A notícia em primeira mão: Prefeitura de Águas Lindas paga piso salarial e retroativo dos professores da Rede Municipal

quinta-feira, 15 de setembro de 2022

Prefeitura de Águas Lindas paga piso salarial e retroativo dos professores da Rede Municipal

 



Prefeitura de Águas Lindas paga piso salarial e retroativo dos professores da Rede Municipal

Desde agosto, a Prefeitura efetua o pagamento do novo piso nacional para seus professores, e agora, a partir de outubro, vai pagar os valores retroativos de janeiro a julho referente à Lei que regulamenta o pagamento do Piso Salarial do Magistério no município.

A gestão “Um Novo Tempo”, vem realizando diversas ações importantes na gestão educacional, priorizando os alunos e incentivando a valorização do professor, com uma política pública para a educação, colocando os professores como peças fundamentais na criação de uma sociedade mais justa e igualitária.

Conforme foi  estabelecido em fevereiro deste ano, pelo governo federal através da Lei N° 11.738/2008, o Piso Salarial Profissional Nacional para os Profissionais do Magistério Público da Educação Básica (PSPN), obteve o maior reajuste da história desde 2008, o qual corresponde a 33,24%. 

O novo reajuste salarial, que valorizou, os servidores do quadro do magistério da rede municipal de ensino, foi fixado em R$3.845,63, para a jornada de quarenta horas semanais, portanto, o município de águas Lindas aderiu as novas medidas e os servidores receberam o reajuste de forma proporcional a carga horária trabalhada. Os servidores que vêm recebendo o novo piso nacional desde agosto, começarão a receber os valores retroativos de janeiro a julho  a partir de outubro.

Entenda como será feito o pagamento retroativo

O pagamento retroativo referente às diferenças salariais decorrentes do novo piso salarial, será feito entre 3 e no máximo 10 parcelas iguais consecutivas para cada um dos quase mil professores que preparam o futuro de quase 25 mil crianças do município. O valor mínimo da parcela destes retroativos será de R$500, podendo chegar ao máximo de até R$2.000,00 dependendo do tempo de serviço de cada professor.

A proposta que resultou no acordo foi firmada em reunião realizada com a categoria, que contou com a presença de representantes do SINDSPMAL – Sindicato dos Servidores de Águas Lindas, SINTEGO – Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás, Secretário Municipal de Economia, Secretário Municipal de Educação e Procuradoria Geral do Município. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também