A notícia em primeira mão: Notícia de Goiás – Goiás amplia capacidade de testagem para detectar o novo coronavírus

quinta-feira, 16 de abril de 2020

Notícia de Goiás – Goiás amplia capacidade de testagem para detectar o novo coronavírus


O governador de Goiás, Ronaldo Caiado uniu forças com os prefeitos e
prefeitas para combater a proliferação do coronavírus nos municípios goianos.
Nesta semana, a Superintendente de Vigilância em Saúde do Estado de Goiás,
Flúvia Amorim, anunciou a ampliação da capacidade de testagem para COVID-
19.
O Laboratório de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen Goiás),
responsável pela testagem, terá um aumento de até 130% na capacidade
atual, que sai de 110 para 250 exames por dia. Essa ampliação se deve a
Superintendência da Polícia Técnico-Científica, da Secretaria da Segurança
Pública de Goiás, que cedeu um aparelho pipetador automático para a
Secretaria da Saúde de Goiás.
Segundo a Superintendente de Vigilância em Saúde, Flúvia Amorim, parte do
processo dos exames era feito manualmente por um técnico que pipetava as
amostras com um aparelho.
“Agora nós conseguiremos ampliar nossa capacidade de resposta, porque vai
agilizar essa parte do processo do exame por ser automatizado, e vamos
conseguir pipetar mais amostras do que nossa equipe conseguiria
manualmente. Esperamos que com esse aparelho a gente consiga chegar a
cerca de 250 amostras por dia sendo entregue os resultados”, afirmou.
Os testes são feitos a partir de uma coleta de secreção nasal e da garganta, no
laboratório o vírus é extraído e amplificado para que seja detectável. O
aparelho dará celeridade no processo de testagem.
“Esse teste consegue identificar se a pessoa está doente a partir do segundo
dia de doença, indicada para pacientes no início dos sintomas, ele analisa a
presença do vírus. Os testes rápidos detectam o anticorpo, ele não identifica

vírus, isso só é possível a partir do sétimo dia, ele não é um teste para
diagnosticar pessoa que está doente”.
O presidente da Associação dos Municípios Adjacentes à Brasília (AMAB) e
prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango está atuando de
maneira rápida e responsável para assegurar a saúde de todos os moradores
do Entorno do DF.
“Esse momento exige a mobilização de todos nós no enfrentamento do
coronavírus. Como presidente da AMAB, tenho unido forças em âmbito federal,
estadual e municipal para combater a doença na nossa região e evitar um
colapso do sistema de saúde nos municípios adjacentes à Brasília. Essa
ampliação da capacidade de testagem nos possibilitar agir com mais rapidez e
conter a proliferação da COVID-19 nos municípios goianos”, declarou.
De acordo com a Superintendente de Vigilância em Saúde, é impossível saber
o tamanho do problema em Goiás e no mundo, porque nenhum lugar
conseguiu testar 100% da sua população.
“O Brasil é um país de dimensão continental, temos milhões de habitantes,
então testar todo mundo não é possível, mas é possível fazer uma testagem
por amostragem, ou seja, ter uma amostra que seja representativa para toda
população e isso é possível fazer. O mais importante é saber quantas pessoas,
ou pelo menos uma estimativa mais próxima da realidade, estão contaminadas
e ter uma noção de qual é a taxa infecção na população”, ressaltou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também