A notícia em primeira mão: DF ganha projeto social focado na saúde mental de jovens

domingo, 22 de setembro de 2019

DF ganha projeto social focado na saúde mental de jovens

Brasília ganhou, nesta quinta-feira (19), um projeto para dar aos jovens a oportunidade de aprender novas habilidades, por meio de oficinas, de maneira a auxiliar aqueles sem grandes expectativas de vida. Intitulada Juventude Sustentável, a iniciativa tem o apoio de diversas secretarias e órgãos do Governo do Distrito Federal, entre estes, a Secretaria de Saúde (SES). Na prática, a parceria permitirá que jovens com sintomas de problemas de saúde mental sejam encaminhados às unidades do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e a outros serviços da pasta. “Esse trabalho é maravilhoso e nos traz a esperança de trabalhar na prevenção ao suicídio e à automutilação”, destaca o secretário de Saúde, Osnei Okumoto. “Sabemos que 98% dos casos de autoextermínio têm causas diretamente ligadas a problemas de saúde mental”. Fundamentada na pesquisa que aponta o suicídio como segunda causa de morte de pessoas entre 15 e 29 anos, a coordenadora e idealizadora do projeto, Bárbara Susan, criou um programa de sustentabilidade para ajudar esse público a retomar a autoestima. “As oficinas vão ajudar os jovens a cuidar do meio ambiente, a lidar com a sustentabilidade”, explica. “Teremos, ainda, um coworking [método de trabalho que se baseia em espaço compartilhável] sustentável que vários projetos ambientais do DF poderão usar como sede”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também