A notícia em primeira mão: Goiás tem situação privilegiada na pandemia em relação aos demais Estados, diz Caiado em live da ABC

sábado, 11 de abril de 2020

Goiás tem situação privilegiada na pandemia em relação aos demais Estados, diz Caiado em live da ABC

ABC Digital - Em live nesta última quinta-feira, 9, direto do Palácio das Esmeraldas para os veículos de comunicação da Agência Brasil Central (ABC), o governador Ronaldo Caiado disse que, dentro do perfil e da gravidade da pandemia do coronavírus, a situação de Goiás ainda é privilegiada na comparação com os demais Estados brasileiros, e até com países de economias de economias bem mais fortes. O balanço em Goiás é de 179 casos registrados da doença (patamar no chamado estágio 2) e o número de óbitos permanece em 7. Lembrou, contudo, que a rede hospitalar goiana já tem potencial para enfrentar o estágio 4 da pandemia, o que dá um certo conforto sem no entanto perder o equilíbrio. Ele atribuiu os resultados aos esforços do Governo do Estado e de todos os goianos, ressaltando que agora estão sendo recompensados. Contou ainda que falou com um colega senador de Manaus, o qual comentou sobre a difícil situação atual do Amazonas, que pela facilidade de acesso de lá para Miami (EUA), se tornou um dos Estados com maior número de casos da Covid-19. E ainda há o risco de a virose chegar às aldeias indígenas, o que é preocupante. Prometeu que, após dia 19 de abril, serão elaborados protocolos para flexibilizar o decreto de isolamento social, mas pediu que as pessoas não tenham muita ansiedade em relação a isso. Informou ainda que cada família que possui filho na escola, e faz parte do Cadastro Único da Rede Estadual de Ensino, já está com R$ 150,00 depositados na conta bancária, com o único objetivo de melhorar a alimentação dos filhos. Citou que os recordes do Cadastro são uma senhora de Abadiânia e outra de Jataí, que têm seis filhos cada, e receberam o benefício proporcional ao número de crianças, ou seja, tiveram direito a R$ 900,00 cada. “Esse dinheiro é desde o dia 19 de março, quando cancelamos as aulas, até o dia 18 de abril, estamos com tudo pago hoje, já com antecedência de dez dias”, afirmou Caiado. Segundo ele, esse dinheiro é fruto de economia feita pelo Estado de Goiás para que possa melhorar a qualidade de vida das pessoas. São quase 92 mil alunos e mais de 72 mil famílias que estão recebendo o benefício, o que dá um total de cerca de R$ 13,4 milhões por mês de repasse. Além disso, os alunos estão recebendo toda a grade curricular e toda a tarefa de casa. Parabenizou a secretária da Educação, Fátima Gavioli, diretores e professores pelo trabalho realizado. HOSPITAIS ESTADUALIZADOS O governador informou ainda que os cinco hospitais em municípios do interior que foram estadualizados – quatro após autorização da Assembleia Legislativa (Alego) e um por força de decisão judicial – vão propiciar entre 1.300 a 1.500 novos leitos no Estado, contribuindo para a descentralização do atendimento prestado aos pacientes goianos. Isso fora as estruturas das policlínicas, cujas unidades serão inauguradas este ano em Posse (já está funcionando), Quirinópolis e Goianésia. Os novos hospitais estadualizados são em São Luiz dos Montes Belos. Formosa, Luziânia, Jataí e Itumbiara, esse último por determinação judicial. Admitiu que será um peso financeiro para o Estado e já está trabalhando para equipar essas unidades, com o auxílio do Ministério da Saúde e de empresários. Citou o empresário Alberto Borges, da empresa Caramuru Alimentos, que junto com outro empresário, de nome Dione, se propôs a ajudar a equipar o hospital de Itumbiara, projetado para ter pelo menos 30 leitos de UTI após passar por uma rápida reforma. Conforme o governador, nesse momento (de combate à disseminação do coronavírus) toda a doação é bem- -vinda. Se a pessoa for doar dinheiro ou cestas básicas, pode fazê- -lo para a Organização Voluntária do Estado de Goiás (OVG). Se for doar aparelhos, equipamentos de proteção individual (EPIs), respiradores ou outros, pode ser feito para o Fundo da Secretaria da Saúde, e indicar a unidade hospitalar a ser beneficiada. PÁSCOA Comentou ainda a flexibilização das vendas do comércio de produtos de Páscoa – através de drive thru e sem aglomeração. Mas pediu que os comerciantes e as pessoas que forem sair de casa para comprar esses itens de época, que coloquem uma máscara caseira no rosto, para auxiliar na proteção da região do nariz e da boca. Disse que amanhã, Sexta-feira Santa, é dia de reflexão em família, data em que costuma ficar mais recluso. E lamentou o fato de a cidade de Goiás não poder realizar este ano a tradicional Procissão do Fogaréu, assim como de apresentar toda a beleza da cerimônia da Semana Santa daquela cidade histórica. “Mas todas as pessoas, a distância, estão fazendo suas orações”, acrescentou. No Domingo de Páscoa, ele espera poder conseguir a coroa do Divino para poder abençoar uma vez mais o Pa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também