A notícia em primeira mão: Goiás confirma segunda morte por dengue em 2021

segunda-feira, 5 de abril de 2021

Goiás confirma segunda morte por dengue em 2021

 

Luziânia registra segunda morte por dengue em Goiás e prefeitura reativa fumacê
--:--/--:--

Luziânia registra segunda morte por dengue em Goiás e prefeitura reativa fumacê

A Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES-GO) confirmou a segunda morte por dengue neste ano. A vítima era uma mulher de 36 anos, que não teve a identidade revelada, e morava em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal.

De acordo com a secretaria, a morte da mulher aconteceu em fevereiro, mas a confirmação do óbito por dengue só foi atualizada no boletim da última semana, que registrou dados entre 3 de janeiro e 3 de abril deste ano.

Após a morte, a Prefeitura de Luziânia intensificou as ações no combate à dengue e retomou o trabalho com o fumacê. Além disso, os agentes de saúde estão passando de casa em casa para orientar os moradores sobre os riscos da doença. Porém, não estão entrando nas residências devido à Covid-19.

Prefeitura de Luziânia retoma o fumacê para evitar casos de dengue após primeira morte pela doença na cidade — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Prefeitura de Luziânia retoma o fumacê para evitar casos de dengue após primeira morte pela doença na cidade — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Mortes

primeira morte confirmada pela doença em 2021 foi de um homem de 49 anos, em Cristalina, no dia 15 de fevereiro. A confirmação se deu no final do mês passado. Em todo o estado, há registro de outras cinco mortes suspeitas de dengue, que ainda estão em investigação.

Uma criança de 9 anos, moradora de Goianésia, morreu no dia 30 de março com suspeita de dengue hemorrágica. Isabella Vargas estava internada em um hospital de Goiânia, onde morreu. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, a confirmação da morte por dengue hemorrágica leva cerca de quatro meses para ser dada devido aos exames exigidos.

Isabella Vargas, de 9 anos, morreu com suspeita de dengue hemorrágica em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Isabella Vargas, de 9 anos, morreu com suspeita de dengue hemorrágica em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Casos

Em 2021, Goiás registrou 16.565 casos de dengue. Destes, 7.099 já foram confirmados. De acordo com o boletim da SES-GO, o município de São Luis de Montes Belos é que contém o maior registro de casos neste ano, com 1.967 casos notificados com dengue.

Em segundo lugar está Goiânia, com 1.794 casos notificados. A cidade de Cristalina, onde foi confirmada a primeira morte pela doença, está na terceira colocação com mais casos de dengue, com 1.601 notificações.

Já o município de Luziânia, onde ocorreu a segunda confirmação de óbito, está na sexta colocação com mais casos notificados de dengue, com 851 casos só neste ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também