.

.

HORA CERTA

terça-feira, 16 de abril de 2019

Hildo do Candango e Ibaneis lutam pela criação da Região Metropolitana de Brasília

Reunião com a comissão mista acontece neste momento, no Plenário 2 do
Senado Federal e Hildo do Candango e Ibaneis Rocha lutam para que a
criação da Região Metropolitana seja aprovada.
A criação da Região Metropolitana de Brasília tem sido uma luta do presidente
da Associação dos Municípios Adjacentes a Brasília (AMAB) e prefeito de
Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango.
Hildo tem participado efetivamente de todas as reuniões e debates sobre a
criação da Região Metropolitana de Brasília e acredita que a medida trará
grandes benefícios para todas as cidades próximas a Brasília que lutam por
melhorias em áreas como saúde e transporte.
"Nossas cidades sofrem há tempos com saúde e transporte precários, os
gestores fazem o possível, mas temos nossas limitações. Apesar de
geograficamente próximo ao DF vivemos uma realidade totalmente diferente,
com renda per capita inferior e alto nível de vulnerabilidade social." Disse Hildo
do Candango.
O governador de Brasília, Ibaneis Rocha, também defende a criação da Região
Metropolitana e pede agilidade para que a medida seja aprovada, de acordo
com o governador a região já existe, mas não é legalmente reconhecida o que
impede a criação de projetos com estas cidades.
Ainda de acordo com Hildo a união entre os municípios tem sido primordial
neste momento para que a Região Metropolitana seja criada, de fato e contar
com o apoio do governador de Brasília Ibaneis reforça que os prefeitos estão
no caminho certo para garantir o efetivo desenvolvimento de todas as cidades
da região.
Neste momento ambos os lideres participam de uma reunião com a comissão
mista para avaliação do relatório elaborado pelo delator da MP, deputado José
Nelto, e reforçam ao lado dos demais prefeitos a importância da criação da
Região em prol do desenvolvimento das mais de 30 cidades que compõem a
RIDE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também