A notícia em primeira mão: Atualização do Cadastro Único é fundamental para continuar recebendo benefícios sociais

quinta-feira, 25 de julho de 2019

Atualização do Cadastro Único é fundamental para continuar recebendo benefícios sociais

Ao se inscrever no Cadastro Único, é fundamental que o beneficiário do
programa forneça informações verdadeiras e as mantenha sempre atualizadas
para que o benefício social não seja bloqueado ou até cancelado.
A atualização do cadastro deve ser realizada em casos como estes:
 Mudança de endereço;
 Entrada das crianças na escola e transferências;
 Saída de casa de algum integrante da família;
 Nascimento ou morte de alguém da família.
Para manter o cadastro no Cadastro Único atualizado basta comparecer até a
unidade Cadastro Único - Bolsa Família com as documentações necessárias:
 Certidão de Nascimento;
 Certidão de Casamento;
 CPF – Cadastro de Pessoa Física;
 Documento de Identidade – RG;
 Carteira de Trabalho;
 Título de Eleitor;
 Comprovante de residência e dos seus familiares.
O Cadastro Único deve ser mantido atualizado, pois influencia na continuidade
da liberação dos benefícios sociais por parte do governo. É importante lembrar
que o governo utiliza essas informações para conhecer as necessidades dos
beneficiários dos programas e assim aprimorar os serviços para melhor atender
a todos.
Portanto, mesmo que não ocorra nenhuma mudança na realidade das famílias,
é necessário que o cadastro seja atualizado a cada dois anos obrigatoriamente,
para que o governo possa averiguar a real situação socioeconômica das
famílias e também para que o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS)
promova ações de verificação cadastral, para combater inconstâncias de
informações e realizar o cruzamento de dados com as bases do próprio
governo.
“Nós sempre incentivamos a população que recebe algum benefício social
como o Bolsa Família, para que atualize suas informações no Cadastro Único a
cada mudança de endereço e telefone, caso haja gestação e até transferências
escolares.
É importante que os dados pessoais estejam atualizados, pois é fundamental
para continuar recebendo os benefícios. Essas exigências não são nossas e

sim do governo. Mas informamos para que a nossa população não tenha os
seus benéficos bloqueados ou até cortados”, disse a secretária de Assistência
Social, Aleandra Sousa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também