.

.

Hora Certa pra você

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Secretaria de Assistência realiza panfletagem contra o trabalho infantil

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania do município de Águas Linda de Goiás que tem como titular a primeira-dama Aleandra Henrique realizou por meio do CREAS uma caminhada para lembrar do Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil 2016
O tema central desta data neste ano está servindocomo norteador para as pautas a seres debatidas sobre o assunto em todo território nacional: “Não ao trabalho infantil na cadeia produtiva”.
A primeira-dama Aleandra afirmou que as crianças precisam ser crianças para que no futuro seja pessoas de bem. “Tudo que está no alcance da secretaria de Ação Social na busca de programas e incentivos ao desenvolvimento delas estamos buscando”, pontuou.
O principal objetivo da data é alertar a comunidade em geral e os diferentes núcleos do governo sobre a realidade do trabalho infantil, uma prática que se mantém corriqueira em diversas regiões do Brasil e do mundo.
Esta data foi criada por iniciativa da Organização Internacional do Trabalho, uma agência vinculada à Organização das Nações Unidas (ONU), em 2002.
Centenas de milhões de crianças estão nesse exato momento trabalhando, e não estão usufruindo de seus direitos à educação, saúde e lazer. No Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil se relembra que esses direitos estão sendo negligenciados em muitos países.
A principal arma contra o trabalho infantil é a intensa sensibilização civil contra a exploração das crianças e adolescentes, que constitui uma grave violação aos direitos humanos fundamentais.
No Brasil, por exemplo, diversas campanhas e programas que visam erradicar o trabalho infantil são divulgados nesta data.
De acordo com dados da UNICEF, estima-se que aproximadamente 168 milhões de crianças sejam vítimas de trabalho infantil em todo o mundo. Segundo a Organização Internacional do Trabalho, cerca de 20 em cada 100 crianças começam a trabalhar a partir dos 15 anos.

Pesquisa revela que 80% do trabalho infantil se concentram na faixa etária de 14 a 17 anos. Os dados são da última PNAD/IBGE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também