A notícia em primeira mão: Vizinho preso suspeito de matar idosa deu entrevista na época do crime dizendo que tinha tentado salvá-la; vídeo

sexta-feira, 30 de julho de 2021

Vizinho preso suspeito de matar idosa deu entrevista na época do crime dizendo que tinha tentado salvá-la; vídeo

 O vizinho preso suspeito de matar uma idosa e colocar fogo à casa dela deu entrevistas na época do crime dizendo que tinha tentado salvá-la. Segundo a Polícia Civil, Wilker Silva, de 27 anos, a dopou com uma vitamina de banana e a roubou. A vítima, Sônia Martins Cândido, de 63 anos, foi encontrada com uma faca cravada no pescoço e o corpo parcialmente carbonizado.

O crime aconteceu no dia 16 de maio deste ano. Na época, o vizinho deu entrevistas falando que tinha tentado salvar Sônia do incêndio.

“Quando escutei meus vizinhos gritando, eu saí correndo para poder socorrer, achando que era algum acidente. Quando chegou no local, ficamos sabendo que estava pegando fogo na casa da minha vizinha. Era amiga de todo mundo, uma mulher tranquila”, disse à TV Anhanguera na época, se querer mostrar o rosto.

G1 não conseguiu identificar a defesa do preso até a última atualização dessa reportagem.

Wilker Silva foi preso suspeito de matar idosa e colocar fogo em casa — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Wilker Silva foi preso suspeito de matar idosa e colocar fogo em casa — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

O jovem foi preso na última terça-feira (27). “A gente acredita que ele roubou para satisfazer a sua vontade financeira. Ele deve ter dopado a vítima para conseguir subtrair sem que ela percebesse e, em um momento posterior, pode ter se arrependido, no sentido de ser descoberto, e teve que ceifar a vida da vítima para não ser denunciado”, disse o delegado Maurício Massanobu Kai.

De acordo com as investigações, os próprios vizinhos começaram a controlar o fogo com uma mangueira até a chegada do Corpo de Bombeiros, que ao chegar na casa constatou que a idosa estava morta com sinais de uma facada e com o corpo parcialmente queimado.

Segundo o delegado, ficou comprovado que o jovem, agindo sozinho, entrou na casa da idosa, com quem tinha uma relação de amizade, dopou a vítima com uma vitamina de banana, o que a deixou incapaz de se defender. Em seguida, a matou, pegou os objetos e, antes de fugir, ateou fogo à casa com a idosa dentro. Ele levou dinheiro, um celular, um ferro de passar e uma televisão

O jovem vai responder pelos crimes de incêndio e latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado(a) Visitante

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.

* Mas qualquer comentário ofensivo e insultuoso será
ignorado e não será respondido.

¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`• Um abraço¸¸.•´¯`•.¸¸•.¸¸.•´¯`•

Leia também