A notícia em primeira mão: Quase 10 mil doações de sangue durante a pandemia

terça-feira, 9 de junho de 2020

Quase 10 mil doações de sangue durante a pandemia

Mesmo na pandemia do novo coronavírus, que manteve boa parte das pessoas resguardadas em casa, os doadores de sangue do Distrito Federal e do Entorno mantiveram o propósito de doar sangue. Desde o início da quarentena até agora, a Fundação Hemocentro de Brasília coletou pouco mais de 9.900 bolsas de sangue. No primeiro bimestre de 2020, a média de doações foi de 155 bolsas por dia; após a pandemia, o índice é de 150 coletas diárias. O Hemocentro de Brasília vai celebrar o Dia Mundial do Doador de Sangue (14 de junho) por meio das redes sociais, agradecendo a doadores e apoiadores que não deixaram de fazer o bem nesse período. “Nós queremos reconhecer todos que contribuíram de alguma forma para manter a assistência aos pacientes da rede pública e conveniada do DF. Os doadores são as grandes estrelas, mas também contamos com o apoio de pessoas e entidades que incentivaram o gesto solidário mobilizando voluntários ou doando serviços e materiais”, enumera Okumoto. Mesmo com o comparecimento do público, as doações de sangue precisam continuar regulares para que as reservas não fiquem comprometidas. Por isso, a campanha também vai lembrar ao público a importância de ser um doador frequente e continuar comparecendo ao Hemocentro para que os estoques não baixem. Desde a declaração de pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o Hemocentro adotou medidas de precaução para garantir a segurança ao doador de sangue. As rotinas de limpeza e desinfecção das áreas comuns se tornaram mais frequentes, e o espaço entre as cadeiras das salas de espera e as da sala de coleta foi ampliado. Outra medida de segurança foi reduzir a quantidade de pessoas em grupo – de 40 para 10 vagas. Quando há mais interessados, eles são distribuídos em outro dia ou horário. Para grupos de pelo menos 10 pessoas, o Hemocentro de Brasília disponibiliza transporte gratuito para fazer o trajeto de ida e volta entre a fundação e qualquer ponto do Distrito Federal. Os veículos não circulam com lotação máxima, para que os ocupantes mantenham distância entre si

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também