.

.

HORA CERTA

terça-feira, 21 de maio de 2019

Paralisação do programa federal “Minha Casa Minha Vida” preocupa autoridades municipais

Em busca da reativação do programa habitacional “Minha Casa Minha”, que
está paralisado no Estado de Goiás, O prefeito Hildo do Candango tem
realizado uma verdadeira peregrinação no Governo Federal para resolver o
problema e retomar o aquecimento da construção civil, um dos principais
geradores de emprego do município.
O assunto tem sido amplamente debatido em diversas audiências com as
autoridades federais, principalmente com diretores da Caixa Econômica
Federal e com o Governo de Goiás no sentido de mobilizar forças para
retomada do aquecimento da área.
Recentemente o secretário municipal de Habitação e Assuntos Fundiários,
Giovane Machado, reuniu-se com dezenas de construtores no sentido de
envidar esforços para superar a crise, desta reunião foi criada uma comissão
para tratar o assunto em diferente esfera.
O secretário informou, ainda que recentemente, esteve com o Governador
Ronaldo Caiado, que estava em visita à cidade de Valparaiso de Goiás e
acompanhado do deputado estadual Diego Sorgato e vários construtores do
município, onde pode expor as dificuldades enfrentadas pelo setor.
“É absurdo o que estão fazendo com nosso estado, enquanto em outros
estados o programa está funcionando normalmente. No Goiás o programa está
paralisado, ameaçando, com isto, o emprego de várias pessoas, impedindo o
cidadão comum de realizar o seu sonho da casa própria e impactando
diretamente na receita dos municípios”, disse Giovane.
O Governador Ronaldo Caiado comprometeu-se em realizar gestão junto à
Caixa Econômica Federal e o Ministério do Desenvolvimento Regional, e
paralelo a isso, os construtores estão se organizando para fazerem uma
grande manifestação em Brasília, em conjunto com os trabalhadores da
construção civil que deverá acontecer nos próximos dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também