A notícia em primeira mão: Cantor sertanejo morre após amigo atirar acidentalmente no olho dele, diz família

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Cantor sertanejo morre após amigo atirar acidentalmente no olho dele, diz família

 O cantor sertanejo e sanfoneiro Diego Souza Sá, de 29 anos, morreu ao ser baleado, na tarde desta terça-feira (13), dentro de um lava a jato do setor Vila Nova, em Goiânia. Segundo a família, um amigo atirou, acidentalmente, no olho da vítima.

Os parentes relatam que o músico acompanhava um primo, que tinha ido buscar o carro no estabelecimento. De acordo com a apuração inicial da Polícia Civil, dentro do local, o dono do lava a jato, que é amigo dos dois, foi mostrar um revólver calibre 38 que havia comprado.

O boletim de ocorrência relata que "no manuseio da arma, o autor a disparou de algum modo, ferindo a vítima na cabeça. Em seguida ao ocorrido, o autor ficou aflito e saiu do local para pedir socorro médico e não retornou mais ao local, inclusive levando o revólver consigo".

G1 não conseguiu contato com o dono do lava a jato até a publicação desta reportagem.

Conforme a Polícia Civil, ele pode responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, quando se apresentar à delegacia.

Segundo o padrinho da vítima, Cairo Mayron Ramos, até as 20h desta terça-feira, o corpo do cantor seguia no Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia para o exame cadavérico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também