A notícia em primeira mão: "Vamos diminuir", diz secretário de Saúde do DF sobre intervalo entre doses de vacinas

quinta-feira, 8 de julho de 2021

"Vamos diminuir", diz secretário de Saúde do DF sobre intervalo entre doses de vacinas

 

 (crédito:  Ed Alves/CB/D.A Press             )

O secretário de Saúde do Distrito Federal, Osnei Okumoto, adiantou ao Correio, neste domingo (11/7), que o intervalo de aplicação entre as duas doses das vacinas contra a covid-19 vai ser reduzido no DF.

O grupo fará o anúncio nos dias posteriores à deliberação. O intervalo passará a ser de 60 dias entre a D1 e a D2 dos imunizantes da AstraZeneca e da Pfizer/BioNTech. Atualmente, as aplicações são administradas com espaço de 12 semana

O secretário ressaltou, no entanto, que o novo prazo respeitará as indicações de produção. "Usaremos o que estiver liberado em bula, com autorização dos fabricantes." Osnei Okumoto espera apoio do Ministério da Saúde para cumprir a decisão, uma vez que o envio de doses é feito aos entes federativos pela pasta.

Outros estados já diminuíram o espaço entre as doses. Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Santa Catarina decidiram antecipar a aplicação da D2 dos imunizantes. Goiás tem adiantado a segunda dose de forma não oficial e São Paulo está estudando aderir à medida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também