A notícia em primeira mão: Reajuste de 18% faz motoristas enfrentarem filas para abastecer, em Goiânia

quarta-feira, 9 de março de 2022

Reajuste de 18% faz motoristas enfrentarem filas para abastecer, em Goiânia

 Senado aprovou um projeto de lei que visa ciar um tipo de fundo de compensação com a intenção de evitar novas altas nos preços da gasolina para os consumidores finais.

Com o reajuste do gás, diesel e gasolina anunciado pela Petrobras durante esta semana, e previsto para serem comercializados com novos valores já nesta sexta-feira (11/3), muitos motoristas aproveitaram os últimos minutos antes da mudança de preços na bomba de combustível para encher o tanque.

Diversos condutores fizeram uma verdadeira peregrinação em busca de um posto onde o combustível estivesse com um preço mais acessível e, quando encontravam, tiveram que enfrentas filas enormes. O Procon Goiânia vem fiscalizando os estabelecimentos que distribuem o insumo e analisando se o reajuste está dentro dos 18% anunciados para Goiás.

Basta andar pelas ruas de Goiânia para encontrar o litro da gasolina sendo vendido a quase R$ 8. Os preços dos disel e do gás de cozinha também sofreram reajuste, correspondendo a 24% e 16% de aumento, respectivamente. Como formas de protesto, diversos internautas tem ido às redes sociais para manifestar a sua indignação através de textos e memes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também