A notícia em primeira mão: Notícia de Goiás – Governador de Goiás se reúne com prefeitos para discutir medidas de combate ao coronavírus

quarta-feira, 20 de maio de 2020

Notícia de Goiás – Governador de Goiás se reúne com prefeitos para discutir medidas de combate ao coronavírus


O governador Ronaldo Caiado se reuniu por videoconferência com mais de 30
prefeitos das cidades goianas, nesta segunda-feira (18), para reunir propostas, de
acordo com as realidades municipais e estabelecer medidas para combater o novo
coronavírus nos municípios em que a situação da contaminação é mais crítica. 
“Estou preocupado com a situação das demandas das UTIs em Goiás. Esse
inimigo invisível só é sentido no momento da perda de um familiar ou pessoa
próxima e é exatamente contra isso que estamos lutando fortemente”,
ressaltou.
Na ocasião, o governador reafirmou a sua decisão de continuar a valer em
Goiás o decreto governamental 9.653, de 19 de abril. Pela normativa, o Estado
impôs protocolos rígidos para a reabertura gradual do comércio, mas,
compartilhou a decisão sobre o que flexibilizar com as prefeituras, seguindo o
entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) de que a definição é
prerrogativa também dos municípios.
“O Estado se propõe a auxiliar os prefeitos naquilo que cada um entender que
é o melhor para a população local, desde que tenham um plano de
contingência e outro epidemiológico capazes de dar atenção aos pacientes
contaminados”, disse Caiado.
O decreto, em seu artigo 4º, dá autonomia aos municípios de flexibilizarem ou
restringirem as medidas de isolamento social, baseado em nota técnica da
autoridade sanitária local, respaldada em avaliação de risco epidemiológico
diário de ameaças (fatores como a incidência, mortalidade, letalidade etc) e
vulnerabilidades (disponibilidades de testes, leitos com respiradores, recursos
humanos e equipamento de proteção individual).
Na hipótese de aumento de casos de infecção pela Covid-19, em quantidade
capaz de colocar em risco a capacidade hospitalar da região, o Estado poderá
intervir, adotando novas medidas de restrição.

O presidente dos Municípios Adjacentes à Brasília (AMAB) e prefeito de Águas
Lindas de Goiás, Hildo do Candango, representando os 33 municípios que a
compõem ressaltou a vulnerabilidade social da população do Entorno do DF e
frisou os principais problemas que enfrentam no combate ao coronavírus.
“Os municípios do Entorno do Distrito Federal é uma das regiões goianas mais
vulneráveis socialmente e não possui nenhum leito de UTI para atender a
população. Como presidente da AMAB, representando todos os prefeitos e
prefeitas da Região Metropolitana do Entorno do Distrito Federal encaminhei
um ofício para ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre) para proibir a
diminuição da frota e exigir que todos os passageiros sejam transportados
sentados no transporte semiurbano no Entorno de Brasília. É inaceitável que a
população usufrua de um transporte inadequado e caro, e ainda tenha que se
deparar com a superlotação dos ônibus, colocando em risco a saúde de toda
população”, declarou.
De acordo com Hildo do Candango, o momento exige a mobilização de todos
no combate ao coronavírus. Portanto, é vital que todos os municípios da
AMAB, sigam à risca todas as recomendações da Organização Mundial da
Saúde e do Ministério da Saúde, bem como a limpeza e a higienização de
todos os transportes públicos com intuito de evitar uma transmissão
comunitária no Entorno.
Ao final do encontro, o procurador-geral de Justiça de Goiás, Aylton Vechi,
também falou aos prefeitos. Ressaltou a dificuldade de combater um inimigo
invisível, que muitas vezes é desacreditado até chegar às nossas famílias.
“Compreendemos a situação dos municípios e prefeitos, mas pedimos que
tenham muita consciência e atuem junto ao Ministério Público, que não pode
ser visto como alguém que induz ações na justiça, mas como parceiro nos
projetos que forem relacionados à preservação da vida, especialmente, nesse
momento grave que nós estamos vivendo e enfrentando”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também