.

.

HORA CERTA

segunda-feira, 1 de julho de 2019

Audiência Pública marca apresentação do projeto básico do transporte público municipal

A Prefeitura de Águas Lindas de Goiás através da Secretaria municipal de
Transportes e Trânsito, realizou na última sexta-feira (28) na Câmara Municipal
uma audiência pública aberta à população, com o objetivo de coletar
informações e sugestões que visam o aprimoramento do projeto básico do
serviço regular de transporte público coletivo urbano de passageiros de Águas
Lindas, que deverá ser licitado e o processo finalizado até o final do ano.
Por meio de licitação a Prefeitura de Águas Lindas espera melhorar a
qualidade do serviço ofertado à população com o aumento de números de
viagens nas 8 linhas preestabelecidas no contrato com a possibilidade da
criação de novas linhas. O número de viagens em todo sistema passará das
atuais 127 viagens diárias distribuídas nas 8 linhas para 185 com intervalos de
30 minutos.
A condução dos trabalhos foi feita pelo secretário da pasta, Vicente Manoel, e
contou com a presença do vice-prefeito Luiz Alberto Jiribita, do presidente da
Câmara Municipal Rogemberg Barbosa, e dos vereadores Eder Nunes, Neide
Enfermeira, Aluísio da Artec, Evandro do Rainha da Paz , Osmar Resende e
Anderson da Modelli, lideranças comunitárias dezenas de motoristas e
cobradores da COOTRAP, representantes da empresas de transporte UTB e
Taguatur e usuários do sistema de diversos setores do município.
O projeto básico assinala que a outorga para a exploração do serviço no prazo
de 10 anos com a implantação de um Centro de Controle Operacional e
bilhetagem eletrônica. “Por determinação do prefeito Hildo do Candango,
estamos tomando todos os cuidados necessários para não ter nenhum tipo de
problema jurídico. Esta audiência é a última etapa para prosseguir com o
processo de licitação. O Edital deverá ser publicado nos próximos 30 dias e
todo o processo deverá ser finalizado até o final do ano”, informou o secretário.
O vereador Eder Nunes destacou a importância da audiência dizendo: “a
audiência foi muito boa e de grande importância. Nesta tivemos a oportunidade
de conhecer o projeto principal, a forma de atuação e principalmente de fazer
críticas e sugestões, a Secretaria de Transporte está de parabéns pelo projeto
e principalmente pela transparência demonstrada”, disse o vereador.
As principais diretrizes inseridas no projeto básico são: racionalizar o serviço
regular de transportes através da redução do tempo de viagem, integração
tarifária, otimização e renovação da frota, ampliação e padronização de
frequências para cada linha, redução do custo geral do serviço regular de
transporte, fornecer transparência quanto a administração dos recursos do

sistema e estabelecer instrumentos regulatórios e contratuais com foco na
prestação do serviço ao usuário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também