.

.

HORA CERTA

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

HGP conta com Núcleo e Atendimento à Pessoa em Situação de Violência

No intuito de ofertar um acolhimento, atendimento humanizado e especializado à pessoa em situação de violência com direcionamento à rede de proteção e assistencial foi sistematizado o atendimento, já realizado e implantado em março deste ano, o Núcleo de Atendimento à Pessoa em Situação de Violência (Nuave) no Hospital Geral de Palmas (HGP). O serviço surgiu diante do crescente número de atendimentos realizados a pacientes nas mais diversas situações de violência assistidos pelas equipes do Hospital Geral de Palmas (HGP), desde pronto socorro a internação. O Nuave atende por mês de 80 paciente e até 200 atendimentos. Segundo a psicóloga do Nuave, Raphaella Pizani o serviço funciona da seguinte forma: a equipe realiza uma busca ativa e também atendimentos conforme solicitação das equipes assistenciais do HGP pela solicitação de parecer ao núcleo. A equipe é formada por psicólogo, assistente social e enfermeira. “Atendemos a toda pessoa que esteja em situação de violência ou com suspeita de violência, seja ela violência física interpessoal, violência autoprovocada, violência sexual, negligência e abandono, bem como a realização da assistência às pessoas com ideação e planejamento de autoextermínio e automutilações”. O núcleo atua em parceria com Rede de Proteção à pessoa em situação de violência como delegacias especializadas: Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM), Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Delegacias Especializadas de Crimes Contra a Proteção à Criança e ao Adolescente (DECA), Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP, além da Defensoria Publica (Nudem), Ministério Público Estado (MPE), Patrulha Maria da Penha e o Tribunal de Justiça. O serviço conta com suporte da Rede Assistencial Estratégia Saúde da Família (ESF), Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) Centros de Atenção Psicossocial (Caps), Ambulatório Infantil, Serviços de Atenção Especializada às Pessoas em Situação de Violência Sexual (Savis) do Hospital e Maternidade Dona Regina Siqueira Campos (HMDR), Serviço de Referência no Atendimento de Crianças em Situação de Violência no Tocantins (Savi) do Hospital Infantil de Palmas (HIP). O Serviço também vem atuando em parceira com a Patrulha Maria da Penha e participando em ações fora do HGP, com palestras de conscientização sobre todos os tipos de violência. Em junho foi realizada ação direcionada à população no Taquari. Luciana Barros/ Governo do Tocantins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também