A notícia em primeira mão: Rotam voltará às ruas com patrulhamento sem identificação

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Rotam voltará às ruas com patrulhamento sem identificação

Cel. Edson o novo comandante da Policia Militar de Goiás.
A Polícia Militar de Goiás apresentou as novas metas para combater a violência crescente em Goiás principalmente no entorno do DF. As medidas incluem o retorno às ruas, em até 15 dias, dos policiais do Batalhão de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), com uniformes e carros pretos.
A instituição criará um batalhão velado, para fazer o policiamento sem identificação. Já o Entorno ganhará 30 unidades de policiamento comunitário, no molde das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) do Rio de Janeiro. Mas os planos dos responsáveis pela segurança pública receberam duras críticas de entidades defensoras dos direitos humanos, inclusive da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República — as mudanças nos quadros e na maneira de agir foram anunciadas pelo novo comandante da PM goiana, coronel Edson Costa Araújo, empossado na segunda-feira.
Os homens de preto vão para as ruas combater o crime.
Segundo o coronel Edson Costa Araújo, é preciso apertar o cerco à criminalidade. “Isso é uma máxima para nós. Podemos estabelecer um nível de preocupação e de medo por parte do marginal. Mato que tem onça, macaco não desce do pau”, afirmou, em entrevista coletiva. As medidas têm total apoio do secretário de Segurança Pública de Goiás, João Furtado Neto. “Os homens de preto estão de volta”, ressaltou.
Sobre a região vizinha ao DF, onde os policiais civis estão em greve há 38 dias, o comandante Edson Araújo afirmou estar “trabalhando em conjunto com policiais da região”. “A culpa é da situação política. Ainda não perdemos território ali, mas estamos caminhando para isso. A miséria não respeita divisa, e o Distrito Federal precisa entender que a solução é um trabalho em conjunto”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também