.

.

HORA CERTA

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Fazer Diferente.

Muitos dizem que os frutos do investimento em Educação são 
colhidos somente a longo prazo. Entendo que, em um período mais longo, 
vamos garantir melhorias socioeconômicas por meio da educação. Mas, 
do ponto de vista do aprendizado, o resultado é imediato. Hoje somos 
o primeiro lugar no ranking nacional do Índice de Desenvolvimento da 
Educação Básica (Ideb) – no início deste governo, éramos o 16o.
Acredito que, na Educação, cada dia letivo, cada aula conta. O 
ensino e a aprendizagem ocorrem no presente. O tempo é agora. E todas 
as mudanças trazidas pela reforma educacional implantada em Goiás, o 
Pacto Pela Educação, foram pensadas para que nossos alunos aprendessem 
mais a cada dia. Mesmo assim, o Pacto foi alvo de inúmeras críticas. A 
diversidade de opinião é natural em uma democracia, mas contra fatos não 
há argumento. O bom resultado que tivemos prova que estamos no rumo 
certo.
Entendo que as mudanças que ocorreram na rede estadual nos 
últimos anos mexeram muito com a rotina de todos os profissionais da 
educação. Em um momento em que era necessário tomar medidas, muitas 
vezes, tidas como impopulares, é importante termos um gestor com a 
capacidade de Marconi Perillo, capaz, inclusive, de romper barreiras 
político-partidárias para melhorar a educação e de entender que resistência 
é natural quando as mudanças são profundas.
O governo sempre manteve a convicção de que esse era o caminho 
certo e necessário para que Goiás desse um salto de qualidade na Educação. 
E hoje os números do Ideb comprovam isso. Nos anos iniciais do Ensino 
Fundamental, a rede estadual atingiu nota 6,0, patamar educacional 
médio de países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento 
Econômico (OCDE).
Todas as medidas adotadas foram decorrentes de um grande trabalho 
de planejamento e gestão, mas elas não seriam possíveis se não tivesse o 
comprometimento de quem está no chão da escola. O sucesso, inclusive, 
só é decorrente de trabalho conjunto, que envolve professores, gestores, 
coordenadores, tutores e todos os demais servidores da educação.
O primeiro lugar no ranking Ideb prova também que as mudanças 
trazidas pelo Pacto têm gerado um impacto altamente positivo para 
nossos alunos, que são a verdadeira razão de todos os nossos esforços. 
Reformamos todas as escolas estaduais e incentivamos os professores 
que estão em sala de aula, não faltam e planejam suas aulas, por meio do 
Programa Reconhecer.
Reconhecemos ainda o esforço dos mais de 15 mil alunos da rede 
estadual que mais se dedicaram por meio do Prêmio Aluno. Combatemos 
fortemente a evasão escolar, através de ligações telefônicas que foram 
feitas para os pais dos alunos que estavam faltando às aulas. A criação 
de um currículo referência também foi fundamental nesse processo, 
garantindo equidade de aprendizagem a todos os alunos. Com a tutoria 
pedagógica, foi oferecido suporte pedagógico permanente às escolas.
Concordo que ainda há um longo caminho pela frente e isso nos 
desafia a melhorar cada vez mais. A mudança é um caminho íngreme, mas 
Goiás está no topo. Olhando para o presente, o Estado tem garantido aos 
jovens goianos a perspectiva de um futuro melhor. Uma prova clara de 
que vale a pena abrir a cabeça para novas idéias e tentar fazer diferente. 
Sempre que possível, importante reconhecer o trabalho especial feito por 
cada professor, que foi capaz de viver e promover mudanças e de entregar 
os melhores resultados da educação no Brasil. Tenho muito orgulho de ter 
feito parte disso.
Thiago Peixoto é economista, deputado federal (PSD) e ex-secretário da 
educação do Estado de Goiás.
Por: R.T.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também