.

.

Hora Certa pra você

sexta-feira, 26 de maio de 2017

a Secretaria de Saúde realiza entrega simbólica de kits para Agentes de Combate ndemias e Agentes Comunitários de Saúde

Em parceria com o Governo do Estado de Goiás, a Prefeitura de Águas Lindas promoveu a entrega simbólica de kits de trabalho destinados aos Agentes de Combate a Endemias e aos Agentes Comunitários de Saúde. O kit contém uma blusa, prancheta, caneta e boné. O evento contou com a participação do secretário de Saúde, Eduardo Rangel, do diretor de Vigilância, Euder Vieira, do coordenador de Endemias, Lourisvan Santiago, da diretora de Atenção Básica, Ana Carolina, e do coordenador de Atenção Básica, Leonardo Leal.

No evento, o secretário de Saúde destacou a determinação do prefeito Hildo do Candango em buscar a integração das equipes para uma maior cobertura do combate ao mosquito Aedes aegypti, erradicando os possíveis focos de infestação. “Graças a esta nova metodologia que está sendo implantada, com trabalho conjunto entre as equipes, os índices de infestação aferidos é cada vez menor. Mas devemos estar sempre vigilantes para que não ocorra nenhuma epidemia”, disse Eduardo Rangel.

ONU condena uso recorrente da força por policiais no Brasil

194845
A Organização das Nações Unidas e a Comissão (ONU) e a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) emitiram hoje (26) comunicado em que condenam o uso excessivo da força por policiais no Brasil. Na nota, as entidades demonstram preocupação com o “uso recorrente da violência” e citam três casos recentes de repressão policial nos meios agrário e urbano do país.
Os organismos condenaram ações da Polícia Militar durante as manifestações da última quarta-feira (24), em Brasília. O protesto reuniu cerca de 45 mil pessoas que protestavam contra as reformas trabalhista e Previdenciária e as recentes denúncias de corrupção envolvendo o governo.
A manifestação começou pacífica e, ao avançar em direção ao Congresso Nacional, terminou em tumulto, com depredação de prédios públicos e conflito entre alguns manifestantes e policiais. Para dispersar a confusão, a Polícia Militar utilizou bombas de efeito moral e balas de borracha.
Segundo balanço da PMDF, 49 pessoas ficaram feridas, oito foram detidas e foi aberta investigação sobre uso de arma de fogo por agentes durante o protesto. Para a ONU e o CIDH, o uso de armas de fogo é uma medida extrema que deve ser excluída no controle de protestos sociais.
Sobre os protestos, o governo de Brasília emitiu nota dizendo que a PMDF “agiu de acordo com o protocolo tático integrado assinado pelos governos federal e distrital, no mês passado, em que a segurança dos prédios públicos federais ficou sob a responsabilidade da União.” Informou ainda que “eventuais excessos serão rigorosamente apurados”.
Os organismos internacionais também condenaram a ação policial durante a operação de retirada de dependentes químicos da área conhecida como Cracolândia, em São Paulo, e a ação de despejo realizada pelas polícias civil e militar em uma fazenda do Pará, que resultou na morte de dez pessoas. Todas as ações ocorreram no mesmo dia.
Em São Paulo, as secretarias municipal e estadual de segurança pública disseram que não tinham conhecimento da operação policial. No Pará, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social argumentou que os policiais foram recebidos a tiros durante a operação para cumprimento de mandados judiciais.
O comunicado da ONU cita o decreto emitido pelo governo federal autorizando a convocação das Forças Armadas e sua revogação no dia seguinte ao protesto de Brasília. A ação foi justificada pelo Ministério da Defesa para garantir da lei e a ordem na cidade, além da preservação do patrimônio público e da segurança dos servidores.
O Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos – por meio de seu escritório na América do Sul – e a Comissão Interamericana alertaram as forças de segurança para que respeitem as normas internacionais de direitos humanos. Segundo a nota, os padrões internacionais estabelecem que “o uso da força por parte dos órgãos de segurança deve estar definido pela excepcionalidade, e deve ser planejado e limitado proporcionalmente pelas autoridades”.
As entidades afirmam que condenam qualquer ato de violência e pedem aos manifestantes que exerçam o direito à manifestação de forma pacífica. Convocaram, ainda, o Estado brasileiro a “garantir e proteger a integridade física e a segurança dos manifestantes”.

Monumentos no país ficam iluminados para chamar a atenção sobre o glaucoma

elevador_lacerda_em_salvador (1)
O Cristo Redentor vai ficar iluminado de verde hoje (26) à noite para alertar a população brasileira sobre o glaucoma (lesão do nervo óptico que pode provocar cegueira). A doença afeta mais de 2 milhões de pessoas no Brasil, sendo que a maioria não sabe que tem glaucoma, e em torno de 60 milhões em todo o mundo. Hoje é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma. Em Salvador, o Elevador Lacerda também ficará iluminado.
Os recentes avanços no tratamento da doença glaucoma estão sendo debatidos no 17º Simpósio Internacional da Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG), que ocorre até amanhã (27) no Rio de Janeiro, com a participação de mil especialistas nacionais e estrangeiros.
O secretário-geral da SBG, Emílio Suzuki, disse que a iluminação visa a tornar o glaucoma conhecido. “Porque nós dependemos muito do conhecimento cultural da população, para que ela vá ao oftalmologista. É a única ferramenta que consegue segurar essa doença”. Ele explicou que o nervo óptico sofre degeneração que, em geral, ocorre por aumento da pressão ocular, e a pessoa não tem sintomas.
”É uma doença assintomática, não dói. Com o tempo, como esse nervo que leva as imagens ao cérebro, para a gente poder enxergar, vai sendo degenerado, a pessoa vai perdendo a visão aos pouquinhos e, geralmente, a perda não é aguda, não é de imediato. Nem é central também. É periférica e lenta. Por isso, é muito difícil ser percebida nos estágios iniciais”. Daí a importância do diagnóstico precoce para a prevenção do glaucoma, disse Suzuki.
Fatores de risco
Um dos fatores de risco para o glaucoma é a idade. Pessoas acima de 40 anos são mais suscetíveis à doença. “O olho foi feito para durar bem até os 40 anos. Depois dessa idade, já começa a dar alguns sinais de fraqueza, como a visão cansada para perto”. O sistema de drenagem ocular fica mais lento e falha com mais frequência em pessoas acima de 40 anos. “Quarenta anos é uma idade importante para ter, pelo menos, uma consulta básica ao oftalmologista por ano”, recomendou.
O glaucoma tem também uma característica genética e hereditária. Existe uma associação grande entre parentes, e a chance de desenvolver a doença é mais intensa entre irmãos. Segundo Emílio Suzuki, o fato de o pai ou a mãe ter glaucoma não condena o filho a ter glaucoma. “E o fato de ninguém ter na família também não exclui você da possibilidade de aparecer. Mas os casos familiares te colocam no grupo de risco maior”. A incidência de glaucoma entre irmãos é, às vezes, de seis a nove vezes maior do que em uma pessoa que não tem ninguém na família.
Têm mais chance ainda de desenvolver a doença os hipertensos e diabéticos, que apresentam muitas vezes problemas de vascularização do nervo óptico, além dos afrodescendentes. Em relação a esses últimos, Suzuki disse que ocorre no mundo inteiro maior chance de os afrodescendentes terem glaucoma mais agressivo e avançado. No Brasil, a miscigenação da população aumenta a incidência da doença. Não se sabe ainda a razão de indivíduos da raça negra terem glaucoma, mas estima-se que é um fator ligado à genética. Por isso, a raça negra funciona como um fator de alerta e influencia muito no diagnóstico, afirmou.
A única maneira de descobrir o glaucoma é o médico oftalmologista, porque não é só a pressão do olho que está envolvida. No início da doença, não há sintomas. Crises de glaucoma agudo, em casos esporádicos e raros, podem deixar o olho vermelho. Suzuki esclareceu, entretanto, que a vermelhidão do olho é sinal de uma gama infinita de doenças. “Pode ser uma simples irritação, uma conjuntivite, uma úlcera de córnea, uma uveíte. Por isso é o médico que vai saber se é glaucoma ou não. De maneira geral, não é”.
De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 4,5 milhões de pessoas em todo o mundo ficaram cegas devido ao glaucoma. O governo brasileiro tem um programa de assistência aos portadores de glaucoma. Quase 500 mil pessoas cadastradas no programa recebem remédios de graça, destacou o especialista.
Dr. Consulta
Segundo o oftalmologista Eduardo Mariotonni, da Rede Dr. Consulta, existem dois tipos comuns de glaucomas: o de ângulo aberto primário, quando o líquido circula livremente no olho e a pressão tende a subir lentamente ao longo do tempo, e uma forma menos frequente da doença, denominada agudo ou de ângulo fechado, no qual a pressão aumenta rapidamente porque o fluxo normal de líquido dentro do olho fica bloqueado.
Mariotonni reforçou que o exame de rotina é importante porque a maioria dos pacientes com glaucoma não sente nada até que a doença esteja avançada. “Quando o médico descobre no início, antes de o paciente ter qualquer sintoma, o tratamento é mais fácil e com mais chance de dar certo”, afirmou. Segundo ele, a visão perdida devido ao glaucoma não pode ser recuperada, mas a doença pode ser controlada, diminuindo a pressão do olho como uso de medicamentos.
Elevador Lacerda
Até a próxima quarta-feira (31), o Elevador Lacerda, em Salvador, também recebe iluminação verde no período da noite, como forma de alertar a população para a prevenção e os riscos da doença.
Por isso, a recomendação é que sejam feitos exames periódicos com um médico oftalmologista. O tratamento, segundo o Ministério da Saúde, pode variar de acordo com o caso detectado: desde o uso de colírios até cirurgias. Quando os exames preventivos não são realizados, a doença pode avançar silenciosamente e causar cegueira.
A OMS lembra que, a cada ano, são registrados 2,4 milhões de novos casos de glaucoma no mundo.

TCDF acolhe pedido de Celina Leão para que Metrô pague adicional de periculosidade


O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) acatou o pedido da deputada Celina Leão (PPS) que reivindicou a concessão de adicional de periculosidade para todos os pilotos de trens da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal, o Metrô-DF. A Corte aceitou as argumentações da parlamentar que denunciou a ilegalidade da empresa ao não pagar a gratificação a esses servidores.
Segundo Celina Leão, dos 120 pilotos do Metrô-DF, apenas 40 recebem o adicional de periculosidade. “Os outros 80, apesar de desempenharem a mesma função, não gozam do mesmo benefício”, explica a deputada lembrando que a atitude do Metrô-DF fere diretamente o princípio básico constitucional da isonomia no serviço público.
De acordo com a representação da parlamentar junto ao TCDF, alguns pilotos do Metrô-DF já garantiram o seu direito na justiça. “Como o direito igualitário de recebimento do adicional de periculosidade não alcançou todos os pilotos, decidimos tomar essa atitude e já iremos descansar quando todos forem beneficiados”, concluiu Celina.
A assessoria do Metrô/DF confirmou que o órgão foi notificado e se pronunciará ao TCDF dentro do prazo de 15 dias.

Unidade Básica de Saúde do Jardim Barragem II realiza atividades em comemoração ao Mês das Mães

A Unidade Básica de Saúde do Jardim Barragem II realizou uma série de atividades, com direito a café da manhã e sorteio de brindes, para as usuárias dos serviços do local, na manhã desta sexta-feira (26). De acordo com a coordenadora da unidade, enfermeira Tel, “além dos atendimentos oferecidos rotineiramente, o evento contou com a realização de palestras entre outros serviços, todos voltados à saúde da mulher em virtude do alto índice de câncer do colo útero”.

A Rede Municipal de Saúde está recebendo uma série de investimentos e modificações nos protocolos de atendimentos, que visam o reforço do atendimento da rede de atenção básica de saúde.

Hildo do Candango faz da AMAB uma instituição reconhecida

Quando assumiu novamente a presidência da Associação dos Municípios Adjacentes a Brasília (AMAB), Hildo do Candango logo tratou de unir forças com os demais prefeitos da região, para buscar melhorias para os municípios. Hoje, a instituição está mais forte e mais representativa, teve a adesão de mais prefeitos e vem realizando audiências e reuniões nos ministérios e departamentos do Governo Federal na busca de soluções para os muitos problemas da região.
Recentemente o colegiado de prefeitos, na liderança de Hildo do Candango, participou de uma reunião na ANTT para reivindicar melhorias no transporte coletivo da região. O transporte coletivo da região do Entorno é um problema antigo que vem se arrastando e quem sofre é o passageiro que tem que madrugar para pegar o ônibus e ir para seu trabalho.
Na reunião, a AMAB apresentou uma proposta de criação de um consórcio para a gestão do transporte público da Região do Entorno. O consórcio será gerido pelos municípios e pelo Distrito Federal, o que servirá para controlar e cobrar das empresas o respeito aos horários, itinerários, além de subsídios para gratuidade de idosos e estudantes.

Hildo do Candango liderou também a ida ao Ministério da Agricultura, onde os municípios representados assinaram o Termo de Cooperação Técnica para desenvolver as atividades e ações de fiscalização, desenvolvimento e fomento agropecuário na Região do Entorno. A intenção da AMAB é continuar unindo forças, com a participação dos demais municípios, para conquistar cada vez mais seu espaço e mostrar a força que a região do Entorno tem.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

João Gomes troca PT pelo PP e assume cargo no governo

O governador Marconi Perillo deu posse, na manhã de ontem, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, ao ex-prefeito de Anápolis como secretário extraordinário para Assuntos de Habitação. A solenidade lotou o Auditório Mauro Borges e contou com a presença de muitos anapolinos e representantes dos municípios de Indiara, Gameleira, Nerópolis, Padre Bernardo, Jaraguá e Itumbiara, que participavam, paralelamente, da assinatura de convênios com o programa Goiás na Frente, além de auxiliares do governo de Goiás.
O empresário João Gomes exerceu mandato de prefeito de Anápolis de abril de 2014 a dezembro de 2016, devido à renúncia de Antônio Gomide (PT), que disputou o governo de Goiás.
O ex-prefeito desfiliou-se, recentemente, do PT e anuncia filiação ao PP, a convite do senador Wilder Morais. João Gomes deve ser candidato a deputado federal ou estadual em 2018.
Em mensagem de boas-vindas ao novo auxiliar, Marconi lembrou a relação cordial que sempre manteve com João Gomes, mesmo em partidos oponentes no Estado. “Embora eu fosse do PSDB e você do PT, nós sempre convergíamos, sempre tivemos muita maturidade para colocar os assuntos de Goiás e de Anápolis em primeiro lugar. Foi uma relação construtiva, muito boa, e estou feliz por poder trazê-lo para o governo”, ressaltou Marconi. “A política em Goiás amadureceu demais nos últimos anos e nós tivemos responsabilidade nisto. A relação mais republicana, esse desprendimento de todos nós, e graças a isso, estamos todos aqui hoje juntos”, destacou.
Em discurso, João Gomes falou da importância da missão a ele determinada pelo governador. “Agradeço ao governador Marconi Perillo pela confiança em mim depositada para trabalhar em uma secretaria tão importante, que desenvolve uma política pública de alta relevância, que é a habitação, que mexe com os sonhos das pessoas. Só quem nunca teve uma casa para morar, sabe o quanto isso é importante”, avaliou.
Presente na solenidade, o senador Wilder Morais reforçou a importância do trabalho de João Gomes ao lembrar a própria infância, oriundo de uma família com poucos recursos. “Venho de uma família muito pobre, muito simples. Quando criança, não tive uma casa própria para morar. As primeiras casas que consegui comprar foi depois da faculdade. É uma honra grande ver você à frente desta secretaria”, falou Wilder ao novo secretário.

GIH prende dois homens investigados por vários crimes em Luziânia-Go


foto: divulgação
A Polícia Civil, através do Grupo de Investigação de Homicídios, em mais uma operação, realizada no último dia 22/05, cumpriu mais dois mandados de prisão temporária expedidos contra Davidson Alecsandri Torres Araújo, vulgo “Deivim”, e Pablo Rodrigues da Silva, vulgo “Zezao”, em razão da prática de crimes de homicídio qualificado e tentativa de homicídio qualificado, perpetrados no início deste mês.

No dia dos fatos, as vítimas passeavam de bicicleta pelo bairro Parque Mingone II, quando foram abordadas pelos dois criminosos. Conforme narrado pela vítima sobrevivente, cuja identidade será mantida em sigilo, “Deivim” e Pablo afirmaram que pretendiam matar Igor (amigos das vítimas), mas como não o encontraram decidiram, naquele momento, os matar também.

Ato contínuo, ambos sacaram as armas de fogo que portavam, oportunidade em Pablo passou a efetuar disparos na direção de Wagner Silva dos Santos Sousa (morreu no local), enquanto “Deivim” atirou contra a outra vítima (sigilosa), que, mesmo tendo sido alvejada no braço direito, conseguiu fugir.

Davidson e Pablo são criminosos contumazes e de alta periculosidade. Recentemente, os delinquentes foram presos em flagrante pela prática de crime tráfico de drogas, e também são investigados como prováveis autores de outro crime de homicídio qualificado, ocorrido na madrugada do dia 13 deste mês.


(Tv CMN)

terça-feira, 23 de maio de 2017

Aleandra Sousa, uma mulher determinada na busca do desenvolvimento de Águas Lindas

A primeira-dama e secretária Municipal de Assistência Social, Aleandra Sousa, tem realizado um brilhante trabalho em favor da comunidade local nestes cinco anos à frente da pasta de social de Águas Lindas de Goiás. Em sua gestão, Aleandra recomenda à sua equipe o máximo de empenho para intensificar a assistência social à parcela mais necessitada da população e procurar executar ações integradas junto à sociedade, visando o seu desenvolvimento social, econômico e comunitário.
A Secretaria Municipal de Assistência Social vem executando planos, programas e projetos, para atender aos cidadãos de forma que os seus direitos possam ser garantidos. A Secretaria conta hoje com três Centros de Referências, que atendem à comunidade, com o objetivo de fortalecer a função protetiva da família, contribuindo na melhoria da sua qualidade de vida, prevenindo a ruptura dos vínculos familiares e contribuindo para o usufruto de direitos.
A secretária Aleandra, que atualmente preside o Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social (Coegemas), tem se empenhado em ouvir as reivindicações e anseios da comunidade, para atender as pessoas em suas diversas reivindicações, procurando resolver de forma eficiente e prestativa as questões apresentadas.
Visando atender de forma  emergencial as famílias que se encontram em situação de extrema necessidade, a Secretaria faz doação de cestas básicas às pessoas carentes. A doação é  feita mediante parecer social e às famílias inseridas em programas sociais. Estas famílias são  encaminhadas a cursos profissionalizantes para que dessa forma possam aprender uma profissão e gerir seu próprio sustento.
O idoso de Águas Lindas tem garantido o Passe Livre do Idoso, destinado às pessoas na faixa etária acima de 60 anos e portadores de necessidades especiais que recebem  a carteira do idoso emitida após a inclusão do mesmo no cadastro único. Os CRAS desenvolvem atividades voltadas ao fortalecimento de vínculos, através de projetos como Adolescentes em Ação, Cine Crás e Projeto Cegonha, entre outros, bem como a inserção dos beneficiários no mercado de trabalho através de cursos profissionalizantes como, Corte e Costura, Manicure e Pedicure, atualização do Cadastro do Bolsa Família, encaminhamentos para inclusão no Cadastro Único, Expedição de Carteira do idoso, Cesta Emergencial, entre outros.
O curso de informática na Biblioteca Municipal Cora Coralina, e para os idosos do Centro de Convivência do Idoso (CCI), leva a inclusão digital aos idosos que participam do CCI. O curso tem duração de três meses, com direito a um certificado no final. O curso atende 40 idosos, atualmente, sendo 20 no período da manhã e 20 a tarde. Por conta do grande índice de analfabetismo, o curso também será voltado para os idosos que não sabem ler e escrever, graças a uma parceria realizada entre a Secretaria de Assistência Social e a Secretaria de Educação, por meio da Biblioteca Municipal.
O CREAS realiza acompanhamento social aos adolescentes durante o cumprimento de medida socioeducativa e tem criado condições para a construção de projetos de vida que visem à ruptura com a prática de ato infracional estabelecendo contratos com o adolescente a partir das possibilidades e limites do trabalho a ser desenvolvido e normas que regulem o período de cumprimento da  medida socioeducativa.

De acordo com a primeira-dama, Aleandra Sousa, “o Serviço de Conveniência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) organiza-se de modo a ampliar trocas culturais e de vivências, desenvolver o sentimento e a identidade, fortalecer vínculos familiares e incentivar a socialização e a convivência comunitária”. No SCFV, as crianças participam de projetos e os jovens e idosos são atendidos por meio do Serviço de Convivência  e Assistentes Sociais, projetos como o Viver Bem e o Horta, atividades culturais, dança, teatro e socialização.

projeto Charão: mais de 20 mil votos e a conquista do Prêmio Nacional da Biodiversidade


Ana Maria Leal

O trabalho de 25 anos de uma equipe de pesquisadores do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Passo Fundo (ICB/UPF) e de biólogos da Associação Amigos do Meio Ambiente (AMA) mudou a história do papagaio-charão, ameaçado de extinção, e tem mudado também a do papagaio-de-peito-roxo, que também está na lista de espécies ameaçadas. O Projeto Charão foi uma das sete iniciativas de conservação da biodiversidade brasileira que receberam, na noite dessa segunda-feira, 22 de maio, o troféu do Prêmio Nacional da Biodiversidade. Ao todo, 17 finalistas, divididos em seis categorias (Academia, Empresas, Imprensa, Ministério do Meio Ambiente, Órgãos Públicos e Sociedade Civil), participaram da cerimônia de entrega do prêmio, realizada no Palácio do Itamaraty, em Brasília.
Desenvolvido com o envolvimento de alunos de pesquisa e de extensão da UPF e coordenado pelos professores Jaime Martinez e Nêmora Prestes, o Projeto Charão concorreu, na categoria Academia, junto a outras duas inciativas, mas foi na categoria especial Júri Popular que o 
projeto foi reconhecido. Todos os 17 finalistas estavam concorrendo nessa categoria especial. Foram mais de 20 mil votos na iniciativa ''Dois papagaios ameaçados da Floresta com Araucárias: um esforço de conservação comum'', que representou as ações do Projeto Charão.
A professora Nêmora Prestes, que acompanhou a cerimônia em Brasília, se emocionou ao receber o prêmio. ''Passados 25 anos, aplicando estratégias de conservação com ênfase no incentivo à criação de áreas protegidas, foi possível manter uma população em torno de 20 mil papagaios-charão. A experiência com o charão habilitou a equipe para hoje conduzir o Programa Nacional de Conservação do Papagaio-de-peito-roxo, desde o Rio Grande do Sul até Minas Gerais, orientado pelas metas do PAN Papagaios'', disse.
Também coordenador do Projeto, o professor Jaime Martinez comentou sobre a alegria pelo reconhecimento nacional e, especialmente, pela mobilização da comunidade acadêmica e regional. ''Ficamos felizes e honrados com o resultado e com a mobilização da comunidade e da imprensa, motivando e sensibilizando, o que certamente foi fundamental para conquistar o prêmio Júri Popular. Ficamos emocionados de ver o incentivo de professores, funcionários e das unidades acadêmicas e o reconhecimento nacional para um projeto que dá importância a esse ecossistema que é a floresta de araucária'', destacou.

O projeto
O Projeto Charão atua pela conservação da natureza, com foco em pesquisa e educação ambiental para a conservação da Floresta com Araucárias e sua biodiversidade, representada pelos papagaios-de-altitude (charão e peito-roxo). A partir deste ano, o projeto assumiu compromisso de executar o Programa Nacional para a Conservação do Papagaio-de-peito-roxo. Com duração prevista de quatro anos, a iniciativa busca executar metas previstas no Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Papagaios (PAN Papagaios), que será realizado em áreas prioritárias já identificadas no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina, no Paraná, em São Paulo e em Minas Gerais.
Em apoio ao projeto, o portal Gazeta teve um link direto para a votação:

Conheça os vencedores
Imprensa: Fauna Invisível - O Estado de São Paulo - Herton Escobar
Sociedade Civil: Projeto Periquito Cara-Suja - Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos - Aquasis
Empresas: Legado das Águas Reservas - Votorantim Ltda.
Ministério do Meio Ambiente: Planos de Ação Nacional para a Conservação da Biodiversidade - Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)
Órgãos Públicos: Saúde silvestre e inclusão digital: participação comunitária no monitoramento da biodiversidade - Fundação Oswaldo Cruz
Academia: Programa de conservação do cervo-do-pantanal - UNESP - FCAV - Núcleo de Pesquisa e Conservação de Cervídeos
Júri Popular: Dois papagaios ameaçados da Floresta com Araucárias: um esforço de conservação comum - Associação dos Amigos do Meio Ambiente
Fotos: Gilberto Soares/MMA.

Participantes do Enem têm até quarta (24) para pagar a taxa de inscrição

       Participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) têm até amanhã (24) para pagar a taxa do exame e, assim, confirmar a inscrição. O pagamento pode ser feito em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios. Os candidatos devem estar atentos aos horários estabelecidos pelas instituições onde realizarão o pagamento. O valor da taxa de inscrição é de R$ 82.
Devem pagar a taxa aqueles que não se enquadraram nos critérios de isenção e, na hora da incrição, tiveram um Guia de Recolhimento da União (GRU) gerado. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alerta que não confirmará inscrições cujo pagamento tenha sido efetuado por meio de GRU gerada fora do Sistema de Inscrição, assim como não aceitará inscrições em valores diferentes de R$ 82.
As instituições bancárias pedem um prazo de até três dias úteis para confirmação das inscrições. O Inep recomenda que todos os inscritos confirmem a situação de suas inscrições na Página do Participante. Dúvidas podem ser solucionadas pelo telefone 0800 616161 ou pelas Redes Sociais do Inep.
Pagamentos
O preço do Enem aumentou R$ 14 este ano. Pelas regras do edital, estão isentos da taxa os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio este ano, os participantes de baixa renda que integram o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e os que se enquadram na Lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento pessoas com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.
Atualmente, os pagamentos cobrem cerca de 30% do custo do exame, o restante é pago pelo Inep. No ano passado, por exemplo, o custo, de R$ 91,49 por participante, foi R$ 23,49 acima do valor pago. A autarquia diz que, mesmo com a alta, a inscrição no Enem está abaixo da média dos vestibulares do país, que é R$ 140.
Enem
As provas serão aplicadas em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro. O resultado das provas poderá ser usado em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).
Até a última atualização do Inep, mais de 6,5 milhões já tinham se inscrito na prova até as 15h da data limite, na sexta-feira (19). A expectativa da pasta é chegar a pelo menos 7 milhões de estudantes.


(Foto: Agência Brasil)

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Secretaria de Obras e Serviços Urbanos no Jardim Guaíra

A Prefeitura de Águas Lindas de Goiás, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos trabalha com várias frentes de trabalho diariamente, como é o caso do Jardim Guaíra que recebeu a equipe de recuperação das vias.

Segundo o secretário de Obras, Dinando, por conta das chuvas, algumas ruas estavam intransitáveis e a Secretaria foi ao local para fazer a terraplanagem. “Agora as ruas receberam cascalho e foram compactadas, prontas para o tráfego dos moradores”.

O secretário afirmou ainda que a determinação do prefeito Hildo do Candango é que as ruas sejam mantidas bem conservadas para facilitar o trânsito da comunidade. “Enquanto as verbas para as obras de infraestrutura para a região, nós temos o compromisso de deixar as vias com boa trafegabilidade. O prefeito Hildo já realizou o projeto para toda esta localidade, e nós estamos confiantes que em breve todos estes bairros serão asfaltados”, concluiu.

Prefeitura realizará entrega de repelentes para grávidas atendidas pelo Programa Bolsa Família

Por meio de sua Secretaria Municipal de Saúde, a Prefeitura de Águas Lindas de Goiás realizará a entrega de mais de 1,6 mil frascos com repelentes para as grávidas atendidas pelo Programa Bolsa Família, nesta terça-feira (23). O produto é uma ferramenta necessária para a prevenção da síndrome congênita provocada pelo vírus Zika. 
A distribuição será feita nos postos de saúde onde a mulher faz o pré-natal e nos centros de referência de assistência social. A estimativa da Prefeitura de Águas Lindas de Goiás é de que a estratégia de distribuição de repelentes contemple todas as gestantes registradas no programa. Uma análise feita pelo Ministério da Saúde, no ano passado, mostrava que a taxa de prevalência de bebês com microcefalia era maior entre mães na faixa etária até 24 anos, de cor negra e com até sete anos de escolaridade.
Além desta medida, a Prefeitura também se encarrega da distribuição de folders educativos e do acompanhamento diário dos agentes, para conscientizar a população sobre a importância do combate ao Aedes Aegypti, que além do vírus Zika transmite ainda a dengue e a febre Chikungunya.

Setor 02 recebe equipes de limpeza da Secretaria de Serviços Urbanos


A Prefeitura de Águas Lindas de Goiás, por intermédio da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos realiza várias ações pela cidade, e hoje (19), foi a vez do Setor 02 receber as equipes de roçagem e limpeza.

Segundo o secretário de Obras, Dinando, existe uma determinação do prefeito Hildo do Candango para que a cidade esteja sempre limpa e organizada. “Nós fazemos um calendário de serviços, e todos os dias nossas equipes estão nas ruas, fazendo a limpeza de lotes baldios, roçagem dos canteiros e retirando entulhos. Mas é importante que a população se conscientize e não jogue lixo nas ruas, e nem em lotes vagos”.

Dinando afirmou ainda que as equipes não param e seguem o cronograma para que a cidade se mantenha sempre limpa. “A ação é uma medida voltada à saúde pública, prevenção de patrimônio público e bem estar social. Quando se tem bairros e ruas limpos, se têm mais qualidade de vida”, concluiu.

Prefeitura realiza Conferência Municipal de Vigilância em Saúde

Nesta sexta-feira (19), a Prefeitura de Águas Lindas de Goiás promoveu a 1ª Conferência Municipal de Vigilância em Saúde e a 2ª Conferência de Saúde da Mulher de Águas Lindas no espaço Recanto da Família, localizado Setor 2, para debater os diagnósticos realizados na rede municipal de saúde.
A iniciativa foi conduzida por meio do Conselho Municipal de Saúde e contou com total apoio da Secretaria Municipal de Saúde. Na primeira etapa foram realizadas palestras com Bruna Saidelles, coordenadora do Núcleo de Vigilância Epidemiológica, que abordou o tema “Vigilância em Saúde”. Em seguida, a enfermeira Kelly Cavalcante apresentou a palestra sobre o tema “Saúde da Mulher”.
Representando o prefeito Hildo do Candango, o vice-prefeito, Luiz Alberto Jiribita, destacou o esforço realizado por servidores para promover a saúde da população com qualidade no atendimento. “Vocês são os melhores profissionais de saúde da região do entorno e, juntos, faremos o melhor para a nossa população. Estamos trabalhando para que isto ocorra o mais breve possível”, disse Jiribita.
O presidente da Câmara Municipal de Águas Lindas, vereador Rogemberg Barbosa participou da abertura da Conferência e agradeceu o empenho de todos os profissionais de saúde. O vereador destacou ainda que “a Casa de Leis tem importante papel no desenvolvimento seja discutindo e aprovando leis para a melhoria do sistema, bem como auxiliando na busca de emendas parlamentares para a construção de Unidades Básicas de Saúde e aquisição de equipamentos”.
O secretário de Saúde, Eduardo Rangel, informou a todos que em breve a UPA entrará em funcionamento e será a principal entrada de emergência do município, enquanto o Hospital Bom Jesus está sendo preparado para atender, de forma especializada, a saúde da mulher, com a abertura de vagas para realização de partos de baixo risco.
Os participantes realizaram oficinas e elaboraram propostas que depois de aprovadas serão encaminhadas pela etapa estadual da Conferência. Também foram eleitos os delegados que representarão o município nesta Conferência e data a ser anunciada.


Prefeitura segue com a campanha de vacinação contra a gripe em Águas Lindas A Prefeitura de Águas Lindas de Goiás informou que os trabalhos de imunização contra gripe continuam em todas as unidades de saúde do município. A campanha começou com a vacinação dos grupos prioritários que compõe o público alvo, e já atingiu mais de 50% da meta. Segundo o diretor de Vigilância em Saúde, Euder Viera, a vacina evitará a infecção pelo vírus H1N1. “O vírus H1N1 tem elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir espirrar ou pelas mãos, que após o contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz”, explica Euder. De acordo com o secretário de Saúde, Eduardo Rangel, os principais sintomas da H1N1 são febre de início súbito, acompanhada por tosse ou dor de garganta e, pelo menos, um dos seguintes sintomas: cefaleia, mialgia ou artralgia. Nos casos mais graves, geralmente, existe dificuldade respiratória e necessidade de hospitalização, situação denominada síndrome respiratória aguda grave. Eduardo recomenda e convoca a comunidade que se enquadra nos requisitos para procurar os postos de saúde. No Estado de Goiás em 2016, foram notificados 1.184 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 200 óbitos. Esses dados representam um aumento de 243% do número de casos e um aumento de 163% dos óbitos por SRAG em relação ao ano de 2015. Dos 1.184 casos de SRAG residentes em Goiás no ano de 2016, foram 370 casos de Influenza A/H1N1, 41 casos de Influenza B, 1 caso de Influenza A não subtipado e 02 casos de Influenza não subtipável. Destes casos, 96 evoluíram para óbito, sendo 90 por Influenza A/H1N1, 5 por Influenza B e 1 por Influenza não subtipável. Os fatores de risco predominante entre os óbitos foram pneumopatias e doenças cardiovasculares. Em 2016, Goiás ficou em 4º lugar no ranking nacional com uma cobertura vacinal de 96,98% e homogeneidade de 96,75%.

A Prefeitura de Águas Lindas de Goiás informou que os trabalhos de imunização contra gripe continuam em todas as unidades de saúde do município. A campanha começou com a vacinação dos grupos prioritários que compõe o público alvo, e já atingiu mais de 50% da meta. 
Segundo o diretor de Vigilância em Saúde, Euder Viera, a vacina evitará a infecção pelo vírus H1N1. “O vírus H1N1 tem elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir espirrar ou pelas mãos, que após o contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz”, explica Euder.
De acordo com o secretário de Saúde, Eduardo Rangel, os principais sintomas da H1N1 são febre de início súbito, acompanhada por tosse ou dor de garganta e, pelo menos, um dos seguintes sintomas: cefaleia, mialgia ou artralgia. Nos casos mais graves, geralmente, existe dificuldade respiratória e necessidade de hospitalização, situação denominada síndrome respiratória aguda grave. Eduardo recomenda e convoca a comunidade que se enquadra nos requisitos para procurar os postos de saúde.
No Estado de Goiás em 2016, foram notificados 1.184 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 200 óbitos. Esses dados representam um aumento de 243% do número de casos e um aumento de 163% dos óbitos por SRAG em relação ao ano de 2015. Dos 1.184 casos de SRAG residentes em Goiás no ano de 2016, foram 370 casos de Influenza A/H1N1, 41 casos de Influenza B, 1 caso de Influenza A não subtipado e 02 casos de Influenza não subtipável.
 Destes casos, 96 evoluíram para óbito, sendo 90 por Influenza A/H1N1, 5 por Influenza B e 1 por Influenza não subtipável. Os fatores de risco predominante entre os óbitos foram pneumopatias e doenças cardiovasculares. Em 2016, Goiás ficou em 4º lugar no ranking nacional com uma cobertura vacinal de 96,98% e homogeneidade de 96,75%.

Leia também