíveis para instalação, a fim de garantir proteção da vítima. Esse tipo de dispositivo dispara alerta de proteção conforme aproximação do agressor. De acordo com o gerente de Monitoramento Eletrônico de Pessoas, Rhomenyng Afonso, os beneficiados pela alternativa de monitoração eletrônica devem se dirigir à CME para a substituição ou nova instalação dos aparelhos. “Nossa equipe tem o controle de dados de todos os monitorados e uma programação para a instalação dos novos equipamentos. Os monitorados devem ir até a central de monitoramento, onde passam por uma atualização de cadastro e posteriormente pela instalação das novas tornozeleiras, isso inclui os apenados condenados, em prisão preventiva e de medida protetiva”, explicou. 

Águas Lindas de cara nova: Obras de infraestrutura estão sendo realizadas em 16 bairros

Águas Lindas cresce em ritmo acelerado, e para atender as necessidades da
população a cidade recebe um dos maiores pacotes de obras de infraestrutura
para recuperação asfáltica.
Cerca de 16 bairros estão recebendo as obras de pavimentação asfáltica, entre
outras melhorias, tais como a troca da iluminação pública e a construção de
meios-fios.
As obras de pavimentação asfáltica avançam e a paisagem dos bairros são
alteradas positivamente, trazendo aspecto moderno e mais comodidade aos
moradores que trafegam pelas vias.
O prefeito Hildo do Candango realiza diariamente vistoria técnica nos bairros
que estão em obras, para verificar o andamento e o prazo de cada etapa
estabelecida. Em uma das vistorias ressaltou que esta é uma grande conquista
para a gestão e principalmente para a população.
“Águas Lindas cresceu e com isso as necessidades da população também, e o
compromisso da nossa gestão é atender os anseios dos moradores, pois
sonhamos juntos em ver a cidade com mais infraestrutura e agora estamos
realizando juntos”, descreveu.
As obras em Águas Lindas estão sendo realizadas pela Secretaria de Obras,
cujo o responsável é o secretário Dinando. Vale lembrar que estas obras são
executadas com recurso do próprio município, oriundos do IPTU.

Governo de Caiado consegue economizar R$ 60 milhões em compras e serviços

SECOM/GO - O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Administração - Sead, promoveu uma economia aos cofres públicos de aproximadamente R$ 60 milhões desde o início da atuação da Superintendência Central de Compras Governamentais e Logística, em abril. A unidade é responsável pela análise dos processos de aquisição de bens e serviços pelo Estado e tem desenvolvido ações permanentes de consulta de valores de mercado, diminuição dos preços dos materiais adquiridos ou renegociação de contratos. A iniciativa de criar um setor de inteligência em aquisições converge com a política de uso transparente dos recursos públicos imposta pelo governador Ronaldo Caiado. O secretário da Administração, Bruno D’Abadia, considera que a economia é mais um indicativo do processo de transformação da gestão pública em Goiás. O titular da Sead reforça a relevância das importantes ações empregadas para a racionalização das despesas. “O governador adotou uma série de medidas para otimizar a aplicação dos recursos públicos, com foco na transparência e respeito ao dinheiro do cidadão. O modelo de gestão é assertivo e tem resultado em constante economias para os cofres, possibilitando que possamos investir em mais entregas à população”, frisou. A Superintendência Central de Compras Governamentais e Logística, responsável por operar, entre outros, o sistema Compras Net, centralizando todas as aquisições do Governo de Goiás, surgiu após a sanção da Reforma Administrativa. O regramento legal determina que todas as compras que ultrapassem o montante de R$ 500 mil devem ser referenciadas pelo chefe do Executivo e a Central, por expertise, realiza a avaliação técnica das solicitações. Os processos são avalizados, e, após uma série de parametrizações e medidas cabíveis, o ato retorna para a análise e autorização do governador. Só em 2019, já foram examinados mais de 600 processos, resultando em economia superior a R$ 60 milhões. Incumbido da operacionalização do sistema Compras Net, que exige que as secretarias de Estado insiram todas as compras antes da sua execução, a Superintendência estipula uma série de procedimentos e bloqueios que possibilitam uma pesquisa sistêmica de preços. Desta forma, qualquer licitação que apresente valor médio discrepante de outras localidades do País, a unidade sinaliza a necessidade de se praticar um preço diferente. As especificidades são estudadas detalhadamente, considerando-se que determinadas contratações apresentam particularidades justificáveis. A centralização dos processos de compras do Estado tem promovido uma economia significativa, possibilitando que os recursos sejam aplicados em políticas públicas que entreguem valor e melhor qualidade nos serviços disponíveis aos cidadãos.

Prefeitura de Águas Lindas recebe delegação Chinesa para apresentar o Programa Criança Feliz

O Programa Criança Feliz de Águas Lindas virou destaque internacional e
atraiu os olhares da delegação do governo Chinês. Nesta última quarta-feira, o
prefeito Hildo do Candango se reuniu com representantes da Delegação e
apresentou o Programa Criança Feliz que tem transformado a vida de milhares
de famílias carentes do município.
Faz parte da delegação Chinesa, a pediatra e especialista em Saúde e
Desenvolvimento Infantil mundialmente reconhecida, Dra. Mary Yang, que se
diz impressionada com os resultados do programa e o envolvimento dos
órgãos públicos em todas as esferas para a realização do programa Criança
Feliz.
“O que nós queremos é levar este programa que é referência a nível mundial
para a população carente da China e para isso precisamos vivenciar de perto
cada passo do programa. Realizar esta experiência tem nos mostrado o quanto
o programa ajuda não apenas no desenvolvimento das crianças, mas também
no fortalecimento dos vínculos familiares”, disse Yang.
De acordo com a Dra. Yang um piloto do programa Criança Feliz já está em
execução em oito municípios da China, mas eles querem que o programa atinja
esfera nacional no país e para isso os especialistas vieram fazer esta
pesquisa in loco para entender melhor a importância do programa e o papel
das organizações governamentais para que ele de fato aconteça.
A primeira-dama de Águas Lindas de Goiás e também secretária Municipal de
Assistência Social, Aleandra Sousa, foi a anfitriã da delegação e após
recepcioná-los no gabinete da Prefeitura acompanhou alguns membros da
comitiva chinesa em visitas domiciliares às famílias que são atendidas pelo
programa.
“Estamos trabalhando muito as questões sociais em nosso município e este é
um trabalho que está sendo feito desde o início da gestão, porque entendemos
a importância das práticas sociais para o desenvolvimento saudável de uma
sociedade. E o programa Criança Feliz nos mostra o quanto este trabalho de
atenção à primeira infância é importante para o pleno desenvolvimento da
criança em todas as fases de sua vida”, disse Aleandra.
Em Águas Lindas 200 famílias são acompanhadas semanalmente pelos
visitadores que levam atividades a serem trabalhadas pelos pais com as
crianças durante toda a semana. As atividades visam exercitar o
desenvolvimento intelectual e motor das crianças, e tem como principal
ferramenta a participação dos pais junto às crianças, já que este tipo de
estimulo é o mais importante na primeira infância.

As famílias beneficiadas pelo Criança Feliz são selecionadas por meio do
Cadastro Único e as crianças de até três anos de idade podem participar do
programa. Em cada visita uma atividade diferente é trabalhada e os visitadores
nestas ocasiões observam a interação da família com a criança, as dificuldades
que a criança tem e que precisam ser trabalhadas, o ambiente familiar que a
criança dispõe, entre outros aspectos.
Durante a reunião no gabinete da Prefeitura de Águas Lindas, além da
primeira-dama e secretária de Assistência Social, Aleandra Sousa, a Drª. Mary
Yang e demais integrantes da delegação chinesa, estavam presentes o prefeito
da cidade, Hildo do Candango, o vice-prefeito Luiz Alberto, a secretária de
Relações Institucionais, Maria Fábia, o presidente da Câmara Municipal,
Rogemberg Barbosa.
E também estavam presentes a supervisora do Programa Criança Feliz
juntamente com os visitadores, a superintendente da Secretaria de
Desenvolvimento Social do estado de Goiás e Multiplicadora do Programa
Criança Feliz do estado de Goiás.

Uso de antibióticos preocupa médicos e cientistas

Mariana Alvim/BBC - Há quatro anos, em uma fazenda de criação intensiva em Xangai, na China, um exame feito em um porco prestes a ser abatido encontrou uma bactéria resistente ao antibiótico colistina. O achado acendeu um alerta que ecoou pelo mundo — cada vez mais temeroso com a capacidade que micro-organismos têm demonstrado em driblar tratamentos à base de antibióticos. A bactéria resistente encontrada no suíno, uma Escherichia coli, levou os cientistas da China a aprofundar os exames — agora, também em frangos de fazendas de quatro províncias chinesas, nas carnes cruas desses animais à venda em mercados de Guangzhou, e em amostras de pessoas hospitalizadas com infecções nas províncias de Guangdong e Zhejiang. Eles encontraram uma “alta prevalência” do Escherichia coli com o gene MCR1, que dá às bactérias uma alta resistência à colistina e tem potencial de se alastrar para outras bactérias, como a Klebsiella pneumoniae e Pseudomonas aeruginosa. O MCR-1 foi encontrado em 166 de 804 animais analisados, e em 78 de 523 amostras de carne crua. Já nos humanos, a incidência foi menor, mas se mostrou presente — em 16 amostras de 1.322 pacientes hospitalizados. O caminho de “transmissão” de microrganismos (bactérias, parasitas, fungos e etc) resistentes é uma incógnita não só para o caso dos porcos, frangos e pacientes na China, mas para o uso veterinário e médico de antibióticos como um todo. Pode ser que esses microrganismos ou resquícios de antibióticos (restos dos medicamentos que, em contato com os micróbios, podem estimular sua resistência) possam estar se alastrando pelos alimentos, ou ainda através do lixo hospitalar, lençóis freáticos, rios e canais de esgoto — e a investigação para desvendar as rotas de bactérias tem motivado inúmeras pesquisas no Brasil e no mundo (veja detalhes sobre esses estudos abaixo). “As bactérias não têm fronteiras: a resistência pode passar de um lugar a outro sem passaporte e de várias formas”, explica Flávia Rossi, doutora em patologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e integrante do Grupo Consultivo da OMS para a Vigilância Integrada da Resistência Antimicrobiana (WHO-Agisar). “Com a globalização, não só o transporte de pessoas é rápido, como os alimentos da China chegam ao Brasil e vice-versa. Essa cadeia mimetiza o que acontece com o clima: estamos todos interligados. Por isso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) vem trabalhando com o enfoque de ‘One Health’ (‘Saúde única’ em português, a perspectiva de que a saúde das pessoas, dos animais e o ambiente estão conectados).” Agora, a dimensão global do problema ganhou um mapeamento inédito juntando pesquisas já feitas medindo a presença de microrganismos resistentes em alimentos de origem animal em países de baixa e média renda — e o Brasil aparece no grupo de lugares com situação preocupante. Não quer dizer que o estudo considere o país como um todo, mas pontos que já foram submetidos a pesquisas, como abatedouros de bois em cidades gaúchas ou em uma fazenda produtora de leite e queijo em Goiás. China e Índia foram, segundo os autores do estudo, publicado na revista Science, “claramente” os lugares em que os maiores níveis de resistência foram encontrados. Mas o Sul do Brasil, leste da Turquia, os arredores da Cidade do México e Johanesburgo (África do Sul), entre outros, se destacaram também como hotspots, ou focos de resistência microbiana em animais destinados à alimentação, principalmente bovinos, porcos e frangos (com níveis elevados de P50, percentual acima de 50% de amostras de microrganismos resistentes a determinados antibióticos). As maiores resistências observadas foram relacionadas a alguns dos antibióticos mais usados na produção animal, como as tetraciclinas, sulfonamidas e penicilinas. Entre aqueles importantes para tratamento também em humanos, destacaram-se a resistência à ciprofloxacina e eritromicina. Os autores reuniram ainda dados que apontam para focos de resistência emergentes, ou seja, em que a resistência dos microrganismos a antibióticos está crescendo. Aí, o Brasil também aparece, tanto o Sul quanto o Centro-Oeste. A situação da América do Sul é particularmente preocupante por causa da carência de dados, diz o estudo: “Considerando que Uruguai, Paraguai, Argentina e Brasil são exportadores de carne, é preocupante que haja pouca vigilância epidemiológica da resistência microbiana disponível publicamente para esses países. Muitos países africanos de baixa renda têm mais pesquisas desse tipo do que os países de renda média na América do Sul. Globalmente, o número de pesquisas per capita não se correlacionou com o PIB per capita, sugerindo que a capacidade de vigilância não é impulsionada apenas por recursos financeiros.” Buscando ampliar, em partes, o acesso a esse tipo de informação, os autores do estudo lançaram um banco de dados colaborativo para cadastro de pesquisas sobre o tema em todo o mundo, o “Resistance Bank”. Uma análise feita entre 2004 e 2006 pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em amostras de frangos congelados vendidos em 14 Estados brasileiros, detectou bactérias Salmonella e Enterococcus resistentes a vários antimicrobianos. Das 250 cepas de Salmonella analisadas, por exemplo, 77% foram consideradas multirresistentes (resistentes a duas ou mais classes de antibióticos). O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento destacou ainda que vem progressivamente proibindo medicamentos veterinários usados com o objetivo principal de fazer os animais engordarem, os chamados melhoradores de desempenho. Já foram proibidas substâncias do tipo como os anfenicóis, as tetraciclinas e as quinolonas.

Secretaria Municipal de Saúde implanta novo Sistema de Regulação no atendimento intra-hospitalar


Pensando em melhorar os sistemas de saúde de regulação no estado de
Goiás, a Secretaria Estadual de Saúde desenvolveu um novo sistema de
Regulação, no que se refere a regulação intra-hospitalar.
Aproximadamente cerca de 116 municípios goianos, inclusive Águas Lindas, já
aderiram a implantação desta plataforma, o sistema SERVIR. O mesmo
facilitará o acesso as informações de regulação dentro do Sistema Único de
Saúde (SUS) no Estado de Goiás.
O sistema SERVIR será preenchido pelos profissionais de saúde, que
analisarão as condições e subsídios do paciente para prosseguimento dos
tratamentos de saúde, caso ele precise ser regulado, então irá inseri-lo no
sistema.
Este profissional contará com login e senha intransferível e caso haja
inadequações nas informações prestadas o mesmo será responsabilizado e
responderá pela ação, garantindo assim a autencidade do sistema.
Em Águas Lindas a Secretaria Municipal de Saúde está implementando este
novo sistema de regulação, para facilitar o acesso aos serviços de saúde, tanto
para os profissionais da categoria, quanto para os pacientes que precisam ser
regulados, por exemplo, os que necessitam de cirurgia de emergência, de
leitos de UTI, entre outras intervenções.
Antes a identificação da situação do paciente que necessitava ser regulado e a
solicitação da regulação era realizada via contato telefônico com a Central do
SAMU de Luziânia, a partir da efetivação do sistema esta será realizada por
meio do sistema SERVIR.
Após a inserção do sistema SERVIR, as ações de regulação em Águas Lindas
serão efetuadas diretamente com a Secretaria Estadual de Saúde, pois o
estado será o próprio agente regulador. O sistema permitirá a transparência
dos trâmites de regulação, onde poderá ser acompanhado em tempo real a
inserção dos dados e o monitoramento do quadro clínico dos pacientes.
Para o secretário municipal de Saúde, Eduardo Rangel, esta plataforma
garantirá um serviço mais rápido e dinamizado no que ser refere a regulação
intra-hospitalar. “A Secretaria Municipal de Saúde está seguindo as
determinações do prefeito Hildo do Candango, no que se refere a aprimorar os
serviços de saúde para população, e a partir de segunda-feira (25) o sistema
SERVIR, irá nortear e regular todos os atendimentos de urgência e emergência
de Águas Lindas”.

E completou, “para que tenhamos também uma correta alimentação do
sistema, e qualidade nas informações inseridas, foi implantado dentro do
Hospital Municipal Bom Jesus o Núcleo Interno de Regulação, que será
composto por técnicos e enfermeiros, que irão contribuir com os médicos
reguladores na inserção destes dados”.
Na manhã desta terça-feira (19) os profissionais de saúde que compõe o
Núcleo Interno de Regulação participaram de uma capacitação sobre as
ferramentas que serão utilizadas no sistema SERVIR, para se adequarem aos
serviços e novas ações reguladoras. A capacitação contou também com a
participação do Ministério Público, que irá acompanhar estes trâmites de
regulação dos pacientes.

Governo de Caiado busca moralizar Detran e beneficiar cidadão

SECOM/GO - Responsabilidade, ética e transparência. Três princípios que fazem parte da gestão Ronaldo Caiado e que transformaram a rotina no Departamento Estadual de Trânsito nestes 11 meses de 2019. Antes uma autarquia que figurava nas manchetes de jornais por cobranças de taxas abusivas e corrupção, o Detran ocupa espaço na mídia, agora, por beneficiar o cidadão e coordenar iniciativas pioneiras. A mais recente delas se transformou em lei no último dia 13 de novembro. Trata-se da CNH Social, que reduz o custo para a obtenção da carteira de motorista e beneficia a população mais carente. Mas, até chegar ao lançamento do projeto, o caminho foi árduo. Desde que assumiu, Ronaldo Caiado frisou que não toleraria corrupção em nenhuma instância do seu governo, e que, se preciso fosse, “cortaria na própria carne”. Foi preciso e ele não titubeou: deu total liberdade às forças policiais para que não poupassem das investigações os órgãos públicos de Goiás. “Bandido, agora, ou muda de profissão, ou muda de Estado”, repetiu reiteradas vezes. E, com Caiado, teoria vira prática mesmo, sem delongas ou “politicagem”. Em menos de um ano, o governador criou o Grupo Especial de Combate à Corrupção (Geccor). O primeiro resultado apresentado foi batizado, pelos agentes da Segurança Pública, de operação “Cegueira Deliberada”. Foram cumpridos 44 mandados de buscas e cinco de prisões no Estado. As investigações se referem à fraude em licitações e desvios de recursos públicos em contratos feitos pelo Detran, entre 2015 e fevereiro deste ano, para serviços de vistoria veicular. Os prejuízos aos cofres públicos são estimados em R$ 110 milhões. “A corrupção e o corrupto são insaciáveis. Agora, [o que faremos] é recompor, reconstruir, consolidar o que é figura do Estado”, garantiu Ronaldo Caiado, na época do balanço da operação e inauguração do Geccor. E o papel do Estado, bem sabe o atual governador, que tem mais de 30 anos de vida pública, passa pelo interesse da coletividade, pela qualidade dos serviços prestados e, também, pelo zelo com o bem público. Em março, Caiado já anunciava um corte de gastos da ordem de 21% nas contas do Detran. Depois de renegociação de valores e revisão de procedimentos de 50 contratos em vigor, a economia alcançada na autarquia foi de R$ 45 milhões por ano. Com cinco meses de gestão, o cidadão pode comemorar mais desoneração de valores que eram superfaturados anteriormente. As medidas tomadas pelo Detran, em maio, já tinham impacto de mais de R$ 90 milhões no bolso dos goianos. Redução no preço do emplacamento, que se tornou um dos mais baratos do País; revisão do valor da vistoria veicular (caiu de R$175,76 para R$ 108); retirada da obrigatoriedade da inspeção em quatro situações e diminuição da taxa de registro em casos de alienação fiduciária (de R$ 193,06 em cada procedimento) são exemplos do que foi feito para devolver dignidade à população, antes “assaltada” com valores abusivos. NOVOS PROJETOS Todo esse trabalho de “assepsia”, além das consequências imediatas, também possibilitou que o órgão de trânsito goiano elaborasse projetos inovadores para os usuários dos serviços. Em setembro, o governador Ronaldo Caiado e o presidente do Detran, Marcos Roberto Silva, lançaram o programa “De mãos dadas”, que tem o objetivo de facilitar o acesso da pessoa com deficiência à obtenção da CNH, de uma forma desburocratizada, e à aquisição de veículos zero-quilômetro com a isenção de impostos. À essa altura, a economia para os goianos já saltava dos R$ 90 milhões para R$ 132 milhões, aliada, ainda, à retirada de pardais em locais inadequados. “Todo esse dinheiro fica agora com os goianos ao invés de ser distribuído para pequenos grupos de interesse ou patrocinar projetos pessoais e políticos, como acontecia antigamente”, frisou Caiado, durante entrevista coletiva no dia 18 de setembro. A “menina dos olhos” do governador, no momento, quando se fala em serviços oferecidos pelo Detran, tem nome completo e apelido – pode ser chamada de Programa Social de Formação, Qualificação e Habilitação Profissional de Condutores de Veículos Automotores ou, simplesmente, “CNH Social”. Pela proposta, que virou a Lei 20.637/19, condutores de baixa renda ficarão isentos das taxas do Detran, além das aulas teóricas e práticas, na hora de tirar a primeira carteira de habilitação. As inscrições para conseguir o benefício serão abertas em dezembro. A CNH social terá três tipos de modalidade: estudantil, urbana e rural. Os selecionados pelo programa não pagarão a inclusão de Renach, licença de aprendizagem, agendamento de provas teórica e prática, exames médicos e psicológicos, curso teórico e prático, até três retestes e de consulta na Junta Médica, quando se tratar de pessoas com deficiência, para as quais serão reservadas 10% das vagas. “É uma forma de incentivarmos, também, a geração de empregos, pois muitos jovens precisam de carro para trabalhar e não tinham como arcar com o valor para ter a CNH”, destaca o governador, ao lembrar que o fomento de oportunidades deve contemplar sempre todos os goianos, para que as desigualdades sejam eliminadas, e, assim, o Estado cresça de forma harmônica, beneficiando moradores tanto das cidades mais ricas como das mais carentes.

Notícia do Entorno – Presidente da AMAB, Hildo do Candango promove melhorias no transporte público do Entorno

O presidente da Associação dos Municípios Adjacentes à Brasília – AMAB,
Hildo do Candango assumiu o compromisso de melhorar o transporte público
que atende o Entorno do Distrito Federal.
Recentemente Hildo se reuniu com os governadores Ronaldo Caiado e Ibaneis
Rocha para apresentar o consórcio de mobilidade urbana. Proposta visa
revolucionar o sistema de transporte público e proporcionar mais conforto,
comodidade e qualidade de vida para população.
Enquanto esse projeto não é implementado, Hildo apresentou a Secretaria de
Transporte e Mobilidade Urbana do Distrito Federal a proposta dos ônibus do
Entorno utilizarem a linha do BRT com intuito de diminuir o tempo gasto no
deslocamento até a capital federal.
Deu certo! A partir desta semana os ônibus passaram a utilizar a faixa
exclusiva do BRT. Durante a manhã são 22 linhas (sentido GO – DF) e no fim
da tarde são 27 linhas (sentido DF – GO). Essa iniciativa está beneficiando os
moradores da Cidade Ocidental, Valparaíso de Goiás e Céu Azul.
O presidente da AMAB, Hildo do Candango ressaltou a importância da
utilização da faixa exclusiva do BRT.
“O Entorno está crescendo e o sistema de transporte precisa acompanhar o
mesmo ritmo. Enquanto o projeto o consórcio de mobilidade urbana não é
implementado no Entorno, os ônibus da Cidade Ocidental, Valparaíso e Céu
Azul poderão utilizar a faixa exclusiva do BRT para proporcionar mais conforto
e comodidade no deslocamento desses moradores”, disse Hildo.

Leia também