.

.

Hora Certa pra você

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Hildo do Candango trabalha constantemente para trazer benefícios e melhorias à comunidade de Águas Lindas de Goiás


Por determinação do prefeito Hildo do Candango, a Prefeitura de Águas Lindas de Goiás está realizando várias obras pela cidade. Toda a equipe de trabalho da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos está nas ruas e avenidas dos bairros existentes. Máquinas e tratores fazem a terraplanagem de ruas e avenidas, caminhões trazem o cascalho e as ruas ficam planas e acessíveis.
Enquanto isso, as grandes obras também têm a sua continuidade. Em muitos bairros os canteiros de obras estão montados e os trabalhadores não param, fazem asfalto, obras de rede de água pluvial, rede de esgoto, calçadas etc.

O prefeito quer uma cidade limpa e bem tratada e, para isso, a Secretaria de Obras e Serviços Públicos está operando com a equipe de limpeza nas ruas e avenidas dos bairros. Outra equipe trabalha na roçagem do mato, recolhimento do lixo e entulho, pintura do meio fio, limpeza e desentupimento de bocas de lobos, e a equipe da iluminação faz reparos e manutenção nos postes de iluminação pública, trocando lâmpadas queimadas e o reles.

Em audiência no Senado, Mendonça Filho diz que vai reformular o Fies

image
O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse hoje (16) que reformulará o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que até o ano passado acumulava dívidas de R$ 32 bilhões e inadimplência de 46%, e admitiu a descontinuidade do programa Ciência sem Fronteiras. O ministro participou de audiência pública no Senado Federal e fez um balanço do primeiro ano de gestão do governo de Michel Temer.
Para Mendonça, parte das polêmicas geradas na educação “nasceu em momentos anteriores” à sua posse. Segundo ele, foi no governo de Dilma Rousseff  que programas foram descontinuados e que a Pasta acumulou uma série de dívidas. O ministro destacou o corte de R$ 10,5 bilhões feito no orçamento na última gestão.
Em relação ao Ciência sem Fronteiras, destinado a incentivar o intercâmbio acadêmico, majoritariamente de estudantes de graduação nas áreas de exatas, o ministro disse que a abertura de vagas foi suspensa em 2015, portanto no governo de Dilma. “Assumo a decisão de não ter retomado o programa e sustento que não é um programa que atende aos mais pobres”.
De acordo com o ministro, foram gastos R$ 3,7 bilhões com 35 mil bolsas com o Ciência sem Fronteiras. “[O programa]  promove a inversão de prioridades, o atendimento de ricos em detrimento dos pobres. O orçamento é praticamente o mesmo da merenda escolar, que atende 41 milhões de estudantes, a um custo de R$ 90 por aluno por ano.”
No início da gestão, Mendonça Filho chegou a anunciar que o programa seria reformulado, atendendo a estudantes da pós-graduação. Na audiência de hoje, informou que as bolsas destinadas ao mestrado e doutorado, tradicionalmente oferecidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), foram ofertadas no primeiro ano de gestão, mas que o Ciência sem Fronteiras não chegou a ser retomado. “A decisão de Temer não foi para paralisar, foi de não retomar o programa”, afirmou.
Em relação ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que oferece financiamento a estudantes de baixa renda e com um desempenho mínimo no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de parte da mensalidade em instituições privadas de ensino superior, o ministro ressaltou que o programa será reformulado.
O Fies, de acordo com Mendonça acumulou um rombo de R$ 32 bilhões até 2016. A inadimplência é de cerca de 46%.  Segundo ele, isso se deve à má gestão do governo anterior. “Vamos reestruturar o programa garantindo o atendimento aos mais jovens, mas garantindo sustentabilidade do financiamento estudantil. Não dá para levar um programa que produz um rombo dessa magnitude quando quem paga a conta é justamente o contribuinte brasileiro sem o retorno adequado ”.
O Fies começou a ser reformulado no governo de Dilma, a taxa de juros aumentou e foram colocadas condições mínimas para obtenção do benefício. O ministro pretende fazer uma nova reformulação.
O ministro destacou ainda como medidas positivas realizadas durante a sua gestão a aprovação da Reforma do Ensino Médio, as mudanças feitas no Enem, que agora será aplicado em dois domingos e não servirá mais para certificar o ensino médio, a criação do MedioTec, espécie de braço do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) voltado a estudantes do ensino médio e a reformulação de programas como o Mais Educação – destinado a financiar escolas visando a aplicação do tempo integral.
Sobre o não cumprimento das metas do Plano Nacional de Educação (PNE), lei sancionada em 2014, que estabelece metas para melhorar a educação até 2024, incluindo o aumento do investimento para o equivalente a 10% do Produto Interno Bruto (PIB), o ministro diz que assumiu a Pasta em um cenário em que a lei já não estava sendo cumprida.
Segurança nas escolas
Perguntado sobre quais providências tomaria para que fosse garantida a segurança de professores e estudantes em escolas que estão em regiões de violência, o ministro diz que o MEC, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), pode “ofertar equipamentos de vigilância eletrônica para as escolas a partir das redes estaduais, com propostas formuladas pelas secretarias”.
Mendonça Filho ressaltou ainda que a expansão do tempo integral é necessária para manter os jovens na escola e afastá-los da violência. “Jovens fora da escola são vulneráveis, são presas fáceis. Quando se incrementa e duplica a oferta de matrículas em tempo integral, estamos protegendo jovens, garantindo a educação de maior qualidade e os retirando de ambientes mais vulneráveis nas grandes e e médias cidades do Brasil”.
Pelo PNE, o Brasil deve ter pelo menos 25% dos estudantes em tempo integral até 2024 – atualmente são 18,7% levando em consideração toda a educação básica. No ensino médio, são 6,4%. Com a reforma do ensino médio, o governo pretende incluir 500 mil jovens no tempo integral até 2018.

Coreia do Norte diz estar pronta para testar míssil intercontinental

0db90400185c1151e3be94784fa6fccd
A Coreia do Norte afirmou hoje (31) que está pronta para realizar um teste de um míssil balístico intercontinental (ICBM) “a qualquer momento”. A informação é da agência de notícias EFE.
As forças armadas norte-coreanas “estão prontas para a realização de um teste real de um ICBM a qualquer momento e em qualquer lugar, apenas aguardando uma ordem do líder supremo” Kim Jong-un, segundo informa um artigo do jornal Rodong Sinmun, órgão oficial do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte.
O próprio Kim Jong-un disse em seu anúncio de Ano Novo que o país estava na fase final do desenvolvimento de um míssil deste tipo, que, no futuro, pode alcançar o território americano com uma arma nuclear, o que daria ao regime recurso importante para a sua sobrevivência.
No texto divulgado pela agência estatal KCNA e em que o regime de Pyongyang analisa o teste americano, os norte-coreanos afirmam que nenhuma força estrangeira poderá parar os avanços do país asiático, “uma potência nuclear e de mísseis no Oriente”.
A Coreia do Norte disse que seguirá fortalecendo sua capacidade de “autodefesa” diante da “política hostil” dos Estados Unidos e advertiu que o governo do presidente Donald Trump tome “a decisão correta” já que se encontra “entre a vida e a morte”.
A mensagem de Pyongyang chega um dia depois de Washington ter realizado, com sucesso, em sua costa ocidental, um teste de intercepção de um míssil balístico intercontinental, no meio da crescente tensão militar com a Coreia do Norte.

Centro de Referência de Assistência Social do Jardim Barragem II realiza reunião do Programa de Atenção Integral à Família


A Secretaria de Assistência Social realizou mais uma reunião do Programa de Atenção Integral à Família (PAIF) e a Pré-Conferência Municipal de Assistência Social na manhã desta quarta-feira (31). Sediado na unidade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Jardim Barragem II, o evento contou com a presença da secretária titular da pasta, Aleandra Sousa, que apresentou informações sobre a importância da participação de todos nestas reuniões, que têm obtido grandes resultados percebidos pelo testemunho de vários participantes.
“Com a participação ativa de vocês, conseguimos avançar e contribuir para o crescimento de cada pessoa, que muitas vezes e por diferentes motivos se encontravam em vulnerabilidade. O apoio da equipe composta por vários profissionais e das oficinas ofertadas aqui permite a eles romper as barreiras e retomar suas vidas normalmente, muitas vezes conseguindo melhorar a condição de vida de toda a família”, disse a secretária Aleandra.

O PAIF oferece ações socioassistenciais de prestação continuada, por meio do trabalho social com famílias em situação de vulnerabilidade social com o objetivo de prevenir o rompimento dos vínculos familiares e a violência no âmbito de suas relações, e garantir o direito à convivência familiar e comunitária. O CRAS do Jardim Barragem II realiza esta reunião a cada 02 meses abordando temas escolhidos pelos usuários.

PF deflagra nova fase da Carne Fraca e prende ex-superintendente em Goiás

eca277fdc111e30736d8a1954bacf49b
Pouco mais de dois meses após deflagrar uma operação para desarticular um suposto esquema criminoso envolvendo fiscais agropecuários federais e empresários do agronegócio acusados de adulterar a qualidade da carne e de seus derivados, a Polícia Federal (PF) desenvolveu hoje (31) a segunda fase da Operação Carne Fraca.
O principal alvo da nova ação policial é o ex-superintendente do Serviço de Inspeção a Produtos de Origem Animal, da superintendência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em Goiás, Francisco Carlos de Assis.
Assis foi uma das pessoas conduzidas coercitivamente (quando o suspeito é levado a prestar depoimento e liberado em seguida) em 17 de março, quando foi deflagrada a primeira fase da Operação Carne Fraca. Além disso, a PF afirma que o investigado foi flagrado em interceptações telefônicas destruindo provas relevantes.
Segundo a PF, o ex-superintendente participava do esquema de corrupção, tendo impedido que uma “grande empresa” do setor alimentício fosse interditada em razão das irregularidades constatadas por fiscais que inspecionaram o estabelecimento.
Mandados de busca e apreensão
Além da prisão preventiva de Assis, os agentes federais também cumpriram hoje três mandados de busca e apreensão. Já na primeira fase da Operação Carne Fraca foram cumpridos 309 mandados judiciais em Goiás, Paraná e Minas Gerais, sendo 27 de prisão preventiva, 11 de prisão temporária, 77 de condução coercitiva e 194 de busca e apreensão.
A PF também investiga a suposta participação do ex-chefe do Serviço de Inspeção em Produtos de Origem Animal da superintendência goiana, Dinis Lourenço da Silva, que chegou a ser detido em caráter preventivo na primeira fase da Carne Fraca. Os investigados responderão pela prática de crimes obstrução de investigação criminal, além de outros crimes já identificados nos autos.
A nova operação foi batizada de Antídoto, em referência à ação para impedir que os investigados deem continuidade a eventuais ações criminosas e preservar as provas que ainda não tenham sido recolhidas.

Hildo do Candango revolucionou a educação, diz vereador Silvério

Durante uma reunião recente do Poder Legislativo de Águas Lindas de Goiás, o vereador Silvério Correa citou o prefeito Hildo do Candango como um revolucionário  da educação do município. Silvério foi o gestor da Secretaria Municipal de Educação durante quatro anos.
“As ações efetivas do prefeito Hildo no setor de educação proporcionam uma organização operacional prática nos exercícios técnicos das áreas administrativa, pedagógica, de merenda escolar, do transporte escolar e nos projetos e programas educacionais”, disse Silvério. No evento, o vereador também destacou as ações do Programa Mais Educação, que trabalha com as necessidades dos educandos por meio de atividades socioeducativas no contraturno escolar.

Hildo do Candango promoveu o fortalecimento do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) e a criação do Departamento de Educação Continuada, que oferece formação continuada aos funcionários lotados na Secretaria de Educação, em parceria com órgãos competentes de formação para cada serviço. Atualmente, o departamento realiza encontros de formação continuada para professores da Educação Infantil, Etapas I e II, quinzenalmente com 128 professores matriculados.

Prefeitura de Águas Lindas intensifica o Programa Nutrição nas Escolas

Com o apoio do Departamento de Merenda Escolar, a Secretaria Municipal de Educação de Águas Lindas de Goiás está intensificando os trabalhos de acompanhamento nutricional nas escolas da cidade por meio do Programa Nutrição nas Escolas. Nesta terça-feira (30), a Escola Municipal Meg Luz recebeu as nutricionistas Andréia Tatiane e Quedma Trindade, que iniciaram a coleta de dados, como peso e altura, dos alunos para verificação em relação às medições anteriores.
O Programa Nutrição nas Escolas contará ainda com uma apresentação aos pais e comunidade sobre o tema “Alimentação Saudável na Infância”. Para a nutricionista Quedma Trindade, “este é o momento ideal para que os pais possam elucidar as suas dúvidas a respeito da alimentação de seus filhos e das ações de educação nutricional, em que os alunos poderão participar ativamente, interagindo e conhecendo a importância e o valor nutricional dos alimentos”.
De acordo com o secretário de Educação, Deusimar Macedo, o projeto tem como objetivo promover hábitos alimentares saudáveis a partir da potencialização e difusão de conhecimento sobre a educação alimentar e nutricional, além do fortalecimento da segurança alimentar para a comunidade escolar. “O procedimento junto às crianças é previamente autorizado por seus pais ou responsáveis, para posteriormente iniciarmos as intervenções nutricionais”, garante o secretário Deusimar.

O prefeito Hildo do Candango diz que o cardápio da merenda escolar mantém a mesma qualidade e variedade dos alimentos, e tem atendido a toda comunidade escolar. “Esse cardápio é feito mensalmente por nutricionistas habilitadas e os pedidos enviados com antecedência aos fornecedores que fazem a entrega de hortifrúti e carnes semanalmente, sendo a entrega de estocáveis realizada a cada 15 dias”, frisa o prefeito.

terça-feira, 30 de maio de 2017

Sem Globo, CBF irá comandar transmissão de amistosos da Seleção

819010ccb907ce613d8e66f9cee44169
A exclusividade da TV Globo em relação seleção brasileira parece estar chegando ao fim. A CBF lançou um projeto que pretende produzir e transmitir os amistosos time canarinho a partir de agora.
As duas primeiras experiências devem acontecer nos dois próximos amistosos contra Austrália e Argentina respectivamente. Os dois jogos serão realizados em Melbourne.
No novo modelo, a TV Brasil irá exibir os amistosos. A CBF comprou o horário na TV estatal para exibir as duas partidas. Os valores da compra de espaço não foram divulgados.
A expectativa é que a Bandeirantes seja anunciada como parceira da CBF na TV aberta. A iniciativa da CBF segue uma tendência mundial do esporte. Clubes e ligas de todo mundo já produzem seus próprios eventos e arrecadam dinheiro diretamente com anunciantes em diferentes plataformas.
Até o fim de 2016, a Globo detinha de forma exclusiva os direitos de todos os amistosos da seleção brasileira. Até o momento, a CBF não fechou contrato com a emissora carioca e a expectativa é de que as partes envolvidas não cheguem a um acordo.
Pelo novo modelo, a operação será baseada nos estúdios da CBF que ficam na sede da entidade, no Rio de Janeiro. De lá, Pelé irá comentar o desempenho do time canarinho. Cinquenta profissionais no Brasil e na Austrália estarão envolvidos na exibição dos jogos.
Além de disponibilizar os dois amistosos na TV aberta, a CBF deve fechar acordo com o Facebook para transmitir os jogos da seleção brasileira.
Antes do Mundial de 2018, a seleção brasileira deve fazer oito amistosos —entre eles a esperada ‘revanche’ contra a Alemanha. A TV Globo deverá transmitir o Mundial de 2018 e o Catar em 2022 já que negociou os direitos de transmissão diretamente com a Fifa.

Câmara Municipal de Águas Lindas será palco da audiência pública para formatação do Plano Plurianual 2018/2021

Por meio de sua Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento, a Prefeitura de Águas Lindas promoverá a Audiência Pública para captar as demandas oriundas da comunidade, dando continuidade à coleta de informações para a formatação do Plano Plurianual (PPA) 2018/2021. O evento acontecerá no dia 1º de junho, na Câmara Municipal de Águas Lindas de Goiás, e tem como tema principal o “Eixo Social e Humano”.
Líderes comunitários, presidentes de associações e outras entidades organizadas no município podem participar do evento levando sugestões para serem incluídas no plano. O prefeito Hildo do Candango enfatiza que a participação da sociedade no processo de formatação é muito importante. “Quem deve nortear as ações a ser tomadas no futuro é a nossa gente. São eles que vivenciam, trazem sua contribuição e também visam à melhoria da qualidade de vida de todos”, afirma o prefeito.
O secretario da Fazenda, Nilson Serafim, destacou a importância do PPA. ”Estaremos realizando quatro audiências públicas, cada uma com um eixo temático diferente. São eles Eixo Social e Humano, Espaço Urbano e meio ambiente, Economia, Governo e gestão pública. É muito importante que todos participem das discussões”, disse o secretário.

As secretarias municipais de Educação, Ciência e Tecnologia; Assistência Social, mulher, Cidadania e Trabalho; Esporte e Lazer; Saúde; Administração e Gestão de pessoas e a área da segurança do Município estarão envolvidas na realização das audiências.

Prefeitura de Águas Lindas divulga agenda do 5° Arraiá da Educação

Nesta 5ª edição, o Arraiá da Educação será realizado no estacionamento do Águas Lindas Shopping, nos dias 09, 10, 11 de junho. Com o objetivo inicial de promover a integração de servidores de todas as unidades escolares que compõem a rede municipal de ensino e a comunidade, o Arraiá deste ano conta com uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia e o Águas Lindas Shopping, para ofertar aos participantes uma melhor estrutura.

Programação do 5º Arraiá da Educação

09 de Junho
Gil Pinheiro& Cerrado
Dj Derlan
Quadrilha Alegria do Sertão
Quadrilha Fornalha

10 de junho
Marcos Blenner e Banda
Dj Derlan
Quadrilha Matutos da Cidade
Quadrilha Maluca

11 De junho
Forró Bmol
Dj Derlan
Quadrilha Maltrapilhos
Quadrilha Cafuné

Locução Marco Viana

Inep divulga resultados preliminares da avaliação de alfabetização para escolas

alunos-rede-estadual
As escolas poderão consultar a partir de hoje (22) os resultados preliminares dos estudantes na Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA) e, caso discordem, poderão interpor recurso até o dia 5 de junho. A divulgação dos resultados finais será em agosto, quando a imprensa, os gestores públicos e demais interessados terão acesso aos dados da avaliação.
A ANA avalia os níveis de alfabetização e letramento em língua portuguesa, a alfabetização em matemática e as condições de oferta do Ciclo de Alfabetização das redes públicas. Passam pela avaliação todos os estudantes do 3º ano do ensino fundamental matriculados nas escolas públicas no ano da aplicação da avaliação. No ano passado, os testes foram aplicados para 2,5 milhões de estudantes, de 50 mil escolas e 100 mil turmas.
Terão acesso aos resultados apenas as instituições de ensino com, no mínimo, 10 estudantes matriculados no momento da avaliação e que tiveram taxa de participação de 80% dos matriculados no 3º ano, de acordo com os dados do Censo Escolar 2016. As escolas têm de manter atualizado o cadastrono Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para receber os resultados.
Últimos resultados
Os últimos resultados da avaliação, de 2014, mostram que pouco mais de 56% dos estudantes do 3º ano do ensino fundamental de escolas públicas não conseguiram superar os dois primeiros níveis do aprendizado de matemática, ou seja, não conseguem, por exemplo, resolver alguns tipos de problemas com número naturais maiores que 20 e ler horas em relógio analógico (de ponteiro).
Em leitura, a maioria dos alunos (55%) ficou nos dois piores níveis, dentre quatro, significando que eles não conseguem localizar informação explícita em textos de maior extensão e identificar a quem se refere um pronome pessoal.
No caso da escrita, que tem cinco níveis, cerca de 65% dos alunos alcançaram os dois melhores patamares da avaliação, o que significa que têm capacidade de escrever palavras com diferentes estruturas silábicas e textos correto e coerentes.

Academia Aguaslindense de Letras participará da Feira do Livro de Brasília


A Academia Aguaslindense de Letras (Aletras) adquiriu um stand para expor suas produções na 33ª Feira do Livro de Brasília, que ocorrerá entre os dias de 16 e 25 de junho, nas varandas do Pátio Brasil Shopping.

PROGRAMAÇÃO DA ALETRAS
PALESTRAS:
1 - Tema: “BULLING – Violência nas escolas”
Palestrante: Professora Rose Rodrigues, escritora, acadêmica Titular da Aletras;
2 – Tema: “A UNIFORMIDADE DE TRATAMENTO NA POESIA”
Palestrante: Professor Filemon Félix de Moraes, escritor, Presidente da Aletras.
Datas pretendidas: sexta-feira, sábado ou domingo
LANÇAMENTOS LITERÁRIOS:
1 – Livro: Gênero: Coletânea de poesias e poemas: Título: “CANTOS DAS PEDRAS E DAS FLORES” – Organizadores da obra: Denise Viana Toledo e Elias Antunes
Autores: Denise Viana Toledo; Digérson Juvêncio de Almeida; Divino Damasceno; Elias Antunes; Elizeu José de Sena; Érika Luiza Pires Oliveira; Gil Roberto Gomes de Almeida; Ismar Lemes de Abreu; Juliano Vieira Antunes; Luiz Felipe Vitelli; Marinalva Mota; Mauro Rocha; Paulo Generoso; Políbio Alves; Silvaline Pinheiro; Sônia Elizabeth e Wesley Marcos Dias
2 – Livro: Gênero: romance; Título: “ANJO E DIABO”
Autor: Pedro Gomes da Silva, poeta escritor, Acadêmico Titular e Diretor da Aletras;
Dia pretendido: 17 de junho no período da tarde
3 – Livro: Gênero: poesias; Título: “EQUINÓCIO DE PRIMAVERA – letras para canções”
Autor: Rômulo Víctor , poeta, escritor, professor, Acadêmico Titular e fundador da Aletras;
Dias pretendidos: nas sexta, sábado e domingo
4 – livro: Gênero: poesias; Título: “CERTAS COISAS CERTAS”
Autor: Professor Filemon Félix de Moraes, escritor, professor, Presidente da Aletras;
Dias pretendidos: sexta, sábado e domingo
5 – Livro: Gênero: Coletânea de contos e prosas; Título: “HÁ LETRAS EM PROSA”
Autores: Alberto Pessoa; Filemon Félix de Moraes; Herotíldes Milhomem; Hézio Teixeira; João Alberto; Pedro Gomes; Rose Rodrigues, Sabrina de Almeida e Valter Melo
6 – Livro: Gênero: Coletânea de poesias e poemas: Título: “HÁ LETRAS EM VERSO”
Autores: Abílio Wolney Neto, André Rocha; Antônio Vanderley; Filemon Félix de Moraes; Gegê Brasil; Herotíldes Milhomen; Leopoldo de Saint Just; Luh Veiga; Márcio de Jesus; Rômulo Víctor; Sabrina de Almeida e Vânia Lúcia.
Dias pretendidos: sexta, sábado e domingo
7 – Livro: Gênero: literatura infantil; Título: “AS AVENTURAS DA TURMA DA LETRINHA”
Autora: Sabrina de Almeida
Dias pretendidos: sexta, sábado e domingo.
SARAUS POÉTICOS MUSICAIS
– INTITULADO: “SARAU DAS ÁGUAS”
- O mesmo será no formado por declamação de poesias e poemas; cordéis; repentes; com dramatização e música com voz, violão, pandeiro e saxofone, apresentados por um “mestre de cerimônias”. TEMPO DE DURAÇÃO: 02 horas

Participação de escritores e poetas da Aletras (Academia Aguaslindense de Letras e da Anale (Academia Anapolina de Letras), são eles: Antônio Vanderley Santos; André Rocha; Vânia Lúcia; Rômulo Víctor; Filemon Félix; Sabrina de Almeida; Herotildes Milhomem; Rose Rodrigues; Hézio Teixiera; Ismar Lemes de Abreu; Pedro Gomes da Silva; Jorge Montanha; David Rocha; Ana Maria Rocha; Abílio Wolney Aires Neto; Gegê Brasil; Xaxá do Pandeiro; Cleiton do Sax; Major Saint Just; Simone Santos; Márcio de Jesus; Dérik Reis; Luh Veiga; Carlos Máximo; Alberto Pessoa; Mestre Ribamar; Júnior Marques; Paulo Fernando; Chico de Aquino; José Lopes; Taynara Camilo, Aurtistela Holanda Lopes; Carminha Manfredini, Professor Mesquita, Valter Melo, João Batista Reis, Marcos Aurélio Barbosa, Professor Fabiano Maia, Chico de Aquino, Ednaldo Azevedo do Ninho dos Artistas, Moisés Tavares, Evandro do Cetep, Dr. Marrocos, Christiano Ramos.

Cerca de 600 mil candidatos tiveram problemas de acesso à inscrição do Sisu

sisisu
Cerca de 600 mil candidatos podem ter sido afetados por problemas na inscrição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), de acordo com o Ministério da Educação (MEC). As inscrições foram abertas hoje (29) para a oferta de vaga em instituições públicas de ensino superior com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016.
Estudantes relataram nas redes sociais que enfrentaram problemas na hora de inserir os dados no site do Sisu. Eles eram informados de que a inscrição ou a senha estavam erradas.
O MEC e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) identificaram um problema na sincronização de bases dos dois órgãos. Segundo o MEC, o problema já foi sanado e os candidatos possivelmente afetados estão recebendo informações sobre a troca de senha para acessar o sistema normalmente.
As inscrições começaram hoje e vão até o dia 1º de junho. Para se inscrever, o candidato precisa ter feito o Enem 2016 e não ter tirado nota zaro na redação. Mais de 6,1 milhões fizeram o Enem no ano passado. Ao todo, serão ofertadas 51.913 vagas em 1.462 cursos de 63 instituições públicas de ensino, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais.
O Sisu terá uma única chamada e a divulgação do resultado está prevista para 5 de junho. Também nessa data será aberta a lista de espera, que permanecerá disponível até 19 de junho. As matrículas dos alunos selecionados ocorrerão entre os dias 9 e 13 de junho, e a convocação da lista de espera será feita a partir de 26 de junho.

Prefeitura de Águas Lindas de Goiás realiza Pré-Conferência Municipal de Assistência Social no Centro de Referência de Assistência Social do Centro Unificado de Esportes e Lazer

A Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Águas Lindas de Goiás realizou a Pré-Conferência Municipal de Assistência Social nesta terça-feira (30). O evento fará parte das atividades do Programa de Atenção Integral à Família (PAIF) do Centro de Referência de Assistência Social do Centro Unificado de Esportes e Lazer (CEU), localizado no setor 11.
A secretária de Assistência Social, Aleandra Sousa, destacou a importância deste evento, que tem como principal objetivo trazer a participação dos usuários do sistema municipal de assistência social dando voz ativa a todos por meio das opiniões coletadas. “Estamos nos preparando para a nossa Conferência Municipal de Assistência Social, que será realizada no dia 02 de agosto, no salão de festas Espaço das Águas, localizado no setor 01, às margens da BR 070. Nesta etapa municipal, levantaremos demandas e sugestões de políticas públicas para debatê-las na etapa Estadual. Por isto o evento é importante para todos”, disse Aleandra.

A palestra do PAIF no evento foi ministrada por alunas da Faculdade JK e coordenada pela enfermeira Fátima Monteiro. O grupo também realizou aferição de pressão e glicemia, além de marcação de consultas para ginecologista. Conselheiros Municipais de Assistência Social também ministraram palestras no evento sobre o direito do cidadão de acesso ao Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Ao final da Pré-Conferência, todos os participantes receberam atendimentos de saúde e a coordenadora do CRAS CEU, Marileide Pereira, efetuou a entrega de dezenas de passaportes do idoso.

Centro de Referência de Assistência Social do Jardim Barragem II convoca a comunidade para a reunião do Programa de Atenção Integral à Família

Por meio da Secretaria de Assistência Social e do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Jardim Barragem II, a Prefeitura de Águas Lindas de Goiás convida a comunidade residente neste setor para mais uma reunião do Programa de Atenção Integral à Família (PAIF), na manhã desta quarta-feira (31). O evento contará ainda com a realização da Pré-Conferência Municipal de Assistência Social.
As atividades do PAIF são marcadas por palestras, mensagens e distribuição de enxovais para as mulheres grávidas do Projeto Cegonha, entrega de carteirinhas do idoso, entre outras. Para a secretária de Assistência Social, Aleandra Sousa, “o evento ressalta a importância das famílias e o grande respeito com que devemos tratá-las”.

Segundo a coordenadora do CRAS do Jardim Barragem II e assistente social, Denise Araújo, “na gestão atual, a Prefeitura sempre disponibiliza a logística necessária para o desenvolvimento dos projetos junto à comunidade por meio do CRAS”. A coordenadora destaca ainda que “qualquer cidadão pode buscar os serviços das unidades do CRAS Santa Lúcia, CRAS CEU, no setor 11, e CRAS Barragem II”.

Após acordo, votação da reforma trabalhista é transferida para terça; acompanhe

lindbergh-farias-vanessa-grazziotin-e-romero-juca-durante-debate-em-comi
Acordo feito entre senadores governistas e de oposição transferiu a votação do texto da reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Econômicos para a próxima terça-feira (6). O acordo, costurado entre o senador Paulo Paim (PT-RS) e senadores governistas, prevê que hoje (30) seja feita apenas a discussão da proposta no colegiado.
Para dar celeridade à tramitação da proposta, a expectativa é de que o Senado mantenha o mesmo texto aprovado pela Câmara dos Deputados, já que qualquer mudança de mérito obrigaria o retorno do texto à análise dos deputados.
O relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) rejeita todas as quase 200 emendas apresentadas por senadores. O parlamentar rechaça, em seu relatório, as críticas de que o texto retira direito dos trabalhadores.
Antes de ir à votação no plenário do Senado – o que a base aliada do governo espera que aconteça até o dia 15 de junho – a proposta que trata da reforma trabalhista ainda precisa passar pelas comissões de assuntos Sociais, onde Ricardo Ferraço também é relator, e pela Comissão de Constituição e Justiça, cujo relator é Romero Jucá (PMDB-RR).

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Restaurante Cidadão de Águas Lindas retoma atividades


O Restaurante Cidadão de Águas Lindas reabriu nesta segunda-feira (29), após passar por uma reforma completa que ocasionou a suspensão das atividades no início do mês de maio.
A suspensão do serviço foi solicitada à Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) pela Prefeitura Municipal, para reformar completamente o imóvel, visando oferecer maior segurança e conforto aos usuários. As obras ocorreram dentro do prazo previsto.

O Restaurante Cidadão está situado na Área Especial A-1, quadra L, Mansões Pôr do Sol e regularmente serve 1 mil refeições por dia.

EVANDRO MARCOU PRESENÇA NA FEIRA DO PEROLA 2 NESSE DOMINGO \\



Hildo e Aleandra prestigiam a chegada da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima em Águas Lindas

Acompanhado pela primeira-dama, Aleandra Sousa, o prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango,  prestigiou a chegada da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima ao município, neste sábado (27). Uma multidão de fies percorreu as ruas da cidade até chegar a Paróquia São Maximiliano, no bairro Village. 

A imagem de Nossa Senhora de Fátima permanecerá na cidade até cumprir a agenda nas paróquias locais. A expectativa é que  milhares de fiéis participem das celebrações.

Celina Leão aposta em campanhas educativas para reduzir mortes no trânsito


A Câmara Legislativa do DF (CLDF) começou a semana defendendo que a educação no trânsito pode fazer a diferença nas estatísticas de acidentes e mortes no trânsito. Nesta segunda-feira (29), encerrou a campanha MAIO AMARELO com sessão solene em reconhecimento aos serviços prestados pelos profissionais que trabalham no trânsito, por iniciativa da deputada Celina Leão (PPS) e do presidente da CLDF, deputado Joe Valle (PDT).

Sob o título ‘Minha Escolha faz a Diferença’ no Trânsito, Celina destacou que neste mês de maio em que se chama a atenção para a importância das escolhas dos motoristas na segurança do trânsito, é preciso despertar a conscientização do cidadão sobre a direção segura. 

“Prestamos homenagem aos profissionais que trabalham no trânsito em prol da prevenção, redução e atendimento de acidentes no transito do Distrito Federal”, esclareceu Celina, destacando que o Maio Amarelo é um movimento internacional que visa chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito de todo o mundo. “Temos de chamar a atenção da sociedade sobre os altos índices de mortes, feridos e sequelados permanentes no trânsito no país e no mundo, mobilizar o seu envolvimento”, justificou.

Celina destacou que cerca de 43 mil pessoas morrem por ano no Brasil vítimas de acidentes de trânsito. E sublinhou que a Câmara Legislativa tem aprovado leis direcionadas à melhoria da mobilidade e conscientização dos motoristas do DF. “Por exemplo, a legislação que permitiu a utilização pelos brasilienses de aplicativos como o Uber, favorece muito nessa prevenção. Hoje, muitas pessoas que saem para beber, deixam seus carros em casa e chamam o Uber. Com isso, os índices de acidentes têm diminuído significativamente em todo o DF”, registrou.

A programação começou com apresentações externas dos trabalhos daqueles envolvidos na educação e no socorro de vítimas, a exemplo do Detran-DF, DER, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, DNIT, Secretaria de Educação do DF e Secretaria de Mobilidade do DF.

Os convidados, entre representantes dos órgãos de trânsito, servidores, autoridades do GDF, alunos da rede pública de ensino do DF, estudantes e professores da Santa Helena, Escola Classe da 411 Norte, Escola Classe Vila RCG do Cruzeiro. Também estavam presente, os guardas mirins de Sobradinho II e São Sebastião e os bombeiros mirins da Estrutural e da Ceilândia, que assistiram as apresentações e vibraram com os cães treinados para busca de material ilegal e também na simulação de resgate.

Na programação ocorrida no Auditório da Casa, os alunos assistiram com atenção as informações dadas pelos personagens “Faixa de Pedestre”, “Semáforo” e a “Morte”, que desenvolveram um diálogo simples e de fácil compreensão pelos pequenos. Cada um dos personagens falou de sua importância para salvar vidas e as consequências no caso de quem não as obedecem, que pode chegar à morte.

No final dos trabalhos, foram entregues moções de louvor e placas àqueles que têm se dedicado às atividades ligadas a área de trânsito do Distrito Federal.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

a Secretaria de Saúde realiza entrega simbólica de kits para Agentes de Combate ndemias e Agentes Comunitários de Saúde

Em parceria com o Governo do Estado de Goiás, a Prefeitura de Águas Lindas promoveu a entrega simbólica de kits de trabalho destinados aos Agentes de Combate a Endemias e aos Agentes Comunitários de Saúde. O kit contém uma blusa, prancheta, caneta e boné. O evento contou com a participação do secretário de Saúde, Eduardo Rangel, do diretor de Vigilância, Euder Vieira, do coordenador de Endemias, Lourisvan Santiago, da diretora de Atenção Básica, Ana Carolina, e do coordenador de Atenção Básica, Leonardo Leal.

No evento, o secretário de Saúde destacou a determinação do prefeito Hildo do Candango em buscar a integração das equipes para uma maior cobertura do combate ao mosquito Aedes aegypti, erradicando os possíveis focos de infestação. “Graças a esta nova metodologia que está sendo implantada, com trabalho conjunto entre as equipes, os índices de infestação aferidos é cada vez menor. Mas devemos estar sempre vigilantes para que não ocorra nenhuma epidemia”, disse Eduardo Rangel.

ONU condena uso recorrente da força por policiais no Brasil

194845
A Organização das Nações Unidas e a Comissão (ONU) e a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) emitiram hoje (26) comunicado em que condenam o uso excessivo da força por policiais no Brasil. Na nota, as entidades demonstram preocupação com o “uso recorrente da violência” e citam três casos recentes de repressão policial nos meios agrário e urbano do país.
Os organismos condenaram ações da Polícia Militar durante as manifestações da última quarta-feira (24), em Brasília. O protesto reuniu cerca de 45 mil pessoas que protestavam contra as reformas trabalhista e Previdenciária e as recentes denúncias de corrupção envolvendo o governo.
A manifestação começou pacífica e, ao avançar em direção ao Congresso Nacional, terminou em tumulto, com depredação de prédios públicos e conflito entre alguns manifestantes e policiais. Para dispersar a confusão, a Polícia Militar utilizou bombas de efeito moral e balas de borracha.
Segundo balanço da PMDF, 49 pessoas ficaram feridas, oito foram detidas e foi aberta investigação sobre uso de arma de fogo por agentes durante o protesto. Para a ONU e o CIDH, o uso de armas de fogo é uma medida extrema que deve ser excluída no controle de protestos sociais.
Sobre os protestos, o governo de Brasília emitiu nota dizendo que a PMDF “agiu de acordo com o protocolo tático integrado assinado pelos governos federal e distrital, no mês passado, em que a segurança dos prédios públicos federais ficou sob a responsabilidade da União.” Informou ainda que “eventuais excessos serão rigorosamente apurados”.
Os organismos internacionais também condenaram a ação policial durante a operação de retirada de dependentes químicos da área conhecida como Cracolândia, em São Paulo, e a ação de despejo realizada pelas polícias civil e militar em uma fazenda do Pará, que resultou na morte de dez pessoas. Todas as ações ocorreram no mesmo dia.
Em São Paulo, as secretarias municipal e estadual de segurança pública disseram que não tinham conhecimento da operação policial. No Pará, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social argumentou que os policiais foram recebidos a tiros durante a operação para cumprimento de mandados judiciais.
O comunicado da ONU cita o decreto emitido pelo governo federal autorizando a convocação das Forças Armadas e sua revogação no dia seguinte ao protesto de Brasília. A ação foi justificada pelo Ministério da Defesa para garantir da lei e a ordem na cidade, além da preservação do patrimônio público e da segurança dos servidores.
O Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos – por meio de seu escritório na América do Sul – e a Comissão Interamericana alertaram as forças de segurança para que respeitem as normas internacionais de direitos humanos. Segundo a nota, os padrões internacionais estabelecem que “o uso da força por parte dos órgãos de segurança deve estar definido pela excepcionalidade, e deve ser planejado e limitado proporcionalmente pelas autoridades”.
As entidades afirmam que condenam qualquer ato de violência e pedem aos manifestantes que exerçam o direito à manifestação de forma pacífica. Convocaram, ainda, o Estado brasileiro a “garantir e proteger a integridade física e a segurança dos manifestantes”.

Monumentos no país ficam iluminados para chamar a atenção sobre o glaucoma

elevador_lacerda_em_salvador (1)
O Cristo Redentor vai ficar iluminado de verde hoje (26) à noite para alertar a população brasileira sobre o glaucoma (lesão do nervo óptico que pode provocar cegueira). A doença afeta mais de 2 milhões de pessoas no Brasil, sendo que a maioria não sabe que tem glaucoma, e em torno de 60 milhões em todo o mundo. Hoje é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma. Em Salvador, o Elevador Lacerda também ficará iluminado.
Os recentes avanços no tratamento da doença glaucoma estão sendo debatidos no 17º Simpósio Internacional da Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG), que ocorre até amanhã (27) no Rio de Janeiro, com a participação de mil especialistas nacionais e estrangeiros.
O secretário-geral da SBG, Emílio Suzuki, disse que a iluminação visa a tornar o glaucoma conhecido. “Porque nós dependemos muito do conhecimento cultural da população, para que ela vá ao oftalmologista. É a única ferramenta que consegue segurar essa doença”. Ele explicou que o nervo óptico sofre degeneração que, em geral, ocorre por aumento da pressão ocular, e a pessoa não tem sintomas.
”É uma doença assintomática, não dói. Com o tempo, como esse nervo que leva as imagens ao cérebro, para a gente poder enxergar, vai sendo degenerado, a pessoa vai perdendo a visão aos pouquinhos e, geralmente, a perda não é aguda, não é de imediato. Nem é central também. É periférica e lenta. Por isso, é muito difícil ser percebida nos estágios iniciais”. Daí a importância do diagnóstico precoce para a prevenção do glaucoma, disse Suzuki.
Fatores de risco
Um dos fatores de risco para o glaucoma é a idade. Pessoas acima de 40 anos são mais suscetíveis à doença. “O olho foi feito para durar bem até os 40 anos. Depois dessa idade, já começa a dar alguns sinais de fraqueza, como a visão cansada para perto”. O sistema de drenagem ocular fica mais lento e falha com mais frequência em pessoas acima de 40 anos. “Quarenta anos é uma idade importante para ter, pelo menos, uma consulta básica ao oftalmologista por ano”, recomendou.
O glaucoma tem também uma característica genética e hereditária. Existe uma associação grande entre parentes, e a chance de desenvolver a doença é mais intensa entre irmãos. Segundo Emílio Suzuki, o fato de o pai ou a mãe ter glaucoma não condena o filho a ter glaucoma. “E o fato de ninguém ter na família também não exclui você da possibilidade de aparecer. Mas os casos familiares te colocam no grupo de risco maior”. A incidência de glaucoma entre irmãos é, às vezes, de seis a nove vezes maior do que em uma pessoa que não tem ninguém na família.
Têm mais chance ainda de desenvolver a doença os hipertensos e diabéticos, que apresentam muitas vezes problemas de vascularização do nervo óptico, além dos afrodescendentes. Em relação a esses últimos, Suzuki disse que ocorre no mundo inteiro maior chance de os afrodescendentes terem glaucoma mais agressivo e avançado. No Brasil, a miscigenação da população aumenta a incidência da doença. Não se sabe ainda a razão de indivíduos da raça negra terem glaucoma, mas estima-se que é um fator ligado à genética. Por isso, a raça negra funciona como um fator de alerta e influencia muito no diagnóstico, afirmou.
A única maneira de descobrir o glaucoma é o médico oftalmologista, porque não é só a pressão do olho que está envolvida. No início da doença, não há sintomas. Crises de glaucoma agudo, em casos esporádicos e raros, podem deixar o olho vermelho. Suzuki esclareceu, entretanto, que a vermelhidão do olho é sinal de uma gama infinita de doenças. “Pode ser uma simples irritação, uma conjuntivite, uma úlcera de córnea, uma uveíte. Por isso é o médico que vai saber se é glaucoma ou não. De maneira geral, não é”.
De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 4,5 milhões de pessoas em todo o mundo ficaram cegas devido ao glaucoma. O governo brasileiro tem um programa de assistência aos portadores de glaucoma. Quase 500 mil pessoas cadastradas no programa recebem remédios de graça, destacou o especialista.
Dr. Consulta
Segundo o oftalmologista Eduardo Mariotonni, da Rede Dr. Consulta, existem dois tipos comuns de glaucomas: o de ângulo aberto primário, quando o líquido circula livremente no olho e a pressão tende a subir lentamente ao longo do tempo, e uma forma menos frequente da doença, denominada agudo ou de ângulo fechado, no qual a pressão aumenta rapidamente porque o fluxo normal de líquido dentro do olho fica bloqueado.
Mariotonni reforçou que o exame de rotina é importante porque a maioria dos pacientes com glaucoma não sente nada até que a doença esteja avançada. “Quando o médico descobre no início, antes de o paciente ter qualquer sintoma, o tratamento é mais fácil e com mais chance de dar certo”, afirmou. Segundo ele, a visão perdida devido ao glaucoma não pode ser recuperada, mas a doença pode ser controlada, diminuindo a pressão do olho como uso de medicamentos.
Elevador Lacerda
Até a próxima quarta-feira (31), o Elevador Lacerda, em Salvador, também recebe iluminação verde no período da noite, como forma de alertar a população para a prevenção e os riscos da doença.
Por isso, a recomendação é que sejam feitos exames periódicos com um médico oftalmologista. O tratamento, segundo o Ministério da Saúde, pode variar de acordo com o caso detectado: desde o uso de colírios até cirurgias. Quando os exames preventivos não são realizados, a doença pode avançar silenciosamente e causar cegueira.
A OMS lembra que, a cada ano, são registrados 2,4 milhões de novos casos de glaucoma no mundo.

TCDF acolhe pedido de Celina Leão para que Metrô pague adicional de periculosidade


O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) acatou o pedido da deputada Celina Leão (PPS) que reivindicou a concessão de adicional de periculosidade para todos os pilotos de trens da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal, o Metrô-DF. A Corte aceitou as argumentações da parlamentar que denunciou a ilegalidade da empresa ao não pagar a gratificação a esses servidores.
Segundo Celina Leão, dos 120 pilotos do Metrô-DF, apenas 40 recebem o adicional de periculosidade. “Os outros 80, apesar de desempenharem a mesma função, não gozam do mesmo benefício”, explica a deputada lembrando que a atitude do Metrô-DF fere diretamente o princípio básico constitucional da isonomia no serviço público.
De acordo com a representação da parlamentar junto ao TCDF, alguns pilotos do Metrô-DF já garantiram o seu direito na justiça. “Como o direito igualitário de recebimento do adicional de periculosidade não alcançou todos os pilotos, decidimos tomar essa atitude e já iremos descansar quando todos forem beneficiados”, concluiu Celina.
A assessoria do Metrô/DF confirmou que o órgão foi notificado e se pronunciará ao TCDF dentro do prazo de 15 dias.

Unidade Básica de Saúde do Jardim Barragem II realiza atividades em comemoração ao Mês das Mães

A Unidade Básica de Saúde do Jardim Barragem II realizou uma série de atividades, com direito a café da manhã e sorteio de brindes, para as usuárias dos serviços do local, na manhã desta sexta-feira (26). De acordo com a coordenadora da unidade, enfermeira Tel, “além dos atendimentos oferecidos rotineiramente, o evento contou com a realização de palestras entre outros serviços, todos voltados à saúde da mulher em virtude do alto índice de câncer do colo útero”.

A Rede Municipal de Saúde está recebendo uma série de investimentos e modificações nos protocolos de atendimentos, que visam o reforço do atendimento da rede de atenção básica de saúde.

Leia também