A notícia em primeira mão: Notícia de Goiás – Pacto Goiano Pelo Fim da Violência Contra a Mulher

terça-feira, 26 de novembro de 2019

Notícia de Goiás – Pacto Goiano Pelo Fim da Violência Contra a Mulher

O governador Ronaldo Caiado anunciou na última semana o pacto goiano pelo
fim da violência contra a mulher no Estado de Goiás. De forma contundente e
otimista, afirmou: “não tenham dúvida: da mesma maneira que reduzimos a
criminalidade em Goiás, vamos reduzir o índice de feminicídio em nosso
Estado”.
O Estado de Goiás já chegou a ocupar o segundo lugar em casos de
feminicídio. Diante dessa situação, o governador declarou que o ‘todos por
elas’ não é só mais uma frase de efeito, é algo para ser cumprido. “Em briga de
homem com mulher, o governo vai meter a algema no agressor”, concluiu.
O Governo de Goiás está empenhado nesta luta. Em agosto a Polícia Civil
prendeu 151 suspeitos de abusos sexuais em Goiás na Operação Violare. A
ideia agora é avançar com a criação do aplicativo “Goiás Seguro”, pelo qual
qualquer pessoa poderá acionar a Polícia Militar pelo celular diante de um caso
de violência.
Além disso, contará também com a Sala Lilás, um espaço adequado e
exclusivo para a realização de exames de corpo de delito nas vítimas.
Outro ponto forte é a determinação de que toda autoridade que integra a
Segurança Pública em Goiás – policiais civis e militares, agentes penitenciários
e bombeiros – está “vestida com a prerrogativa” de algemar os agressores e
leva-los à delegacia mais próxima.
Na ocasião, o governador assegurou que nenhum cidadão envolvido em
agressão à mulher será nomeado no Estado e que, aquele que o fizer, já sendo
servidor, será exonerado.
O presidente da Associação dos Municípios Adjacentes à Brasília – AMAB,
Hildo do Candango comemorou a iniciativa do Estado em combater o
feminícidio em Goiás.
“Como presidente da AMAB, sou conhecedor das necessidades do Entorno.
Estamos trabalhando para estabelecer políticas públicas em todos os
municípios através do pacto goiano que foi anunciado pelo governador Ronaldo

Caiado com intuito de proteger as mulheres e reduzir os índices de feminicídio
em Goiás. Não podemos nos calar diante de tamanha violência”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também