.

.

HORA CERTA

sexta-feira, 22 de março de 2019

VALPARAÍSO DE GOIÁS Senador Luiz Carlos recebe comitiva do Entorno Sul do DF

O senador Luiz Carlos (MDB), que assumiu a vaga do hoje governador do Estado de Goiás Ronaldo Caiado (DEM), recebeu em seu gabinete, na terça-feira (19), uma comitiva de políticos dos municípios de Valparaíso de Goiás, Santo Antônio do Descoberto e Luziânia. A comitiva, liderada por Miguelzinho da Saúde, estava composta pelos presidentes dos Poderes Legislativos Zé Antônio (Valparaíso de Goiás) e Paulinho Cabeleireiro (Luziânia), pelo vice-prefeito de Santo Antônio do Descoberto Aleandro do Renascer, Everaldo Brandão (presidente do PROS Santo Antônio do Descoberto), Valdivino de Oliveira (presidente do MDB Santo Antônio do Descoberto), Valter Contador (Valparaíso de Goiás), Cel. Carlos Silvano (Valparaíso de Goiás) e o Padre Wany (Valparaíso de Goiás). Falando pela comitiva, o presidente da Câmara de Valparaíso de Goiás, o vereador Zé Antônio (MDB), apresentou uma pauta de reivindicações tendo como carro chefe o transporte do Entorno para o Distrito Federal, hoje com uma das passagens mais cara do Estado e ônibus sucateados. O congestionamento da BR-040, a falta de iluminação pública no trajeto que cruza o município de Valparaíso de Goiás e os transtornos causados pelas chuvas de março por falta de infraestrutura urbana. Durante o encontro, o senador lembrou os desafios que se apresentarão nos próximos anos, principalmente com relação à ajuda da União. “Prometo a vocês que tudo farei para cruzar essas cidades com asfalto e infraestrutura. Onde precisar e sei quais as prioridades de cada município da hoje Região Metropolitana. Prometo a vocês que tudo farei para gerar desenvolvimento”, disse. A Região Metropolitana é a única no Brasil a ser beneficiada por um programa especifico para o desenvolvimento da infraestrutura, educação e redes de águas e esgoto que não foi usado em beneficio destes municípios. “Todos os dias saem dessas cidades para trabalhar no Distrito Federal por salário um pouco maior que o salário-mínimo grande número de pessoas. Se a gente conseguir viabilizar polos nas cidades, essas pessoas não precisariam perder duas horas para vir e duas horas para voltar”, afirmou

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também