A notícia em primeira mão: Procon divulga pesquisa de preços de medicamentos

terça-feira, 5 de maio de 2020

Procon divulga pesquisa de preços de medicamentos

Prefeitura de Goiânia, por meio do Procon Municipal, realizou pesquisa de preços de medicamentos em seis farmácias, aqui da capital. Foram pesquisados 39 medicamentos, sendo 16 de referência e outros 23 genéricos. Entre os que fizeram parte da lista, estão remédios para dor de cabeça, pressão alta, anti- -inflamatórios e problemas cardíacos. Entre os medicamentos genéricos, o Omeprazol (20mg/28 comprimidos) foi o que apresentou a maior variação de preço, chegando a ser vendido por R$ 6,96 em uma farmácia e, na outra, R$ 30,79, o que representa uma variação de 342,39%. Já na lista de remédios de referência, o preço da Annita (20MG/ML, gotas 45ml), medicamento indicado para o tratamento de inflamação no estômago e intestinos, atingiu uma variação de 257,97 % entre as farmácias. O medicamento apresentou o menor preço de R$ 19,89 e o maior de R$ 71,20. Ainda no grupo dos medicamentos de referência, a Sinvastatina (20mg/ 30 comprimidos), medicamento indicado para o tratamento de doenças cardiovasculares, teve uma variação de 209,12%, o menor preço encontrado foi de R$ 6,69 e o maior de R$ 20,68. O preço do Meloxicam (7,5mg/ 10 comprimidos), medicamento destinado ao tratamento de doenças das articulações, chega a uma variação de 188,83%. Enquanto, em um estabelecimento vende o produto por R$ 6,89, em outro, sai por R$ 19,90. A variação do Cilostazol ( 50mg30 comprimidos), remédio indicado para tratar problemas de circulação, chega a 180,66%. O menor preço encontrado foi de R$ 21,20 e o maior de R$ 59,50. Uma cartela com 10 comprimidos de Dipirona pode ser encontrada de R$ 14,99 até R$ 15,74. Já o preço do medicamento Alivium, remédio em gotas que é indicado para aliviar febre e dor nas crianças, apresentou uma variação de 23,24%. Os preços variam de R$ 28,40 a R$ 356,08. ORIENTAÇÕES Antes de pesquisar os preços é importante que o consumidor consulte a lista de Preços Máximos (PMC) dos medicamentos disponível no site da Anvisa (www. anvisa.gov.br). A consulta também poderá ser efetuada nas listas de preços que devem estar disponíveis ao consumidor nas farmácias e drogarias. No ato da compra o consumidor deve verificar se o prazo de validade, o número do lote e a data de fabricação que constam na caixa do medicamento são iguais aos marcados nas cartelas ou frascos. Além disso todo medicamento deve possuir o número de registro no Ministério da Saúde. A compra de medicamentos sempre deve ser prescrita pelo médico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também