.

.

HORA CERTA

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Secretaria de Segurança Pública do Tocantins forma novos operadores aerotáticos para atuação em multimissões

Os novos falcões, como são conhecidos os operadores aerotáticos do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), órgão vinculado à Superintendência de Segurança Integrada da Secretaria de Segurança Pública (SSP), celebraram na quarta-feira, 19, uma conquista histórica. Eles finalizaram com êxito o I Curso Operacional Aerotático (COA) e receberam várias homenagens e honras em solenidade especial com os chefes das forças de segurança do Tocantins e familiares dos formandos. O curso foi ministrado nas dependências da Escola Superior de Polícia (Espol) e também em campo. Teve a duração de 54 dias e contou com a participação inicial de 28 alunos, sendo 12 concluintes, 10 do Tocantins e dois do Amapá. No início da solenidade, os espectadores assistiram à realização de manobras pelos formandos, com o uso do helicóptero da SSP, Tocantins 01. Eles realizaram três técnicas distintas de infiltração de tropa: a primeira delas, no desembarque em vôo pairado; a segunda, em desembarque no avançado e a terceira, no desembarque em rapel. Tomado pela emoção, o major da Polícia Militar Denys Gomes Dalla, coordenador do curso, destacou que esses homens querem combater a criminalidade e dar apoio aéreo na Segurança Pública do Tocantins. “O primeiro COA demonstrou quão valorosos são os guerreiros que compõem este grupamento aéreo. O curso virou um projeto de vida para todos, voltado para atuação multimissão de policiais e bombeiros. Não nos amedrontamos com as dificuldades que apareciam. Propomos fazer um curso à custo mínimo para o Estado, disponibilizamos os melhores instrutores para um curso de alto nível”. O secretário de Estado da Segurança Pública, Cristiano Sampaio, reforçou o caráter histórico do curso e enfatizou a conquista de cada um dos formandos. “É um dia de vitória o esforço e a dedicação que esse momento representa. A família também é importante nesse processo, pois são os que sentem mais falta do policial que está todo dia nas ruas, cada vez que ele sai para cumprir uma missão. O Ciopaer ganha, a integração entre as instituições ganha, as forças de segurança ganham e a sociedade também. A tarefa da polícia não é uma tarefa fácil, é extensa e é desafiadora”. A solenidade se encerrou com o descerramento da placa de conclusão do I Curso de Operador Aerotático do Tocantins. Camila Negre/ Governo do Tocantins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também