A notícia em primeira mão

sábado, 17 de abril de 2021

 

Professor de história da Faculdade de Educação da UnB, Antônio Fávero Sobrinho e a esposa, a professora Anna Angélica Oliveira Paixão, morreram no último domingo

postado em 05/04/2021 21:45 / atualizado em 06/04/2021 10:57
 (crédito: Reprodução/Redes sociais)

Um casal de professores do Distrito Federal morreu por complicações da covid-19, com poucas horas de diferença um do outro, no último domingo (4/4). Antônio Fávero Sobrinho, 71 anos - professor de história da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília (UnB), e a esposa Anna Angélica Oliveira Paixão, 46 anos — professora da rede pública do DF, foram sepultados nesta segunda-feira (5/4), no Cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul.

Antônio ficou internado em UTI por 23 dias, chegou a ser intubado por dificuldades respiratórias. Já Anna também ficou internada e, após uma parada cardiorrespiratória e infecção generalizada, não resistiu e veio a óbito. Os dois deixam um filho de quatro anos. Antônio também deixa outros três filhos do primeiro casamento.

 

Amigos lamentam perda 

A professora aposentada da rede pública, Regina Célia Melo, 63, conta muito emocionada a parceria que tinha com o professor Antônio. “Fui professora do filho dele, há muitos anos. Depois de um tempo, reencontrei-o quando decidi voltar a estudar na UnB. Queria fazer algo ligado à literatura e ele abriu uma turma a partir desse meu desejo. Fiz todos os meus projetos com ele, e em 2019, lançamos o livro ‘O Menino que Descobriu o Lago Paranoá’. Era uma relação intensa e uma troca de conhecimento muito grande”, relata Regina. “A dor é em dobro. A esposa dele morreu de manhã e ele a noite. Uma situação muito difícil”, afirma.

Defensor da educação, Antônio era conhecido como um incentivador dos estudos. Sempre propondo algo novo aos seus alunos. Docentes, estudantes, amigos prestaram homenagem ao professor nas redes sociais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também