A notícia em primeira mão: Cidades afetadas pelas chuvas na Bahia tem sistemas de água religados

sábado, 1 de janeiro de 2022

Cidades afetadas pelas chuvas na Bahia tem sistemas de água religados

 

 (crédito: Reuters)

Uma força-tarefa que envolveu cerca de 500 colaboradores da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) foi destinada para religar os 59 sistemas afetados pelas chuvas na Bahia. Com isso, o abastecimento de água em municípios das regiões do Recôncavo, Vale do Jiquiriçá (baixo sul), Sul, Sudoeste e Extremo Sul começa a ser retomado. Seis estações foram destruídas pela força da correnteza durante a enchente.

“O único sistema que ainda não foi colocado em operação é o do município de Caetanos, porque continua chovendo na bacia do Rio Gavião e o acesso à captação do sistema continua muito difícil. A estimativa é colocar o sistema em operação até a noite de hoje (02/01)”, informou neste domingo a assessoria de imprensa da Embasa à Agência Brasil.

A empresa também informou que os temporais danificaram equipamentos. Danos nas redes elétricas dos municípios também foram identificados, o que também ocasionou paralisação nos sistemas de abastecimento de água por falta de energia.

Pelo menos 165 municípios foram afetados pelas enchentes deste o início do mês de novembro. A Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) informou no sábado (01/01) que já haviam 32.737 desabrigados, 57.531 desalojados, 25 mortos e 517 feridos. O número total de atingidos chegou a 661.508 pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também